Poder

Professores de Raposa podem entrar em greve

Os professores do município da Raposa podem entrar em greve a partir do dia 07 de março. Esta possibilidade é alertada pela presidência da Associação Representativa dos Servidores Ativos e Inativos do serviço Público Municipal de São Luís, Paço do Lumiar, São José de Ribamar, Raposa e Bacabeira, ASISMU.

Durante assembleia realizada no último dia 20 de fevereiro na sede da entidade, foi elaborada uma pauta de reivindicações que inclui diversos pontos que precisam ser discutidos com a prefeitura da Raposa e neste sentido foi agendada uma audiência para o próximo dia 26 de fevereiro, destinada a tratar do assunto.

Na assembleia, os professores vão deliberar quais as iniciativas a serem adotadas contra a intenção da prefeitura de Raposa em não respeitar a Legislação que determina a carga horária semanal de trabalho dos professores dentro da sala de aula.

O Presidente da ASISMU ressalta que durante a assembleia surgiram outras reclamações trazidas pelos professores da Raposa e foi deliberada uma pauta de reivindicações que inclui entre os principais pontos: Realização de concurso público; Mudança de calendário de pagamento para o dia 30;Enquadramento dos concursados no plano de cargos e carreira e elaboração da tabela do plano de cargos e salários.

A audiência do dia 26 de fevereiro, onde o presidente da ASISMU e membros da direção da entidade participarão vai ser o espaço onde a prefeito da Raposa, terá oportunidade de debater com a categoria o atendimento das reivindicações dos professores da Raposa.

“Esperamos que prevaleça o diálogo nesta audiência e o que pedimos seja atendido, pois é preciso valorizar os profissionais da educação”


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários