Poder

Magno Bacelar é ficha suja e terá que devolver mais de R$ 1 milhão aos cofres públicos

Com rejeição das contas, Magno Bacelar permanece como ficha suja

Com rejeição das contas, Magno Bacelar permanece como ficha suja

O Tribunal de Contas do Maranhão (TCE) em Sessão Plenária realizada na última quarta-feira, 14, emitiu pareceres contrários à aprovação das contas de 2008 apresentadas pelo ex-prefeito de Chapadinha, atual deputado estadual Magno Bacelar, mais conhecido como “Nota Dez” (PV), a quem concedeu prazo de alguns dias para a devolução voluntária aos cofres públicos da importância total de R$ R$ 1.042.401,00, sob pena de cobrança executiva.

De acordo com informações, o ex-prefeito hoje deputado, respondeu por irregularidades e gastos fictícios e despesas outras sem comprovação documental. A maior imputação de débito foi referente ao exercício de 2008 e corresponde com débito de R$ 1.042.401,00 e multas de R$ 195.224,00.

Com a desaprovação das contas de Magno Bacelar, e a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que validou a Lei da Ficha Limpa, o parlamentar permanece na lista dos “ficha suja” do estado do Maranhão. Uma vergonha!


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários