Poder

Castelo enumera obras e ganha apoio de lideranças do Ipase

Castelo no Comite Caninde.

Castelo no Comite Caninde.

A pedagoga Elizabeth Pinheiro, 39 anos, desempregada, moradora do Outeiro da Cruz, deixou as tarefas domésticas e os dois filhos, Bruno, 15, e Ana Beatriz, 09, em casa, na noite da última terça-feira, para ouvir as propostas do seu candidato a prefeito nas próximas eleições. Ela estava entre as centenas de eleitores que aguardavam o prefeito João Castelo, candidato à reeleição, no evento de instalação do comitê do candidato a vereador Canindé Barros (PSDB), no Ipase.   “Voto nele pra continuar o trabalho que está fazendo e o que ainda tem pra fazer”, justifica Elisabeth, que sustenta os dois filhos estudantes de uma escola particular apenas com a pensão alimentícia paga pelo ex-marido.

Assim como ela, eleitores e lideranças comunitárias de diversas regiões de São Luís tomaram, com bandeiras e muita empolgação, uma via paralela a avenida Daniel de La Touche para manifestar apoio à reeleição do prefeito. Tinha gente de tudo quanto é bairro, tanto da zona rural quanto urbana.  Caravanas do Itapera, Vila Maranhão, Vila Samara, Estiva, Quebra Pote, Santa Bárbara, Andiroba, Vila Magril, Sacavém, Santo Antonio, Bom Jesus, Sá Viana, Vila Isabel,  Camboa, Liberdade, Coroadinho, entre outros.

Bastou Castelo subir no palco, acompanhado do seu companheiro de chapa Neto Evangelista, da primeira dama Gardênia Gonçalves e do deputado federal Pinto Itamaraty, coordenador da campanha, para a euforia tomar conta da plateia.  Canindé Barros foi o primeiro a falar e disse que o povo quer ver Castelo prefeito de novo para que as obras que ele iniciou não parem. “Com o apoio dessas lideranças São Luís terá um prefeito comprometido com os interesses da população. O VLT (Veículo Leve sobre Trilhos), que ele já está trazendo, por exemplo, vai facilitar muito a vida do trabalhador com um transporte, rápido, seguro e confortável”, afirmou.

Neto Evangelista lembrou as obras que a gestão Castelo implantou ou está implantando em São Luís, como as novas avenidas, o programa do leite nas escolas para evitar a evasão escolar, o novo hospital de emergência, o corredor de transporte urbano. “Vamos ter na próxima administração do prefeito ainda mais projetos de fundamental importância para melhoria de nossa cidade, especialmente na área de transportes”, enfatizou.

João Castelo ressaltou, entre outros benefícios que já conseguiu realizar no primeiro mandato, a reconstrução e ampliação da malha viária da cidade. “Foram 25 avenidas recuperadas com asfalto da melhor qualidade. A zona rural, que estava totalmente abandonada, tem hoje 58 km de estradas asfaltadas”, revelou.  O prefeito disse acreditar que, com o programa de TV no horário eleitoral, o povo vai poder ver o antes e o depois e tirar suas próprias conclusões. “São obras grandiosas, como os canais, antes rios de esgoto, que fizemos para toda a cidade, não apenas para grupos de amigos. Quero renovar o mandato para consolidar esse trabalho, o povo não precisa de aprendiz na prefeitura”, emendou.

O pastor da Assembléia de Deus Missão e Paz, da Cohab- Anil, Ednaldo Pereira, 36 anos, com a voz rouca de quem acabara de sair de um culto,  disse que Castelo é um homem habilitado para exercer o cargo de prefeito. “Já mostrou muito trabalho ao longo desses anos, tem maior conhecimento dos problemas da cidade e sabe o que fazer para resolvê-los”, apontou o religioso, que é presidente da Convenção dos Ministérios Independentes de São Luís.

Outro que prefere apostar na experiência de Castelo é José Ribamar Rocha, o Gongo, eletricista-montador, 55 anos, presidente da Associação dos Moradores do Tibirizinho. “Ele tem méritos pra fazer o melhor por São Luís, pode dar continuidade às obras iniciadas”, disse o líder comunitário que mora desde que nasceu na zona rural da cidade.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários