Poder

Nordeste tem a comida mais cara do Brasil

O Índice Alelo de Preço Médio de Refeição 2012 – divulgado a partir de hoje – mostra que o almoço fora de casa em São Luís (MA) é o mais caro de todo o país, custando em média R$ 36,21. O valor representa um aumento expressivo de 32,58% em relação ao levantamento apresentado no ano passado, que apontava um valor médio de R$ 27,31. Os dados, apurados pelo Instituto Datafolha em parceria com a Alelo, administradora de cartões-benefício e cartões pré-pagos, apresentam a média nacional de R$ 27,46 -valor que representou aumento de 2,54% em relação ao preço médio nacional de R$ 26,78,  verificado pela edição anterior da pesquisa.

A pesquisa, em sua terceira edição, foi realizada com 4.312 estabelecimentos de cidades brasileiras no período entre 13 de setembro e 19 de outubro de 2011. Todos os estabelecimentos entrevistados são credenciados à rede Visa Vale e analisa a refeição no período do almoço, de segunda à sexta-feira. O levantamento avaliou o custo individual de prato principal, sobremesa, bebida e café expresso, compondo assim o valor total da refeição.

A capital do Maranhão, que agora está em primeiro no ranking nacional Índice Alelo de Preço Médio de Refeição das cidades com refeição fora de casa mais cara, ultrapassou a cidade do Rio de Janeiro, que, nesta edição do levantamento, ficou em terceiro lugar.

Em São Luís, todos os itens que compõem o almoço completo sofreram grande alta. O prato principal, que até o ano passado custavaem média R$17,32, agora está cotado em R$ 24,38, o que representa acréscimo de 40,76%. Entre os outros itens da refeição – bebida, sobremesa e café -, o que mais chamou a atenção foi o famoso cafezinho que apresentou alta de 42,60% passando do custo médio de R$ 2,30 para R$ 3,28. A sobremesa teve alta de 11,45% em média e a bebida acréscimo de 10,71% no valor médio.

O ranking nacional das cidades mais caras apresentado pelo Índice Alelo de Preço Médio de Refeição 2012 aponta em segundo lugar a cidade de São Vicente (Litoral de SP) com média de R$ 34,91, seguida do Rio de Janeiro (RJ) em terceiro – R$ 32,78. A quarta cidade mais cara é Brasília (DF), cujo preço médio fica em R$ 31,77.

Considerando toda a região Nordeste, após São Luís (MA), a capital baiana, Salvador, aparece em segundo lugar entre as mais caras da região com R$ 29,96 de custo médio para almoçar fora de casa. A cidade de Natal (RN) vem em seguida, apresentando o valor de R$ 29,87. Em quarto lugar deste ranking está a capital de Pernambuco, Recife, onde almoçar fora de casa custa em média R$ 26,73. Fortaleza (CE) vem logo depois, com R$ 26,27.

O Índice Alelo 2012 revelou também a ascensão do custo médio de refeição em todo o Nordeste – a região, que antes era a terceira mais barata do país, com média de R$ 25,35, atinge agora o topo e assume posição de região mais cara com média de R$ 29,35 por refeição. A região foi a que teve o maior aumento anual, com crescimento de 15,78%. O Sudeste está logo atrás, com a média de R$ 27,84, Norte e Centro-Oeste com R$ 26,35 e, por último, a região Sul, com R$ 24,84. O levantamento do ano anterior apresentou a região Sudeste em primeiro neste ranking, seguida por Norte/ Centro-Oeste, Nordeste e Sul.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários