Poder

Castelo recebe apoio de centenas de lideranças das zonas rural e urbana

Centenas de lideranças comunitárias das zonas rural e urbana de São Luís participaram, na noite de ontem (quinta-feira), do 1º encontro de lideranças e amigos do candidato a vereador Canindé Barros (PSDB), que contou com as presenças de João Castelo e seu candidato a vice, Neto Evangelista, da coligação “Pra Fazer Muito Mais”. O ato político, realizado na sede da ASFEM, no Filipinho, acabou se transformando em uma grande manifestação de apoio à reeleição do prefeito de São Luís.

Cerca de 500 líderes de diversos bairros como Tibiri, Vila Itamar, Itapera, Tibirizinho, Vila Nova República, Vila Sarney, Santa Cruz, Santo Antonio, Vila Palmeira, Parque Vitória, Vila Esperança, Cidade Operária, Vila Bacanga, Jardim América e Cidade Olímpica, aplaudiram, entusiasticamente, a chegada dos candidatos.

Ao falar a plateia, Castelo destacou o papel das lideranças comunitárias em uma campanha eleitoral. “São vocês que ajudam o político a chegar mais perto do povo, ajudam o povo na solução dos problemas de suas comunidades e nós temos trabalhado sério para resgatar a dignidade da população”, frisou. Apontou como exemplos a construção dos canais, o programa do leite, o fardamento gratuito para estudantes da rede municipal. Disse ter lutado para melhorar o transporte público, com a aquisição de 300 novos ônibus, o envio à Câmara de mensagem para a realização de uma licitação nacional para modernizar o sistema de transporte coletivo, bem como a pioneira implantação do VLT, mais conhecido como metrô de superfície.

No seu discurso Canindé Barros lembrou que entrou na carreira política pelas mãos de Castelo. E pretende ajudá-lo, no segundo mandato, a fazer uma verdadeira revolução em São Luís. “Castelo será o prefeito a trazer o VLT (veículo leve sobre trilhos) para São Luís. Estamos hoje no mesmo palanque para não deixar as obras que você iniciou paradas”, disse, dirigindo-se ao prefeito. Companheiro de chapa de Castelo, Neto Evangelista destacou o importante apoio do candidato a vereador, afirmando que ele está no partido certo no momento certo.

A lavradora Maria Alves de Sousa, ou Dona Roxa, como prefere ser chamada, 62 anos, moradora da Vila Maranhão, seis filhos e seis netos, era uma das líderes a ouvir atentamente os candidatos e manifestar confiança na reeleição do prefeito. “Ele é o melhor, já fez e pode fazer muito mais. Sou Castelo desde que me entendo por eleitora. Na minha família todo mundo vota nele”, diz a maranhense de Santa Inês, que cultiva mandioca, milho, feijão e macaxeira em uma gleba de 75 hectares , o Sítio Mutura, em Pedrinhas.

Para Ubaldo Martins, da Vila Bacanga, quatro anos é pouco para quem tem muito a fazer. “O voto em Castelo é a continuidade do trabalho, é preciso mais tempo pra transformar a cidade”, diz o líder, que é presidente do Conselho Cultural do Tambor de Crioula do Maranhão.

 

 


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários