Poder

Michael Jackson pode ter causado a própria morte

Em seu quarto dia de depoimento, o especialista mundial em anestesiologia Steven Shafer disse que é possível que Michael Jackson tenha dado a si mesmo a dose de propofol que o matou, informou o jornal “Los Angeles Times”.

Michael Jackson

Michael Jackson

Interrogado por advogados de defesa do médico Conrad Murray, que é acusado de homicídio culposo do cantor, Shafer afirmou que era possível que o cantor tenha removido um gancho na bolsa intravenosa que continha o poderoso anestésico quando estava sozinho.

Reafirmou, no entanto, que isso não tirava a culpa de Murray no episódio. Segundo Shafer, o médico não poderia deixar o paciente sozinho com aquele tipo de remédio.

O nível de propofol nas veias de Jackson após sua morte eram muito altos, afirmou Shafer, mas é impossível saber quem administrou a droga.

( Com Informações da Folha.com )


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários