Poder

Polícia Federal vasculha empresa que mantém contrato com o SAMU

Policias acharam provas relacionadas ao desvio de recursos federais.

A Polícia Federal desencadeou na tarde desta segunda-feira (31), a Operação Acauã, dando cumprimento a mandado de busca e apreensão requerido à Justiça Federal com o objetivo de obter provas relacionadas à má gestão de recursos federais repassados ao Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU 192), administrado pelo Município de São Luís.

O mandado foi cumprido numa residência localizada no bairro Vinhas, na capital maranhense, onde estava instalada uma empresa prestadora de serviços de manutenção de equipamentos hospitalares e de aparelhos de ar-condicionado, contratada pela Secretaria Municipal de Saúde.

O resultado das diligências aponta inicialmente que a empresa terceirizada não possuía vínculo com o SAMU 192, sendo apenas uma prestadora de serviços da Secretaria Municipal de Saúde. Não obstante, foram encontradas no local da diligência várias notas de pagamento de combustível e de manutenção de ambulâncias do SAMU 192, planilhas de controle de consumo de combustível, cartões de abastecimento, bem como vários processos administrativos relacionados a licitações de diversos serviços realizados pela Secretária.

Ainda conforme as apurações iniciais do caso, atualmente, o Governo Federal repassa ao Município de São Luís, aproximadamente, R$ 250 mil por mês, para serviços de manutenção e aquisição de combustível das ambulâncias do SAMU 192. No entanto, das 35 ambulâncias disponíveis em São Luís, somente duas funcionariam regularmente.

Fato que também chamou a atenção dos policiais federais foi a planilha de controle de consumo de combustível das ambulâncias do SAMU 192 arrecadada no local. De acordo com o documento, o consumo médio das ambulâncias girava em torno de R$ 20 mil por mês até o mês de setembro de 2012 – valor aparentemente já bastante elevado considerando a estimativa de gasto das ambulâncias em operação –, sendo que, a partir de outubro de 2012, tal consumo teria subido para cerca de R$ 100 mil por mês.

O resultado da apreensão será formalizado em inquérito instaurado pela Polícia Federal para apurar a ocorrência de crimes como desvio de verba pública, peculato, fraude em licitações, falsidade ideológica e de documentos públicos ou particulares, entre outros.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

4 comentários em “Polícia Federal vasculha empresa que mantém contrato com o SAMU”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. Eduarlyson

    E porque essa Policia Federal,nao investiga alguns de seus quadros de ageotes e delegados envolvidos em tramas com pistoleiros e agioatas. porque nao investigam um grupo de colombianos da regiao do parque athenas a menos de 400 metros da sede da PF,pois tem um condominio cheio de estrangeiros fumando, traficando e praticando agiotagem em bairros perifericos de sao luis.Geralmente andam em motos,num verdadeiro deboche contra a lei e ordem.

  2. Ex Prefeito NENZIM pai do DEP. RIGO TELES

    Deixou a PREFEITURA de Barra do Corda toda SUCATEADA, Roubaram Computadores e os que deixaram, apagaram todos os vestígios dos trabalhos da PREFEITURA, como também as

  3. Ex Prefeito NENZIM pai do DEP. RIGO TELES

    O ex-Prefeito de Barra do Corda, “O NENZIM” pai do DEPUTADO RIGO TELES, Deixou a PREFEITURA de Barra do Corda toda SUCATEADA, Roubaram Computadores e os que deixaram, apagaram todos os vestígios dos trabalhos da PREFEITURA, como também os móveis, o prédio ficou só “o buraco e os caborés cantando dentro” é mole???????? As AMBULANCIAS DA SAMU, todas sucateadasm sem pneus, baterias e equipamentos que é bom, não ficou foi nada, o restante dos carros que ficaram caparam tudo também como, pneus, baterias, e que prestava eles levaram, isso sem falar nos postos médicos, que até as geladeiras para guardarem os medicamentos foram levadas também, até o “grupo gerador de energia” do Hospital Materno Infantil, eles trocaram, colocaram um com motos batido, não srve para nada… êita prefeitin LADRÃO dos Infernos….. tem nada não ele tá só fazendo a CAMA para a eleição de 2014 do Deputado filho dele….. deixa estar, o povo da Barra não vai esquecer não, viu seu velho LADRÃO NENZIM…

  4. João Castelo será investigado por ação de improbidade « Neto Ferreira – Conteúdo Inteligente

    […] neste blog ,o escândalo do desvio de combustível, onde uma empresa ligada a SEMUS foi vasculhada, veja. Além do estado de calamidade em que foi deixado os Socorrões, sendo necessário a atual gestão […]

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários