Poder

Roseana Sarney ficou neutra no segundo turno

Blog do Luís Cardoso

Roseana Sarney esteve, sim, neutra no segundo turno da eleição, ao contrário da primeira etapa da eleição quando tinha como candidato a prefeito o seu vice, Washington Oliveira.

Ela chegou a gravar diversos programas, compareceu as reuniões e deu total apoio ao seu candidato, achando que ela chegaria ao segundo turno.

Ainda assim, nunca fez nenhum gesto de pressão sobre sua base aliada na Câmara Municipal de São Luís, nem mesmo na Assembleia Legislativa do Maranhão.

Eleita no primeiro turno na eleição de 2010, com a maioria dos votos na capital, dois anos depois, a governadora saiu derrotada, não pelo desempenho da sua administração, mas pela escolha de um nome fraco e de um candidato sem perfil para se eleger até vereador.

Agora no segundo turno, a governadora cruzou os braços, tanto que a maioria da base aliada optou por votar e fazer campanha para Edivaldo Holanda Júnior. A outra parte ficou com João Castelo.

“Minha posição é de neutralidade. Agora, evidentemente que o governo tem pessoas políticas, que tem que se localizar dentro dessa eleição. E como nós liberamos, evidentemente, alguns acharam que era melhor o Castelo, outros acharam que era melhor o Edivaldo. Nós tínhamos um candidato, que perdeu a eleição no 1º turno, então, no 2º turno, nós não tínhamos candidato e a minha postura foi de neutralidade e de liberar o pessoal que estava conosco”, afirmou Roseana Sarney ao jornalista Gilberto Léda.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários