Poder

Raimundo Monteiro é motivo de reclamações no PT de Barra do Corda

Raimundo Monteiro

Raimundo Monteiro

O presidente do PT barra-cordense, Cloves Pessoa, em documento assinado por mais sete membros da alta cúpula do partido, está reclamando do presidente do PT estadual, Raimundo Monteiro, no qual classifica-o de práticas “autoritárias e antidemocráticas”.

Segundo o documento, o diretório barra-cordense do PT, desde que assumiu em 2009, nunca foi recebido pelo presidente Monteiro, que prefere despachar com o atual secretário de Formação, Paulo Lima, o qual o documento afirma que é “amigo” da família Teles, em que é acusada de está envolvida num “grande esquema de desvios de recursos públicos que, segundo a Polícia Federal, resultou no roubo de mais de R$ 50.000.000,00 (cinqüenta milhões de reais).

O documento acrescenta que o presidente Monteiro num “ato vergonhosamente autoritário e antidemocrático cancelou a nossa senha [que possibilita ao partido filiar membros] “e pediu a emissão de outra em seu próprio nome.”

Tudo isso, segundo o documento, foi feito para que “Aurean Barbalho, cunhado de Pedro Teles, um dos filhos do atual prefeito,” fosse filiado ao partido sem que o diretório barra-cordense nada soubesse.

O documento ainda diz que essa prática do presidente Monteiro, no qual observa que são “fatos lamentáveis”, infringiu o Código de Ética do partido e solicita providências.

Turma da Barra


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários