Poder

Professores paralisam em defesa do piso salarial

Hoje em todo país professores paralisaram suas atividades na defesa da Lei do Piso. Sancionada em 2008, a lei garante que nenhum professor deveria ganhar menos que R$ 950,00, valor que foi corrigido para R$ 1.187 em 2011. Alguns governadores questionaram a constitucionalidade da lei, alegando ser um valor muito alto para início de carreira.

Paralisação geral da classe dos professores

Paralisação geral da classe dos professores

Além disso, vários gestores quiseram manipular esse entendimento colocando o valor do piso incluindo as gratificações. Porém no entendimento do STF, esse valor refere-se ao vencimento básico sem acréscimos.

No Maranhão, a ex-secretária Olga Simão na dizia que só iria cumprir a lei do Piso após a divulgação do acórdão pelo STF.

Há vários anos existe uma luta pela aprovação do estatuto do educador, um conjunto de artigos que visa melhorar a qualidade da educação atingindo alunos, professores, gestores escolares e a comunidade.

Percebe-se a falta de vontade em melhorar a educação no Maranhão, onde os investimentos são mínimos e a falta de estrutura física e humana ainda é patente, gerando descontentamento dos professores e de alunos.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Um comentário em “Professores paralisam em defesa do piso salarial”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. juarez couto

    por isso a educação maranhense é uma lástima!!! pois o salário do profissional é uma merdaaa

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários