Poder

José Airton: “A Paraíba presta justa homenagem a Agassiz Almeida e Francisco Julião”

Integrado a um projeto de preservação da História e Memória do país, de personagens atingidos pela Ditadura Militar de 64 e que a ela resistiram, como Gregório Bezerra, Miguel Arraes, Djalma Maranhão, João Pedro Teixeira, Agassiz Almeida, Paulo Cavalcanti, Seixas Dória, David Capistrano, Carlos Lamarca e Francisco Julião, entre outros, o deputado federal José Airton (PT-CE), interpretando este objetivo nacional ao qual se integra a  Comissão Nacional da Verdade, pronunciou, recentemente, no plenário da Câmara dos Deputados, discurso de apoio às homenagens que a Paraíba, através de várias Câmaras de Vereadores, prestou a Francisco Julião e Agassiz Almeida, ex- deputados federais, cujas atuações na vida pública dignificaram a nossa história, e que ademais marcaram com decisivo empenho o processo de organização das Ligas Camponesas, através das quais conseguiram conquistar avanços sociais e políticos para o homem do campo, até então um condenado por quatro séculos de latifúndio.

Acentuou o deputado cearense:

A Paraíba presta justa homenagem a esses grandes brasileiros por suas histórias de luta, pela resistência no enfrentamento à Ditadura Militar de 64, por incansável embate por justiça social, pela ruptura de velhas estruturas políticas e, sobretudo, porque desafiaram um sistema agrário de opressão contra milhões de camponeses.

Francisco Julião

Francisco Julião

Onde esses personagens, deputados estaduais à época, se fizeram arautos das grandes conquistas das classes trabalhadoras? Francisco Julião mobilizou a primeira greve de camponeses na história do país, em 1960. Agassiz Almeida, após  inflamados discursos contra os latifundiários responsáveis pela morte de João Pedro Teixeira, em 1962, requereu à Assembleia Legislativa da Paraíba, Comissão Parlamentar de Inquérito- CPI, a fim de apurar os responsáveis  pela morte do líder camponês, e também apontou os criminosos  de Pedro Fazendeiro e João Alfredo.

Há cerca de 50 anos, Agassiz Almeida e Francisco Julião defendiam a reforma agrária através das Ligas Camponesas e despertaram o país e amplos setores do exterior para o quadro de miséria em que se achava mergulhada a massa camponesa.

Encerrando, presto homenagem especial à memória de João Pedro Teixeira, cujo filho, Isaac Teixeira, médico formado em Cuba, no seu retorno ao país coordenou o Programa de Saúde da Família no município de Icapuí, Ceará, período em que eu exercia o mandato de prefeito.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Um comentário em “José Airton: “A Paraíba presta justa homenagem a Agassiz Almeida e Francisco Julião””

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. sem calcinha

    Adoro me mostrar peladinha na web cam

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários