Poder

Deputada faz apelo para combate ao crime de pistolagem no MA

"Temos uma lista de pessoas que precisariam ser protegidas pelo Provita", diz Eliziane Gama.

Faltando um mês para completar 15 anos da morte do delegado Stênio Mendonça, a deputada Eliziane Gama (PPS) fez um apelo na tribuna da Assembleia Legislativa, na manhã desta quarta-feira (25), para o combate ao crime de pistolagem no Maranhão. Ela citou a morte do jornalista Décio Sá, ocorrida na noite da ultima segunda-feira (23) e também o assassinato de um personal trainer, na terça-ferça (24).

“No meu entendimento é histórico e cada ano precisamos realmente ter um olhar diferenciado no que foi a morte do delegado Stênio Mendonça, vítima da pistolagem e do crime organizado no Estado. No dia 25 de maio de 1997, o delegado foi assassinado com dois tiros na cabeça na Avenida Litorânea. Tivemos anteontem a morte do colega, jornalista Décio Sá, e ontem o assassinato de um personal trainer, numa demonstração clara, que de 1997 pra cá, a pistolagem ainda é uma situação viva neste Estado”, comentou.

Segundo a deputada, existem inúmeras pessoas que estão incluídas no Programa de Proteção às Vítimas e Testemunhas de Violência no Estado do Maranhão (Provita) e também da lista de cerca de 70 pessoas que precisam de proteção e não foram colocadas no programa por falta de recurso suficiente.

“Temos uma lista de pessoas que precisariam ser protegidas pelo Provita, mas que não têm a devida proteção, porque esse programa é um programa que não tem recursos suficientes para a proteção em nosso Estado”, destacou.

Eliziane fez um apelo para que haja atenção especial do Poder Legislativo para este problema e pediu a Assembleia Legislativa que encaminhe requerimento a Secretaria Estadual de Segurança Pública pedindo proteção e segurança para a Promotora de Justiça, Lítia Cavalcanti, uma mulher que combate o crime organizado no Maranhão.

“Lítia Cavalcanti é uma mulher que tem combatido de uma forma veemente e determinada o crime e a máfia neste Estado. Ela tem sido uma mulher combatível e determinada, por isso precisa de proteção. Que fique registrado nos anais desta Casa, que estamos preocupados com a segurança dessa promotora”, enfatizou.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários