Poder

Após fugas de menores, MP faz vistoria na Funac

A maioria dos problemas encontrados na inspeção anterior não foi resolvida

A 6ª Promotoria de Justiça da Infância e Juventude vistoriou nos dias 10, 14 e 16 de maio, respectivamente, o Centro de Juventude Canaã (internação provisória), Centro de Juventude Nova Jerusalém (semiliberdade) e Centro de Juventude Florescer (internação feminina). O objetivo foi verificar se os problemas estruturais e as irregularidades encontrados na inspeção anterior, realizada em março, foram resolvidos.

Segundo a promotora de Justiça Fernanda Helena Nunes Ferreira, quase nenhuma providência foi tomada para a resolução dos problemas das instalações físicas das unidades. O MP tinha expedido Recomendação à Fundação da Criança e do Adolescente (Funac) com sugestões a serem cumpridas, no prazo de 60 dias.

“Muito pouco foi feito para resolver as questões. Somente na unidade de semiliberdade (Nova Jerusalém) foi feita a manutenção da rede hidráulica”, afirmou Fernanda Helena.

A promotora de Justiça acrescentou que as diretoras dos centros apresentaram documentos comprovando o envio à Funac da cópia da Recomendação do MP, mas não obtiveram sucesso na liberação de recursos para a realização dos reparos.

Uma nova Recomendação será encaminhada nesta semana, pedindo celeridade no cumprimento das providências sugeridas.

Fernanda Helena ressaltou, ainda, que foram verificadas transferências de internos de uma unidade para outra sem decisão judicial, o que é irregular.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Um comentário em “Após fugas de menores, MP faz vistoria na Funac”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. Adailton

    E adivinhe quem está agora no comando Superiro da FUNAC?????? A incompetente da Luiza Macieira!!! Ora MP, como querias que estivesse algo regularizadoW Essa mulher nao faz nada.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários