Poder

Ministro faz investimentos em laboratórios públicos. E no Maranhão?

O Ministério da Saúde está lançando um pacote de medidas para o fortalecimento da indústria nacional de medicamentos, insumos e equipamentos. O Programa de Investimento no Complexo Industrial da Saúde (Procis), instituído oficialmente nesta quinta-feira (22) por meio da Portaria 506, vai alcançar R$ 2 bilhões até 2014, sendo R$ 1 bilhão do governo federal e R$ 1 bilhão em contrapartidas de governo estaduais.

Só este ano, o Ministério da Saúde investirá cerca de R$ 250 milhões em infraestrutura e qualificação de mão-de-obra de 18 laboratórios públicos, o valor é cinco vezes maior do que a média de investimentos (R$ 42 milhões) nos últimos 12 anos. Entre 2000 e 2011, o investimento total do governo foi de R$ 512 milhões.

Daí a importância de se investir em infraestrutura, capacitação da gestão e especialização da mão de obra dos laboratórios oficiais para que eles adotem as melhores práticas do mercado e ganhem um nível de qualidade internacional”, explica Gadelha. Com estas medidas, a expectativa do governo é reduzir as desigualdades regionais à medida a partir do estímulo ao fortalecimento dos laboratórios em diversas regiões do país.

LABORATÓRIOS PÚBLICOS NACIONAIS
1- LIFAL/AL – Medicamentos
2- IQUEGO/GO – Medicamentos
3- FUNED/MG – Medicamentos e Vacinas
4- LAFEPE/PE – Medicamentos
5- LFM/RJ – Medicamentos
6- LQFA/RJ – Medicamentos
7- LQFEX/RJ – Medicamentos
8- FARMANGUINHOS/RJ – Medicamentos
9-  BIO-MANGUINHOS/RJ – Vacinas e Biofármacos
10- IVB/RJ – Medicamentos e Soros
11- NUPLAN/RN – Medicamentos
12- FURP/SP – Medicamentos
13- BAHIAFARMA/BA – Medicamentos
14- BUTANTAN/SP – Vacinas e Soros
15- FAP/RJ – Vacinas
16- TECPAR/PR – Vacinas
17 – LAFERGS/RS
18 – HEMOBRÁS / PE – Hemoderivados

Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Tudo sobre:

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários