Poder

Fábio Gondim detalha Plano de Carreiras

Secretário explicando detalhes do Plano.

Secretário explicando detalhes do Plano.

O servidor público estadual que aderir ao Plano de Carreiras e Cargos dos Servidores da Administração Direta, Autárquica e Fundacional do Poder Executivo Estadual (PGCE) até esta terça-feira (31) recebe, a partir de agosto deste ano, todas as vantagens asseguradas no Plano de acordo com as tabelas de vencimentos. Quem aderir até o dia 14 de novembro recebe seus benefícios com efeitos retroativos a 17 de julho – data de sanção do PGCE pela governadora Roseana Sarney.

Essas e outras informações foram esclarecidas pelo secretário de Estado da Gestão e Previdência, Fábio Gondim, durante palestra realizada no Teatro Artur Azevedo para funcionários da Secretaria de Estado de Cultura (Secma).

Gondim ressaltou todas as fases de elaboração, filosofia e implementação do Plano, cujos investimentos do Governo do Estado chegam a R$ 1,6 bi até o ano de 2015, beneficiando aproximadamente 88 mil funcionários, sendo 61 mil da ativa e 26 mil inativos (aposentados e pensionistas previdenciários).

“São cerca de R$ 400 milhões por ano que, além de atender a um antigo sonho do funcionalismo, proporcionarão grande impacto na economia maranhense”, afirmou. De acordo com dados da Secretaria de Estado da Gestão e Previdência (Segep), atualmente, a folha de pagamento do Executivo gira em torno de R$ 2,8 bilhões/ano. Com a implementação do plano, os gastos com pessoal saltarão para R$ 4,4 bilhões.

Gondim esclareceu que, para fazer a adesão ao Plano, o servidor deve se dirigir à Supervisão de Recursos Humanos do órgão em que é lotado munido do original do último contrachegue, CPF e documento de identificação com foto.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Um comentário em “Fábio Gondim detalha Plano de Carreiras”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. TITIA

    O SINDICATO DOS FUNCIONÁRIOS PÚBLICOS QUE SE DIZIA LUTAR PELA CLASSE ,SE RENDEU AOS NÚMEROS DE REAIS E ACEITOU A PROPOSTA DO GOVERNO ,QUE DECEPÇÃO .SE TODOS OS FUNCIONÁRIOS Q PAGAM ESTA INSTITUIÇÃO CANCELAR AI EU QUERO VER COMO VÃO SE SUSTENTAR . NÃO VEJO UM POLITICO A FAVOR DOS BARNABÉS SÓ NO MARANHÃO QUE O GOVERNO FAZ UM PLANO DE CARGOS E CARREIRAS E MISTURA LEI ESTADUAL COM FEDERAL ME REFIRO A URV (QUE E UMA LEI FEDERAL)

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários