Poder

Mocidade é anunciada campeã do carnaval de SP

Do G1, em São Paulo

Em entrevista coletiva pouco antes das 23h desta terça-feira (21), a Liga Independente das Escolas de Samba informou que a Mocidade Alegre é campeã do carnaval de São Paulo. O anúncio foi feito em meio a brigas e confusão entre presidentes de escola de samba que estavam no Anhembi desde o fim da tarde, quando um integrante da Camisa  Verde e Branco interrompeu a leitura das notas. A segunda colocada foi a Rosas de Ouro, seguida de Vai-Vai, Mancha Verde e Vila Maria.

Segundo o presidente da Liga, Paulo Sérgio Ferreira, a decisão de manter os pontos apurados até o início da confusão foi tomada por sete votos a cinco na reunião de quase cinco horas entre os presidentes das escolas. Ferreira disse que ficou valendo o artigo 29 do regulamento da Liga, que prevê uma média das notas quando alguma delas falta.

O resultado gerou protesto entre os torcedores da Rosas de Ouro. A Tropa de Choque – que já tinha sido acionada à tarde para conter o quebra-quebra no Anhembi – teve de ser posicionada para conter os ânimos.

A presidente da Mocidade, Solange Bichara Rezende, disse que não se sente confortável com o resultado. “Eu não me sinto confortável com essa situação. Não quero ser campeã nas costas de ninguém. Eu estou chateada. Não fui eu que roubei a nota, não fui eu que sumi com os resultados”, disse na saída da reunião. Ela chegou a discutir com um integrante de outra escola de samba e afirmou ter recebido agressões verbais. “Ele não tem direito de fazer isso comigo”, concluiu. Por causa da confusão, Solange disse não saber se haveria comemoração na quadra.

Integrantes de escolas se mostraram revoltados. O presidente da Vai-Vai, Darly Silva, o Neguitão, afirma que o justo seria procurar os dois jurados nesta quarta-feira (22) para saber quais as duas notas finais que foram atribuídas à Mocidade.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários