Poder

Socorro Waquim engana vice-prefeito e poderá apoiar o sobrinho

Tales Waquim terá o apoio da família Waquim na sucessão

Tales Waquim terá o apoio da família Waquim na sucessão

Conforme publicado no blog do Ademar Sousa, ao que tudo indica foi deflagrado mesmo o processo de escolha do pré-candidato a prefeito da base governista que dá sustentação política à administração da prefeita Socorro Waquim, em Timon, na Região dos Cocais. É que, segundo alguns observadores mais atentos, que estiveram lá ouvindo os discursos, não há dúvida de que a reunião realizada em plena quarta-feira (1º) serviu para consolidar o nome do presidente da Câmara Municipal, vereador Thales Waquim, como o pré-candidato oficial à prefeitura de Timon nas eleições de outubro próximo.

Como se observa, isto se deve ao fato da grande mobilização de militantes partidários das siglas – PSL, PMDB, PV, PTN, PTB, DEM, PMN e PPS, assim como até mesmo dos ocupantes de cargos no primeiro escalão do governo municipal, representando o alto clero, que fizeram efusivos discursos em defesa da pré-candidatura de Thales Waquim.

Vice-prefeito ladeado de Socorro Waquim

Vice-prefeito ladeado de Socorro Waquim

Para qualquer bom entendedor, esse é um sinal forte de que fora dado o pontapé inicial rumo a largada e preferência pelo jovem peemedebista dentro do grupo político que administra Timon há sete anos.

Oito partidos integram a base de apoio a Thales Waquim, sobrinho do deputado Professor Sétimo. Da última reunião, participaram mais de 13 auxiliares diretos do primeiro escalão do governo municipal. Pelo jeito, botaram para esmagar os outros dois pré-candidatos a prefeito pelo PMDB, o vice-prefeito e secretário Municipal de Desenvolvimento Econômico e Social – SEMDES, Edivar Ribeiro e Irmão Wiliam, secretário Municipal de Meio Ambiente.  Sendo que, o primeiro deixou o PRP para ingressar no PMDB tipo noivo iludido deixando a noiva no altar.

Delfino: fiel escudeiro de Edivar

Delfino: fiel escudeiro de Edivar

Há informação que o segundo, não resistiu à cantada e deixou o PSC que pertence hoje à base política do deputado estadual Alexandre Almeida (PSD). Eles ainda sonham “acordados” em serem escolhidos pelo casal prefeita Socorro Waquim e o deputado federal Professor Sétimo para a disputa da prefeitura de Timon.

Durante a reunião, tida como divisor de águas, foi notada a ausência do secretário de Infraestrutura, Delfino Guimarães, que não esconde de ninguém sua simpatia pela candidatura de Edivar Ribeiro, desde os primeiros momentos.

Muitos dos presentes comentavam ao pé de ouvido que Delfino Guimarães tem se ausentado dos debates e reunião em torno da sucessão municipal. O blog apurou que há muitas controvérsias na política de Timon, como é o caso do irmão mais novo de Delfino, o empresário Napoleão Sobrinho está filiado ao Partido Social Democrático – PSD, do deputado Alexandre Almeida.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários