Poder

FGV anula provas do concurso para três cargos no Senado

Os candidatos que, neste final de semana, fizeram o concurso do Senado Federal para os cargos nas áreas de analista de sistema, analista de suporte de sistemas e enfermagem vão ter que fazer a prova novamente. A FGV informou que, por falta de provas em algumas salas, o concurso para o preenchimento dessas vagas foi anulado.

No total, dez mil quatrocentas e quarenta pessoas vão ter que fazer outra prova. O anúncio da anulação de parte das provas ocorreu, depois que um grupo de cerca de vinte e cinco candidatos registrou um boletim de ocorrência na vigésima primeira Delegacia de Polícia de Brasília, reclamando de irregularidades na aplicação das provas.

A FGV não descarta a possibilidade de que o mesmo erro tenha ocorrido em outras cidades. Uma falha no processo de empacotamento das provas está sendo avaliada. A data do novo exame vai ser anunciada e encaminhada pelo correio aos candidatos inscritos nas três áreas. Ainda de acordo com a FGV, as provas para os outros cargos continuam válidas.

No total, cento e cinquenta e sete mil novecentos e trinta e nove candidatos se inscreveram no concurso do Senado – sessenta e três mil cento e noventa quatro para as diferentes funções do cargo de analista legislativo.

Os aprovados vão ser contratados para cento e quatro vagas de nível médio, com salário de pouco mais treze mil e oitocentos reais; cento e trinta e três vagas de analista legislativo, com salário de dezoito mil quatrocentos e quarenta reais; e nove vagas de consultor legislativo, com salário de vinte e três mil oitocentos e vinte e seis reais.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários