Poder

Após deixar governo, Lupi vira assessor especial do RJ

Da Folha de S. Paulo

O ex-ministro do Trabalho Carlos Lupi

O ex-ministro do Trabalho Carlos Lupi

Três meses após sair do Ministério do Trabalho sob suspeita de irregularidades na pasta, Carlos Lupi (PDT) deve voltar a trabalhar em Brasília. Desta vez, como assessor especial do prefeito do Rio, Eduardo Paes (PMDB).

O peemedebista convidou o ex-ministro para, de acordo com Lupi, “fazer a interação com o governo federal”.

A nomeação do pedetista foi publicada ontem no “Diário Oficial” do município.

“Ele quer que eu faça um trabalho pelos interesses do Rio, possíveis emendas, projetos.

Fazer a ponte com Brasília. Como fui ministro e tenho boa relação com todo mundo, vou fazer esse meio de campo”, afirmou ontem o ex-ministro.

Presidente nacional do PDT, Lupi saiu do ministério após suspeitas de irregularidades em contratos com ONGs (organizações não governamentais).

Ele também foi acusado de ter acumulado dois cargos públicos irregularmente por cinco anos, prática vedada pela Constituição.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários