Poder

Irlahi Moraes lidera pesquisa em Rosário

Pesquisa Escutec/O Estado realizada em Rosário revela que a candidata Irlahi Moraes (PMDB), da coligação “Frente Democrática Rosariense”, seria a nova prefeita da cidade se as eleições acontecessem hoje. Ela aparece em primeiro lugar no levantamento com 40,5% das intenções de voto, liderando com folga.

O segundo colocado é o candidato Calvet Filho (PSC), que encabeça a coligação “União Mobilizadora Cristã”, com 21,3% das intenções de voto. Ele lidera o bloco final da pesquisa, integrado ainda por mais dois concorrentes, todos tecnicamente empatados.

O terceiro colocado é o candidato da coligação “Rosário Para Todos”, Willame Anceles (PSB), com 16,6%; com 15,3% aparece a petista Rosa do Sindicato. Como a margem de erro da pesquisa é de cinco pontos percentuais, para mais ou para menos, pode-se dizer que há empate técnico do segundo à quarta colocada.

A pesquisa Escutec/O Estado apontou também que 6,3% dos entrevistados declararam não saber em quem votar ou preferiram não responder ao questionário. O levantamento foi registrado no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Maranhão dia 13, sob o protocolo MA-234/2012, e as consultas realizadas nos dias 15 e 16 deste mês, ouvindo 301 eleitores. O intervalo de confiança é de 95%.

Rejeição – Terceiro colocado quando apuradas as intenções de votos, o socialista Willame Anceles é o líder no quesito rejeição. Dos 301 entrevistados, 39,5% disseram não votar nele de jeito nenhum. Outros 24,3% disseram rejeitar a peemedebista Irlahi Moraes e 10% a petista Rosa do Sindicato.

O segundo colocado no quesito intenções de voto, Calvet Filho, é quem apresenta melhor desempenho quando apurada a rejeição. Apenas 6% dos eleitores de Rosário, segundo a Escutec/O Estado, declararam não votar nele. Outros 20,3% disseram não saber ou não responderam essa pergunta.

O levantamento aponta, também, a avaliação que os eleitores rosarienses fazem das administrações da presidente Dilma Roussef (PT), da governadora Roseana Sarney (PMDB) e do atual prefeito, Marconi Bimba. A petista foi aprovada por 87% dos entrevistados, enquanto 52,2% disseram aprovar a forma de governar da peemedebista.

Já o prefeito apresenta alto índice de desaprovação. Nada menos que 89,4% dos entrevistados disseram não aprovar a administração dele, que conta com o apoio de apenas 8,6%. Outros 2% disseram não saber ou não responderam. ( O Estado do Maranhão )


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários