Poder

35º Festival Guarnicê de Cinema termina neste sábado

Filha dos atores Dinorah Marzullo Pêra e Manoel Pêra, Marília nasceu no Rio de Janeiro. Aos quatro anos atuou na tragédia grega “Medéia”.

Depois de transformar a cidade de São Luís na capital brasileira do cinema brasileiro neste mês de junho, o 35º Festival Guarnicê de Cinema será encerrado neste sábado, 17. A programação da última noite desta edição comemorativa dos 35 anos do festival acontecerá no Teatro Arthur Azevedo (Rua do Sol). A solenidade de encerramento começa às 18h, com apresentação folclórica do Tambor de Crioula e Recepção Lúdica com o Grupo Gamar. O Guarnicê é aberto ao público. Participe.

Já às 18h30, haverá a palavra dos promotores, patrocinadores e colaboradores. Em seguida, às 19h, começa a cerimônia oficial de encerramento, com a premiação oficial e homenagem à atriz Marília Pêra. Em seguida, a organização anunciará a realização do 36º Festival Guarnicê de Cinema, em 2013, e haverá ainda a apresentação do espetáculo de encerramento com o Grupo Gamar.

Com apresentação da Petrobrás e promoção da Universidade Federal do Maranhão (UFMA), por meio do Departamento de Assuntos Culturais (DAC) da Pró-Reitoria de Extensão (Proex), o festival é uma realização do Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Cultura, e Fundação Sousândrade. O Guarnicê conta com o apoio cultural da Prefeitura de São Luís, por meio da Fundação Municipal de Cultura, Restaurante Feijão de Corda, Fiema, Cepromar, Clara, Cia. Rio e Universidade FM.

Marília Pêra em São Luís

Filha dos atores Dinorah Marzullo Pêra e Manoel Pêra, Marília nasceu no Rio de Janeiro. Aos quatro anos atuou na tragédia grega “Medéia”. Na juventude foi bailarina chegando a se apresentar no exterior e dançando na lendária montagem de “My fair lady” com Bibi Ferreira e Paulo Autran. Tragédias, comédias, dramas e musicais, por todos esses gêneros teatrais nossa homenageada deixou sua marca.

Na TV, atuou em quase cinquenta programas, contando novelas, minisséries, humorísticos, especiais, seriados, etc. Sua primeira aparição foi em “Rosinha do sobrado” de 1965, na Rede Globo, onde fez a protagonista Rosinha. Também brilha no cinema e principalmente por isso é a homenageada do 35º Festival Guarnicê de Cinema. Pêra reúne mais de setenta premiações, homenagens e comendas.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários