Poder

Castelo é recebido por moradores do Bairro de Fátima

Caminhada de Castelo no Bairro de Fatima.

Caminhada de Castelo no Bairro de Fatima.

Um dos principais celeiros da cultura popular maranhense, sede de vários grupos como o bloco afro Abibimã, as escolas de samba Unidos de Fátima e Marambaia, o bloco tradicional La Boêmios de Fátima, os bois de Pindaré e Santa Fé, a tribo de índio Upaon Açu, e o tambor de crioula de Nivô, o Bairro de Fátima coloriu-se, ontem, de amarelo e azul, as cores da campanha do prefeito João Castelo, candidato à reeleição, que realizou uma das maiores caminhadas já vistas em São Luís. Acompanhado do seu companheiro de chapa Neto Evangelista, dos deputados federais Pinto Itamaraty, coordenador-geral da campanha, e Carlos Brandão e de candidatos a vereador, Castelo seguiu por mais de vinte ruas à frente de um animado batalhão de militantes, arrancando, por onde passava, diversas manifestações de apoio à sua candidatura.

A concentração foi na Travessa do Mercado, que, aos poucos, ia ficando pequena para o grande número de eleitores e simpatizantes do prefeito. A comitiva seguiu de lá pelo Largo do Coxinho (Viva Fátima), ruas Periá, Maranhão Sobrinho, Apolônia Pinto, Deputado Henrique de La Roque, Clodomir Cardoso, Deputado José Maria, Sete de Setembro, Menino Jesus de Praga, Dagmar Desterro, Ademar de Barros, Dom Pedro I, Rua da União, Rua da Liberdade, Deputado José de Matos, Maceió, terminando o percurso no final da 2ª Travessa Presidente Médici.

Ao longo de todo o trajeto, o prefeito era abordado por eleitores que queriam cumprimentá-lo ou simplesmente tirar uma foto ao seu lado. Em frente ao Centro de Saúde do Bairro de Fátima muitos populares se concentraram para saudar a passagem do cortejo. A funcionária pública Maria de Lurdes Fonseca Andrade, 60 anos, era uma delas. “Ele é o melhor pra São Luís, não tem comparação”, exaltou.

Comerciantes saíam às portas quando a caravana cruzava as ruas. Vilma Lima, 64 anos, viúva, quatro filhos e sete netos, dona de uma pequena loja de frutas, correu para abraçar Castelo. “Sempre votei nele, sou Castelo de coração”, disse eufórica.  Moradora do Bairro de Fátima há 40 anos, Maria Francisca Fonseca, 70, funcionária pública do estado, não menos eufórica, acenava da porta de casa. “Ele sempre fez, ele sempre faz”, disse ao lado de vizinhos que tomavam as calçadas.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários