Poder

Assembleia ouvirá envolvidos na agressão de jovens em São Luís

A reunião da Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa do Maranhão, realizada nesta ontem, 12, pautou o caso das adolescentes vítimas de agressão física no bairro Alemanha.

Os lideres da Comissão tinham a expectativa de receber e ouvir as garotas envolvidas no caso. Porém, elas não foram localizadas e os trabalhos da Comissão ficaram comprometidos.

O caso tomou notoriedade nacional após a veiculação no Jornal Hoje, da TV Globo, do vídeo de garotas trocando bofetadas. O Ministério Público assumiu o caso por intermédio do promotor Luiz Gonzaga Coelho.

A relatora do caso, afirmou que a CDH está trabalhando na localização das garotas. Outra preocupação da parlamentar é com um grupo de adolescentes que estão aterrorizando escolas públicas da Cidade Operária. Segundo ela, as meninas que se intitulam “As Megas” pousaram para fotografias armadas e ameaçam fisicamente outras garotas das escolas.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários