Poder

Após decretada a prisão, vereador de Paço do Lumiar vira fugitivo

Vereador de Paço do LumiarFoi decretada pela justiça a prisão do vereador de Paço do Lumiar, Júnior Mojó e do corretor de imóveis Elias Orlando Nunes Filho.

Tanto o empresário quanto o vereador do município de Paço do Lumiar são fortes suspeitos de ser o mandante do crime do empresário Marggion Lanyere Ferreira Andrade no dia, 14, de outubro no Araçagi.

Segundo informações, os criminosos contrataram Alex Nascimento de Sousa para executar o empresário motivado por disputa de um terreno que havia sido adquirido por Marggion há dez anos depois vendido.

O corretor de imóveis Elias Orlando Nunes Filho e o vereador de Paço do Lumiar, Júnior Mojó foram indiciados por homicídio qualificado, ocultação de cadáver, falsidade ideológica e estelionato.

Disque Denúncia no 3223 5800 para quem mora na capital e no 0300 313 5800 para quem mora no interior do Estado.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários