Poder

Indeferidas candidaturas de fichas sujas em Guimarães

Blog do Luis Cardoso

Mery Guerreira.

Mery Guerreiro.

Além de ter a candidatura deferida e liderar com folga a disputa em Guimarães,  conforme as pesquisas, Mary Guerreiro, da coligação “Unidos Por Guimarães”, caminha para não ter adversário nestas eleições. Seu principal concorrente, ao que parece, deve ficar de fora do pleito.

Mais dois fichas sujas tiveram suas candidaturas indeferidas pela Justiça Eleitoral no Maranhão. Trata-se de Artur José Gomes Farias e Délcio de Castro Barros, candidatos aos cargos de prefeito e vice-prefeito do município de Guimarães pela coligação “A força do povo de Guimarães”. A dupla está mais enlameada do que suíno no em pocilga.

Os dois tiveram seus registros de candidaturas indeferidos pelo juízo da 30ª zona eleitoral. Farias, no período em que ocupou o cargo de prefeito do município (2001/2004), teve 3 prestações de contas julgadas irregulares pelo TCE.

Já Castro teve suas contas como ordenador de despesas do Corpo de Bombeiros Militar (exercício 2007) julgadas irregulares pelo TCE e ainda suas contas de campanha relativas a 2010 reprovadas pelo TRE-MA.

Ambas as candidaturas foram impugnadas pelo Ministério Público local, que apresentou provas fartas das inelegibilidades. A informação do indeferimento já conta no sistema de divulgação de candidaturas da Justiça Eleitoral.

A outra candidata a prefeita em Guimarães é Mary Guerreiro (PSL), que já teve seu registro deferido. Ela pertence à coligação “Unidos por Guimarães”. Seu vice é Carlos Cunha.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários