Poder

Mais um laranja vai denunciar o deputado Carlos Filho

Blog do Luis Cardoso

Deputado Carlos Filho

Deputado Carlos Filho

Surgiu mais um caso de ex-funcionário do gabinete do deputado estadual Carlos Filho, ex-genro da governadora Roseana Sarney, que foi usado como laranja pelo parlamentar.

Ele mostrou ontem ao blog  cópias de contracheques com empréstimo altíssmo sem que soubesse da operação, pois seu cartão do Banco do Brasil ficava em poder do deputado.

O caso será levado ao conhecimento do Ministério Público nas próximas horas e aí o nome da vítima será revelado.

Carlos Filho foi denunciado à Justiça pela doméstica Marly Silva Rodrigues que descobriu ser empregada do gabinete do deputado depois que seu nome foi parar no Serasa. O juiz Gervásio Protásio dos Santos, em sua página social na internet, classificou o parlamentar de “fraudador”.

Em nome da doméstica foi contraído um empréstimo próximo de R$ 100 mil e meses depois ela foi demitida do cargo pelo póprio deputado que a nomeou. Como não sabia nem de nomeação, descobriu depois quando estava sendo cobrada pelo BB e com o nome sujo.

Carlos Filho jogou a culpa em seu ex-assessor, Talles Silva Cruz Filho, morto em 2009, em acidente de moto. É fácil jogar a culpa no falecido e dizer que nunca teve conhecimento da fraude e nem conhecer a vítima..

Só que o parlamentar esqueceu que quem indica as nomeações são os próprios deputados em documento assinado para a presidência da Assembleia Legislativa. E foi exatamente como aconteceu.

Agora, como a fraude não envolve apenas Carlos Filhos, pois existem outros inúmeros casos praticados por ex-deputado e até alguns da atual legislatura, o espírito de corpo deve prevalecer.

Ninguém toca no assunto, nem mesmo o agora líder do governo, César Pires. Mas o blog vai colaborar para refrescar a memória dos que praticaram a fraude e estão até hoje impunes.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários