Poder

Em casa, Brasil tem noite de gala no UFC

Do MSN

José Aldo segue como campeão mundial dos pesos pena do UFC. O brasileiro conseguiu uma incrível joelhada, nocauteou Chad Mendes no finalzinho do primeiro round e manteve o seu cinturão. Elétrico desde o momento que entrou na Arena HSBC, o brasileiro não conteve a emoção, quebrou todos os protocolos e se jogou para comemorar com a torcida.

Aldo se mostrou empolgado desde as primeiras notas de sua música de entrada. O brasileiro apareceu no telão balançando muito a cabeça, seguindo ritmo da canção e tentando manter a concentração. O campão estava tão elétrico que quase não deixou o médico fazer o seu trabalho na lateral do octógono. Ele teve de passar vaselina no rosto do lutador com Aldo mexendo bastante a cabeça.

Com a luta em andamento, Aldo deixou a adrenalina baixar e estudou bastante o adversário antes de tentar golpear. Como antecipado por Gray Maynard, que ajudou o campeão nos treinos, o brasileiro mostrou uma defesa de queda afiadíssima. E á vitória veio justamente após Aldo se manter de pé pressionado contra a grade por cerca de um minuto. Já no final do primeiro round, o brasileiro se desvencilhou e acertou uma rápida e surpreendente joelhada no rosto do rival, que caiu quase apagado.

A vitória foi a 21ª na carreira de José Aldo, a 14ª consecutiva. O brasileiro é visto como um dos melhores pound for pound do UFC, mas andava sendo contestado por ter levado a melhor apenas na decisão dos jurados em seus dois últimos combates. Já Chad Mendes chegou ao Brasil invicto. O norte-americano tem agora 11 vitórias e um revés na carreira.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários