Poder

Presos suspeitos de executar PM em Buriticupu

Uma ação conjunta das polícias Civil e Militar, sob o comando dos delegados Carlos Alessandro Assis e Nilmar da Gama, efetuou a prisão, no final da tarde de quarta-feira (29), no município de Buriticupu, de Welisny Pinto Nascimento, o Leco, de 28 anos; e de Francisco da Conceição Silva, o zumbi, de 18 anos. Eles são apontados como os autores do latrocínio que vitimou o soldado da Polícia Militar, Erivan de Sousa Santos, de 28 anos, lotado na 5ª Companhia Independente da Polícia Militar naquela cidade.

De acordo com informações policiais, o crime ocorreu na madrugada desta quarta-feira (29) no Povoado Sagrima, e teria sido motivado por vingança. Eles ainda levaram a arma do PM, uma pistola Imbel .40.

Os dois elementos foram vistos na noite da última quarta-feira (28) juntos indo em direção ao povoado Sagrima, a 30 km de Buriticupu. Segundo as testemunhas o policial foi em sua motocicleta, uma Biz, e os outros dois em uma Honda. No retorno à cidade de Buriticupu, os acusados desferiram uma paulada no policial, que caiu ao chão e foi agredido pelos elementos. Eles ainda pegaram ainda utilizaram a própria arma e efetuaram dois disparos, atingindo o PM no ouvido e pescoço. Logo depois a dupla fugiu do local do crime.

As polícias Civil e Militar iniciaram os trabalhos de investigação logo após o fato. Várias testemunhas apontaram Welisny e Francisco como suspeitos por terem sido as últimas pessoas vistas com o policial.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários