Poder

Realizada missa de sétimo dia do jornalista Décio Sá

O presidente do Sistema Mirante, afirmou que Décio Sá tinha o mérito de ser entendido pela população.

Imirante, com informações da Mirante AM
Foto: Arquivo/Diego Chaves/O Estado

Foto: Arquivo/Diego Chaves/O Estado

Realizada, na manhã deste domingo (29), na Igreja da Sé, a missa de sétimo dia do jornalista Décio Sá, morto na segunda-feira (23), no bar Estrela do Mar, na avenida Litorânea, em São Luís. Familiares, amigos, colegas de profissão e autoridades compareceram à missa.

Técio Sá, irmão do jornalista, lamentou, em entrevista ao programa Domingo Mirante, da rádio Mirante AM lamentou a demora das polícias Militar, Civil e Federal nas investigações do caso que, segundo ele, ainda não apresentaram informações concretas sobre o trabalho. Em entrevista coletiva na manhã da sexta-feira (27), o secretário Aluísio Mendes garantiu que todo o sistema de Segurança está focado na elucidação do crime e determinou o sigilo sobre o caso. Técio destacou, ainda, que o irmão, Décio Sá, era um “bom pai e um bom marido”.

O presidente do conselho deliberativo do Sistema Mirante, Fernando Sarney, em entrevista à rádio Mirante AM, afirmou que Décio Sá tinha o mérito de ser entendido pela população. “Cabe a nós, agora, clamar por justiça, nós amigos, colegas, companheiros de trabalho, sobretudo porque vingança não é um bom sentimento. Esse é o sentimento (de justiça) que temos agora”, disse.

O secretário de Estado da Saúde, Ricardo Murad, também presente na missa, destacou o trabalho feito pelo jornalista. “Décio era um blogueiro que, quando escrevia, mexia com a cidade”, afirmou.

Amigos e admiradores do jornalista, também, realizarão uma caminhada na terça-feira (1º) na Avenida Litorânea, por justiça e paz. Revoltados com o brutal assassinato do repórter, um resolveu se mobilizar e levar às ruas uma ação contra a impunidade e banalização da vida.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários