Poder

Após visitarem ás UPAs, Simplício Araújo e Domingos Dutra desafiam Ricardo Murad

O Secretário de Saúde do Maranhão, Ricardo Murad, desafiou o presidente da Embratur, Flavio Dino, a visitar os hospitais do programa saúde é vida, prometidos pela Governadora Roseana na campanha eleitoral de 2010. Em virtude de problemas pessoais Flávio Dino não pode aceitar o desafio.

Ricardo Murad é desmoralizado após visita dos deputados federais nas UPAS

Ricardo Murad é desmoralizado após visita dos deputados federais nas UPAS

Os deputados Federais Simplício Araújo (PPS) e Domingos Dutra (PT) toparam o desafio e ampliaram o foco sobre o funcionamento da Secretaria de Saúde do Estado do Maranhão, com destaque para a farra de construções apelidadas de hospitais.

Nesta primeira parte foram visitados nove hospitais do Programa Saúde é Vida, construídos ou em construção conforme promessa da Governadora Roseana Sarney e que deveriam ter sido entregues à população em dezembro de 2010. Portando, com atraso de mais de 14 meses.

Das nove unidades visitadas apenas uma funciona com capacidade reduzida, pois, de acordo com a propaganda do governo, cada unidade desta deveria representar uma verdadeira “revolução” na vida das pessoas, na oferta de serviços e especialidades em saúde.

Só nestas nove unidades, de acordo com informações levantadas no portal da transparência do governo do estado, estima-se que o governo gastou em torno de R$50 milhões.

A diligência dos deputados federais Domingos Dutra e Simplício Araújo, em pleno dia útil, sexta-feira, constatou-se o descaso com o patrimônio público. Em alguns dos prédios não constam vigilância adequada. Nos prédios de Matões do Norte, Bernardo do Mearim, Lago do Junco, Olho D’água das Cunhãs, Lago Açu e Bela Vista as unidades estavam literalmente abandonadas, apenas com presença de alguns animais (jumentos, cães e gatos) pastando e dormindo tranquilamente no matagal que avança sobre as estruturas abandonadas.

Nos prédios de Peritoró, Bernardo do Mearim, Lago do Junco, Olho D’água das Cunhãs e Lago Açu, além do abandono, foi constatado crime contra os direitos trabalhistas dos funcionários que trabalharam nas obras, com salários atrasados, falta de registro em carteira da maioria dos trabalhadores e condições insalubres, caracterizando trabalho escravo.

Os parlamentares reuniram mais de cem fotos e produziram um documentário que serão entregues ao Ministério Público e ao Tribunal de Contas da União (TCU). O vídeo com mais de duas horas de duração também será entregue a Comissões de Saúde da Assembleia Legislativa do Maranhão e da Câmara dos Deputados, a Controladoria da República e ao Ministério da Saúde visando apurar os danos ao patrimônio publico, os custos do programa e, ainda, solicitando um termo de ajuste de conduta para que o governo marque, em definitivo, a data de entrega e o funcionamento dos hospitais, uma vez que o governo do estado já anunciou cinco datas e não cumpriu.

Por fim, os deputados Simplício Araújo e Domingos Dutra desafiam o “Secretário de Construções Inacabadas”, Ricardo Murad, a diligenciar nos esqueletos hospitalares e aos poucos hospitais que estão funcionando juntamente com a Comissão de Saúde da Assembleia, Ministério Público, Tribunal de Contas e a imprensa até às 15h desta segunda-feira (27).


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários