Poder

Igor Lago poderá perder comando do PDT no Maranhão

Carla Lima / O Estado do Maranhão
Igor Lago poderá perder o comando do partido

Igor Lago poderá perder o comando do partido

A Executiva Nacional do PDT deverá decidir amanhã sobre o comando estadual da legenda no Maranhão. Em pauta está a recondução de Igor Lago, filho do ex-governador Jackson Lago, que enfrenta a resistência do deputado federal Weverton Rocha e do ex-deputado Julião Amin, que querem um novo comando pedetista no Estado.

Em maio deste ano, uma comissão provisória do PDT no Maranhão foi nomeada pela Executiva Nacional. Para comandar a legenda, cujo objetivo era reestruturar a sigla após a morte de seu líder maior, foi escolhido Igor Lago. A comissão duraria seis meses, possível de ser renovada por igual tempo.

Em novembro, a validade dessa comissão provisória chegou ao fim e junto com ela uma crise interna no PDT maranhense devido a declarações de Igor Lago sobre os custeios de uma viagem feita pelo então ministro do Trabalho, Carlos Lupi, ao Maranhão.

As declarações de Lago criaram insatisfação, principalmente de Rocha, que em discurso na Câmara dos Deputados chegou a declarar que o filho de Jackson Lago perdeu a oportunidade de ficar calado, já que não têm qualquer história no PDT.

Mesmo com a crise interna, segundo Igor Lago, o agora ex-ministro do Trabalho fechou compromisso em encontro do PDT em Fortaleza de manter por mais seis meses a comissão provisória no Maranhão para somente depois convocar uma convenção para eleger a nova executiva estadual.

No entanto, as reuniões do partido no Maranhão têm demonstrado que as conversas caminham para outro rumo. Weverton Rocha e Julião Amin querem eleger uma nova comissão provisória que não terá mais o filho de Jackson Lago no comando. Tanto Rocha quanto Amin têm o apoio do vereador Ivaldo Rodrigues e de secretários municipais da administração do prefeito Castelo, como Clodomir Paz e Júlio França.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários