Poder

Parlamentar pede incentivos para plantar sisal e gerar empregos

O anúncio foi feito depois da audiência pública, na Sala de Comissão da Assembleia Legislativa.

O deputado Antônio Pereira (DEM) anunciou  que vai acionar o governo do Estado e o Banco de Desenvolvimento Social e Econômico (BNDES) para liberar linhas de créditos a pequenos e médios produtores rurais, destinadas ao plantio de sisal em 35 municípios do Estado do Maranhão.

O anúncio foi feito depois que Antônio Pereira participou de audiência pública, na Sala de Comissão da Assembleia Legislativa, com representantes do BNDES, do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), da Secretaria de Estado da Agricultura (Sagrima), e da Associação Sisaleira do Maranhão.

O democrata adiantou que a Comissão de Assuntos Econômicos da Assembleia vai elaborar um amplo relatório, que será encaminhado à governadora Roseana Sarney (PMDB), ao secretário de Estado da Agricultura, Cláudio Azevedo, e a todas as autoridades ligadas ao setor de produção no Brasil.

Antônio afirmou que já conhece os efeitos positivos do sisal no Pernambuco e na Paraíba, onde milhares de pessoa vivem em função dos lucros da planta.

Pereira informou que o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, por meio da portaria 327/2001, publicada no Diário Oficial da União (DOU) em 17 de agosto de 2011, aprovou o Zoneamento Agrícola de Risco Climático para a cultura do Sisal no Estado do Maranhão.

O parlamentar garante que o projeto beneficiará milhares de pessoas de Alto Parnaíba, Amarante, Arame, Balsas, Barão de Grajaú, Barra do Corda, Benedito Leite, Buriti Bravo, Colinas, Feira Nova do Maranhão, Fernando Falcão, Formosa da Serra Negra, Fortaleza dos Nogueiras, Governador Luiz Rocha, Grajaú, Jatobá, lagoa do Mato, Loreto, Mirador.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários