Poder

Enquanto prefeito tem amnésia, vereadora aumenta patrimônio em mais de 1500%

Blog do Marcelo Vieira

A declaração de bens enviada pelos candidatos ao TSE revela dados interessantes e discrepâncias na evolução patrimonial desses candidatos entre uma eleição e outra.

Num espaço de quatro anos alguns candidatos chegam a elevar em muito seu patrimônio. Em alguns casos é muito difícil de explicar como conseguiram acumular tanta riqueza depois que assumiram cargos públicos, como de vereador e prefeito.

Mas, existem aqueles que não conseguem aumentar o patrimônio. Mesmo ocupando um cargo de prefeito, o que não deixa de ser estranho uma vez que o salário é de aproximadamente 14 mil reais.

Como é o caso do prefeito de Alto Alegre do Pindaré, Atemir Botelho (PRTB), que na última eleição em 2008, quando disputou pela primeira vez a prefeitura, declarou possuir apenas um computador no valor de R$ 1500. Passados quatro anos, ganhando salário de quase R$ 14 mil por mês, R$168 mil por ano, o prefeito declarou ao TSE para as eleições deste ano apenas R$56 mil em bens. São duas casas e um terreno. Ele não declarou possuir automóvel.

Já com a presidente da Câmara de vereadores de Vargem Grande, Maria da Conceição (PMDB), aconteceu o contrário. Em 2008, quando era professora e concorreu ao cargo de vereadora, havia declarado ao TSE, R$ 167 mil, entre os bens estavam uma fazenda, um apartamento, um salão comercial, um carro, uma moto e 30 mil reais em gado.

Para as eleições deste ano, a vereadora declarou ao TSE a bagatela de mais de R$ 2,5 milhões em bens. A fazenda de 2008 não existe mais. Deu lugar a quatro casas que juntas valem R$ 800 mil. O apartamento que era só um virou dois. Os 30 mil em gado agora são 300. Além de dois terrenos avaliados em R$ 1,1 milhão.

É difícil explicar que o prefeito Atemir Botelho, recebendo cerca de 14 mil por mês , além de ter gasolina e telefone pagos pela prefeitura, fez com todo seu salário e juntar apenas 56 mil reais em quatro anos e ainda em bens, sem declarar nada em dinheiro.

Assim como é muito mais difícil de explicar como uma professora que vira vereadora aumenta o seu patrimônio de R$ 167 mil para mais de R$ 2,5 milhões.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Um comentário em “Enquanto prefeito tem amnésia, vereadora aumenta patrimônio em mais de 1500%”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. nonato ferreira

    Alto Alegre do Pindaré – Manifesto dos Pais
    Nós pais de alunos das escolas municipais vemos nos manifestar em defesa do direito de estudar e aprender dos nossos filhos.
    Recomeçaram as aulas, depois de 30 dias de férias dos professores.
    O SINDICATO DOS PROFESSORES quer paralisar as aulas dos nossos filhos por causa da CAMPANHA ELEITORAL e assim prejudicar de MODO IRRESPONSAVEL o ANO LETIVO DOS ALUNOS E DOS PROFESSORES QUE ESTÃO realmente COMPROMETIDOS COM A EDUCAÇÃO DO NOSSO MUNICÍPIO.
    Estes professores dirigentes sindicais nunca se preocuparam com os professores e muito menos com a educação dos nossos filhos. Todos estão candidatos a vereador, mas o que eles querem é ficar sem trabalhar e ganhar dinheiro fácil para fazer a campanha deixando os nossos filhos a mercê.
    Vão continuar a receber seus salários pagos pelo povo, mas vão trabalhar na campanha eleitoral pedindo voto para seus candidatos, pois eles mesmos são “CANDIDATOS LARANJA”.
    São tantos professores candidatos, incluindo marido e mulher. Na escola ANA MARIA PATELO SALDANHA podemos contar 06 professores candidatos. Todos têm direito de votar e ser votado, mas marido e mulher numa mesma casa candidato, um deles, ou os dois são laranja.
    NAZARÉ COELHO, RONALBERT, EDILSON BODÓ, DIANE, ESPOSA DO EDILSON, ZEZÉ PRESIDENTE DO SINDICATO, ISRAEL, ESPOSO DE ZEZÉ, DODÔ, ARNOLDO, ELIZABETE BORGES, ROSINETE do Povoado Celestino, ADRIANA do Povoado Nova Brasília, FLÁVIO, CLEYTON do povoado Auzilândia, JOÃO LAGO do povoado Roça Grande, ANA CLAUDIA do povoado Centro dos Paulo venderam sua dignidade para fazer campanha. Abriram mão de lutar por um SINDICATO de DIREITO, POR UM SINDICATO que lute pela classe. QUEREM MANIPULAR a classe dos professores como MARIONETES.
    Até onde vai o comprometimento dos PROFESSORES DESTE SINDICATO COM A EDUCAÇÃO?
    Nós os pais de alunos somos todos trabalhadores, assim como vocês professores. Mas, a maioria de nós recebe salário mínimo, vive da terra, somos beneficiados pela bolsa família, comerciários ou desempregados.
    Sabemos que os professores são profissionais de grande importância em nosso município. Vocês receberam aumento de salário neste ano, e são pagos em dia, portanto, não tem motivo para deixar nossos filhos sem aula.
    Assim, conclamamos todos os professores que não são marionetes DESTE SINDICATO, de políticos, partidos e candidatos aventureiros, para manter o direito dos nossos filhos de estarem em sala de aula estudando.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários