Poder

Prefeita de Timon arrocha o marido durante entrega do “Minha Casa, Minha Vida”

Socorro Waquim e Sétimo arrocharam durante entrega das casas

Socorro Waquim e Sétimo arrocharam durante entrega das casas

A prefeita de Timon, Socorro Waquim (PMDB), e seu esposo o deputado federal Sétimo Waquim (PMDB) mostraram ser frequentadores assíduos da choperia Marcelo.

Durante a realização de entrega das casas do Programa Habitacional do Governo Federal, “Minha Casa, Minha Vida”, terça-feira, 13, promovido em Timon, Socorro Waquim deu um show de coreografia na presença de diversas pessoas ao dançar com o marido, o deputado federal e seresteiro Sétimo Waquim a música do “Arrocha”.

O casal de dançarinos em total fora de forma chamou atenção dos políticos que estiveram presente no evento: Edilázio Júnior (PV), o Vice-Prefeito, Edivar Ribeiro, o presidente da Câmara de Vereadores, sobrinho e candidato a prefeito, Thales Waquim.

Neste mesmo evento, a prefeita aproveitou a oportunidade para se auto promover com verba pública.

Na solenidade de entrega das casas dos contemplados, simplesmente a prefeita dependurou nas chaves, um chaveiro com sua foto, se promovendo de forma ilegal por Lei. Veja abaixo a imagem:

O chaveiro propaganda (extraída do Portal Hoje)

O chaveiro propaganda (extraída do Portal Hoje)


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

5 comentários em “Prefeita de Timon arrocha o marido durante entrega do “Minha Casa, Minha Vida””

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. Flávio Anders

    Você está agindo de ma fé, nesse momento estava tocando uma banda ao vivo no palanque e todos estavam fazendo o mesmo não havia nada de mais você está precisando do calor de uma mulher colega

  2. Flávio Anders

    Se bem que sua foto no blog já diz o seu perfil

  3. Flávio Anders

    Acho que você não está lá publicou isso as escuras blogueiro que publica disse me disse kkk

  4. Frankle Rafael

    Não há nada de imoral a prefeita dançar com seu esposo. Qual é a ilegalidade nisso, Neto Ferreirâ? A prefeita não precisa utilizar verbas publicas pra se promover, pois o trabalho que ela vem realizado em Timon já a promove muito bem. Deixa a mulher trabalhar.

    Resposta: Com certeza,em nenhum momento eu tentei denigrir a imagem da prefeita. e pra mim não vejo nenhuma imoralidade.
    e ela pode trabalhar a vontade,não tenho nada haver com isto,agora já a questão do chaveiro já não é comigo

  5. Sara

    o que ela está fazendo pela cidade mesmo não tem saúde só buraco e lixo.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários