Poder

Clóvis Fecury integra comissão mista no Senado

O senador Clóvis Fecury (DEM-MA) foi nomeado pela Presidência do Senado para integrar a comissão mista destinada a elaborar os projetos para adequar a legislação brasileira às mudanças promovidas pela Emenda Constitucional 69/2012, que trata da Defensoria Pública do Distrito Federal. Fecury já compõe a comissão que analisa o projeto do novo Código Penal, elaborado por uma equipe de juristas de renome nacional.

Além de Clóvis Fecury, foram indicados como membros titulares da comissão os senadores Cyro Miranda (PSDB-GO), Rodrigo Rollemberg (PSB-DF), Cristovam Buarque (PDT-DF), Pedro Taques (PDT-MT) e Sérgio Petecão (PSD-AC). A senadora Kátia Abreu (PSD-TO) foi indicada como suplente. O colegiado será integrado ainda pelo mesmo número de deputados federais.

A comissão mista deverá elaborar em 60 dias os projetos de lei necessários para adequar a legislação infraconstitucional brasileira às mudanças promovidas pela Emenda Constitucional 69.

Promulgada pelo Congresso Nacional em 29 de março de 2012, a Emenda 69 altera os artigos 21, 22 e 48 da Constituição Federal, transferindo da União para o Distrito Federal as atribuições de organizar e manter a Defensoria Pública da capital.

A Emenda 69 é oriunda de Proposta de Emenda à Constituição (PEC 7/2008 no Senado e PEC 445/2009 na Câmara) de iniciativa do senador Gim Argello (PTB-DF).

De acordo com a emenda, a nova organização da Defensoria Pública do DF deverá adotar os mesmos parâmetros, princípios e regras que regem as demais defensorias estaduais. A Defensoria Pública é o órgão encarregado de prestar assistência jurídica gratuita aos que comprovarem insuficiência de recursos. (Da Agência Senado)


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários