Poder

Cutrim vai acionar Hemetério Weba na Justiça por supostas calúnias

Confusão entre Raimundo Cutrim e Hemetério Weba vai parar na justiça.

Revoltado, Cutrim travará embate na justiça com Weba

Revoltado, Cutrim travará embate na justiça com Weba

O deputado estadual Raimundo Cutrim (PSD) disse, durante pronunciamento ontem, 14, na Assembleia Legislativa, que ingressará na Justiça contra o deputado estadual Hemetério Weba (PV), por supostas calúnias.

Cutrim, que na época da CPI do Crime Organizado, era secretário de Segurança Pública, foi acusado por Weba na última quinta-feira, 10, de que sua gestão era na base da taca, da chibata e do alicate. Revoltado, o parlamentar afirmou que acionará o colega de parlamento com uma ação de denunciação caluniosa.

“Estou achando que o deputado queria dizer que em minha gestão eu mandava tirar a unha e dava com a chibata, por isso estou entrando com uma ação de denunciação caluniosa para que a gente possa discutir na justiça, é um direito que tenho. Estou entrando com uma ação na justiça de denunciação caluniosa, que é crime”, disse Cutrim.

Por final, Cutrim afirmando que Weba invadiu um colégio na cidade de Nova Olinda, que funcionava a sede provisória da Justiça Eleitoral gerando uma confusão onde quase ocasionou uma tragédia.

“Agora o deputado fala naquela época da chibata e eu me lembrava na época da campanha agora de deputado, o deputado invadiu um colégio, o colégio chamado Unidade Escolar Santa Terezinha Alves Rocha, onde funcionava a sede provisória da Justiça Eleitoral, na cidade de Nova Olinda, invadiu ali com várias pessoas para resgatar uma pessoa que tinha sido detida por questão de crimes eleitorais. No momento da invasão apenas 7 policiais civis estavam no local. Recuaram a fim de evitar um confronto direito com a população, o que poderia ter causado uma tragédia”, enfatizou o parlamentar.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários