Poder

Servidores do Incra promovem apitaço para denunciar péssimas condições

Em greve há quase dois meses, os servidores da Superintendência Regional do Incra no Maranhão, promovem nesta sexta-feira, dia 03 de agosto,  um apitaço para denunciar a indiferença do governo Dilma que até agora não acenou com nenhuma proposta para os servidores e ainda tem ameaçado cortar o ponto como forma de tentar fazer os trabalhadores desistirem do movimento.

Além da Superintendência Regional do Maranhão, outras vinte e oito superintendências do Incra em todo o país estão com as atividades paralisadas por conta do movimento grevista que também atinge outros órgãos do serviço público.

O governo Dilma cancelou sucessivas reuniões com representantes dos servidores, a ultima foi esta semana e somente dia 13 de agosto é que existe perspectiva de uma nova conversa. Por enquanto, nada de proposta para ser apresentada tanto aos servidores do Incra quanto a outras categorias do serviço público federal que estão em greve.

A pauta de reivindicações dos servidores do Incra e de outros órgãos, onde a greve persiste incluem a contratação de servidores, a criação de plano de carreira, criação e estabelecimento de data-base no dia 1º de maio, melhores condições de trabalho e equiparação de salário e benefícios com os servidores do Legislativo e Judiciário.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários