Poder

Mário Macieira tem favoritismo reduzido de 81% para 51%

Blog do Luis Cardoso

Pesquisa realizada nos dias 16 e 19 pelo Instituto Escutec, que ouviu 479 advogados na capital e no interior, aponta uma grande queda do candidato à reeleição na OAB-MA, Mario Macieira.

O presidente da Ordem dos Advogados divulgou em sua página na rede social, Facebook, que a Econométrica havia dado 81% ao seu favor das intenções de voto dos advogados na corrida eleitoral deste ano.

Mário Macieira.

Mário Macieira.

Ocorre, porém, que a pesquisa divulgada teria sido realizada antes dos registros das chapas quando a classe não sabia sequer da existência de outra chapa concorrente. Ressalta-se que Macieira está em campanha há mais de três anos.

Já na pesquisa realizada esta semana pela Escutec, após o registro das duas chapas que concorrerão as eleições, Mario Macieira cai para 51,4% dos votos dos causídicos.

Avaliando as duas pesquisas, pode-se dizer que, o presidente Seccional do Maranhão perdeu 30 pontos em apenas uma semana.

Nessa reta final, a situação de Macieira não tem sido nada fácil. Todas as pesquisas realizadas de consumo interno de diferentes institutos apontam uma grande queda da sua reeleição.

Para que se tenha ideia, apenas 32,2% dos entrevistados disseram que a atual gestão atendeu plenamente suas expectativas. Já 64,9% afirmam que não tiveram suas expectativas atendidas por Macieira. E o que é pior: 72,5% ainda não viram e nem conheceram as propostas do outro candidato, o advogado Roberto Feitosa, que começam a ser divulgadas esta semana.

Outros dados que tem preocupado os aliados de Mario Macieira, é o grande número de eleitores que ainda não decidiram em quem votar na eleição de 23 de Novembro.

O certo é que a campanha eleitoral deste ano na OAB-MA deve ser tão acirrada quanto a de 2009, quando Macieira venceu com apenas 99 votos de diferença sobre o segundo colocado, quando haviam 3 chapas, perdendo para a oposição que dividida teve a maioria dos votos.

Na ocasião, sobraram acusações de toda ordem nos bastidores, entre elas o pagamento de anuidade na última hora para centenas de advogados, feitas por um mecenas da chapa de Macieira. Mas em nome da boa imagem da casa, ficou tudo intramuros.

Será que o suposto favoritismo de Macieira divulgado com estardalhaço, é mais uma silhueta do escultor Colombiano Fernando Botero, que vê suas medidas evaporarem?


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários