Poder

PF faz operação contra desvio de verbas do Dnit no Maranhão

A Polícia Federal, com o apoio do Ministério Público Federal e da Controladoria-Geral da União, desencadeou nesta sexta-feira (25) a Operação Anjos do Asfalto, que investiga o desvio de verbas públicas federais no Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) em Rondônia e no Acre.

Ao todo, devem ser cumpridos 27 mandados de busca e apreensão, expedidos pela Justiça Federal, em sete estados: Minas Gerais, Rondônia, São Paulo, Rio de Janeiro, Maranhão, Piauí, Acre, e também no Distrito Federal. A operação mobiliza mais de 160 policiais federais e 20 analistas da Controladoria-Geral da União.

Além dos mandados de busca e apreensão, a Justiça Federal determinou o imediato afastamento do cargo de cinco agentes públicos que deveriam fiscalizar e acompanhar a execução da obra de pavimentação asfáltica da BR-429, que liga o município de Presidente Médici à Costa Marques, em Rondônia. Os nomes não foram divulgados.

A Polícia Federal estima que os recursos públicos federais desviados ultrapassem a cifra de R$ 30 milhões. Segundo a investigação, que durou sete meses, há indícios de que a empresa executora da obra utilizou material de baixa qualidade e não tem executado serviços nos termos do contrato, descumprindo o projeto.

Do GI


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários