Poder

Por falta de pagamento, Caema corta água do Nhozinho Santos

Estádio Nhozinho Santos

Estádio Nhozinho Santos

A Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema) denunciou na manhã desta quarta-feira, 07, uma série de grandes empresas e também a Prefeitura de São Luís, por não pagar a conta de água e ainda fazer ligações clandestinas.

Em São Luís, foi cordada a água do estádio Nhozinho Santos, dos Terminais da Praia Grande e da Cohama, onde posteriormente todas foram religadas de forma irregular.

De acordo com informações, a Prefeito de São Luís, comandada por João Castelo (PSDB), esta há meses sem efetuar o pagamento das contas, onde acumulou uma divida de R$ 20 milhões com a Caema.

Com isso, o jogo marcado para noite de hoje, às 20h30, no estádio Nhozinho Santos, entre Sampaio Corrêa e Atlético Paranaense poderá ser cancelado.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários