Poder

Lei obrigará formandos da Uema a trabalharem 2 anos no MA

Foi protocolado na Asembleia Legislativa do Maranhão recebeu um projeto de lei na, sugerindo a obrigação do trabalho, remunerado, por dois anos, dos formandos de outros Estados na Universidade Estadual do Maranhão (Uema).

Depois de protocolado na Mesa Diretora, o projeto de lei terá como destino ser publicado no Diário Oficial da Assembleia Legislativa. No entanto, a proposição será apreciada na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania e outras comissões técnicas competentes. Em seguida, o projeto será votado em plenário.

De acordo com a medida que já foi instituída em vários Estados entre eles, o Pará, sugeri ideia da proposição é evitar a evasão de cerca de 70% dos técnicos que, no final do curso superior, vão embora para outros estados.

O que vale ressaltar, a falta de valorização dos profissionais que o estado hoje possie, até mesmo nas áreas de medicina, farmácia, odontologia e engenharia dos entre outros cursos superiores da Uema.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários