Poder

Casos de Covid-19 chegam a 71 no Maranhão

Subiu para 71 o número de casos confirmados do novo coronavírus no Maranhão, segundo último boletim divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde (SES). Apenas um óbito pela doença foi registrada até o momento.

Ao todo, foram 19 novos casos nas últimas 24 horas. Atualmente, a SES monitora 774 casos suspeitos. Outros 1413 casos suspeitos foram descartados e 12 pessoas foram curadas da doença.

Na manhã desta quarta (1º), o governador Flávio Dino (PCdoB) chamou atenção para as medidas preventivas tomadas no estado e já previa o crescimento de casos.

“Estamos enfrentando um inimigo grave e real: o coronavírus. Próximo boletim da Secretaria de Saúde vai registrar crescimento de casos. Reforço o apelo por medidas preventivas. Dependemos da consciência e engajamento de todos para evitar mortes e sofrimentos”, publicou em uma rede social.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Dino critica novo ataque de Bolsonaro a governadores

Depois de baixar o tom do pronunciamento de ontem em cadeia de rádio e televisão, Jair Bolsonaro já voltou a disparar contra governadores e prefeitos usando, como de hábito, suas redes sociais. E o governador do Maranhão, Flávio Dino, reagiu irritado com o novo ataques, menos de 12 horas depois de o presidente ter proposto um “pacto” no combate ao coronavírus.

“Bolsonaro ontem falou em “pacto”. Mas hoje começa o dia atribuindo a governadores problemas econômicos cujas soluções dependem do governo federal. O que mais faz falta? Seriedade ou competência?”, cricou Dino.

“Se Bolsonaro quer mesmo “pacto”, o que sinceramente desejo, duas providências são fundamentais:

1) deixar que ministério da Saúde coordene ação unificada nacional contra o coronavírus, com critérios técnicos.

2) mandar pagar imediatamente a Renda Básica, sem inventar obstáculos”, escreveu o governador nas suas contas nas redes sociais.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Cliente detona concessionária da Land Rover em São Luís

O empresário Antônio Rodrigues Neto denunciou a concessionária autorizada WAY Veículos -Jaguar Land Rover, após ter prejuízos com o carro. A loja faz parte do grupo Parvi.

Segundo o vídeo enviado ao Blog do Neto Ferreira, o cliente levou o veículo para a oficina autorizada da loja, que fica na Avenida dos Holandeses, em São Luís, para que fosse feita uma revisão, mas após os reparos, o carro foi entregue ao proprietário que detectou inúmeros problemas.

“O carro passou mais ou menos uma semana na concessionária Land Rover, em São Luís, na WAY, não serve de p**** nenhuma, é a pior concessionária de carro que já teve na história. Você manda o carro para revisão e nada eles fazem”, revoltou-se o denunciante.

Em outro trecho da gravação, o empresário disse que foi feita uma atualização no sistema do carro, os problemas não foram resolvidos, mas sim pioraram. “Tá aqui, o carro vieram deixar, disseram que foi feito uma atualização, toda vez eles dizem que no carro foi feita uma atualização, ‘ahh atualizou, que agora ta certo’. Beleza, está aqui o carro do jeito que deixaram, eles que vieram deixar, na mesma posição, não funciona, não liga no alarme, não trava, não destrava, vamos colocar o carro para funcionar, o carro nem sinal, nem liga para nada, nem o som liga”

Em razão dos danos causados, ele fez um alerta pedindo para que as pessoas não comprem carros da marca Land Rover na concessionária. “É a concessionária de m**** de São Luís, o pior pessoal de oficina que tem, não comprem Land Rover, se comprar mandem consertar , em outra concessionária autorizada, porque a da aqui de São Luís, a WAY, não serve para nada”.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Prefeito de Pedreiras é proibido de usar dinheiro público para aniversário da cidade

O juiz Marco Adriano Ramos Fonsêca, da 1ª Vara de Pedreiras, aceitou – parcialmente – pedido da Defensoria Pública e proibiu o Município de Pedreiras de realizar despesas com o aniversário da cidade (27 de abril), destinando os R$ 788.000,00 previstos na Lei Orçamentária Anual para a festa como reserva de contingência durante o estado de calamidade pública diante da pandemia de coronavírus e enchente do Rio Mearim.

Com a decisão, o juiz atendeu, parcialmente, ao pedido de tutela de urgência feito pela DPE para que determinasse aos municípios de Pedreiras e Trizidela do Vale a adoção de medidas emergenciais para que todas as famílias desabrigadas em razão das cheias do Rio Mearim fossem imediatamente removidas das escolas e prédios públicos onde se encontram e fosse feito o pagamento mensal, para cada família, de R$ 500,00, a título de benefício assistencial de “aluguel social”, até o fim da enchente e da pandemia do COVID-19.

De outro lado, o juiz negou pedido de concessão de aluguel social para 150 famílias desabrigadas pela enchente, que já atingiu um total 2.270 famílias nos municípios de Pedreiras e Trizidela do Vale, envolvendo 7878 moradores, e o pedido de remoção de pessoas dos abrigos mantidos pelos dois municípios requeridos na ação.

DETERMINAÇÕES – Conforme a decisão, o Município de Pedreiras fica proibido de usar recursos do erário municipal ou oriundos de transferências voluntárias para aplicação na programação cultural prevista para as comemorações alusivas ao aniversário da cidade, estimados em R$ 788.000,00, na LDO. Deve ainda informar, no prazo de cinco dias, a origem de tais recursos, e caso já tenham sido aportados ao erário, no mesmo prazo, deverão ser depositados em conta bancária destinada exclusivamente à Reserva de Contingência.

Fica determinada, ainda, a suspensão da realização de eventos patrocinados com recursos do erário municipal alusivos ao aniversário da cidade de Pedreiras enquanto vigorar o estado de calamidade estadual e/ou municipal, decorrentes das enchentes do Rio Mearim ou da Pandemia do COVID-19, proibindo-se a realização de eventos culturais com aglomeração ou concentração de pessoas em equipamentos públicos ou de uso coletivo.

Na análise dos requisitos legais para a concessão da tutela de urgência, o juiz admitiu que os documentos acostados aos autos demonstram a verdade nas alegações da DPE, quanto à existência de expressivo número de pessoas desabrigadas alojadas em prédios públicos e particulares e da situação de calamidade pública em razão da pandemia causada pelo coronavírus.

Mas considerou que as providências para o enfrentamento da situação já estão sendo adotadas pelas autoridades públicas estaduais e municipais, por meio do Decreto Estadual n. 35.672/2020 que trata da situação de calamidade no Maranhão, em decorrência da pandemia da COVID-19, e dos decretos municipais de Pedrerias e Trizidela do Vale que estabelecem medidas de restrição por decorrência das enchentes, para resguardar a saúde da coletividade.

O juiz entendeu que neste momento, a intervenção judicial para a destinação de recursos, em caráter liminar, a título de aluguel social, não é adequada, tendo em vista que os esforços dos municípios estão sendo direcionados para o cumprimento das orientações das autoridades sanitárias nacionais e estaduais e que o estabelecimento de específica destinação pode comprometer o cumprimento do mínimo já programado para as próprias ações preventivas.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Bandidos são presos por sequestro de empresário no Maiobão

A Polícia Civil do Maranhão, na tarde de ontem (31), realizou a prisão em flagrante de 3 indivíduos que participaram do sequestro de empresário, no bairro Maiobão.

Foram conduzidos à SEIC 02 homens de 24 e 26 anos de idade, além de 01 mulher de 20 anos de idade.

O crime teve início na manhã da última segunda-feira (29), quando 4 indivíduos chegaram à casa da vítima, passando-se por policiais, inclusive vestindo coletes com identificação, informando que estavam naquele local para levar a vítima até um distrito policial, onde iria prestar depoimento.

Os autores utilizaram um veículo Renault/Sandero, cor branca, sem qualquer identificação de viatura policial. Já com a vítima dentro do veículo anunciaram que se tratava de um sequestro e que iriam entrar em contato com a família para exigir o pagamento do resgate.

As negociações duraram até o fim da manhã de ontem (31), quando a vítima foi liberada. Ainda na tarde deste mesmo dia foi possível realizar a prisão de parte dos envolvidos. A prisão ocorreu no bairro Cidade Olímpica, na residência que foi utilizada como cativeiro. As investigações terão continuidade para identificar outros envolvidos . Após os procedimentos de praxe os investigados foram encaminhados à unidade prisional, onde aguardarão à disposição do Poder Judiciário.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Flávio Dino é acionado por desvio de verbas do fundo do idoso para combater a Covid-19

O Ministério Público, por meio das 16ª e 17ª Promotorias de Justiça Especializadas, entrou com uma Ação Civil Pública questionando a realocação de R$ 400 mil do Fundo Estadual do Idoso para o Fundo Estadual da Saúde feita por determinação do governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB) com o objetivo de combater o novo coronavírus (Covid-19).

O remanejamento do recurso foi realizado apoiado no Decreto de Calamidade Pública publicado há duas semanas por Dino.

A Ação foi assinada pelos promotores de Justiça José Augusto Cutrim Gomes e Eliane da Costa Ribeiro Azor.

Para o Parquet, o governador deveria utilizar, primeiramente os recursos do Estado, a exemplo os destinados à propaganda do Governo, cujo valor orçado para este ano é de 50 milhões, e as verbas destinadas pelo presidente Jair Bolsonaro, por meio do Ministério da Saúde, que chegam a aproximadamente R$ 35 milhões para a prevenção e combate do vírus. E, após constatado a insuficiência desses recursos, utilizar os do Fundo Estadual do Idoso.

Além das verbas da saúde, há quase 1 bilhão de reais, havendo a possibilidade de parlamentares direcionarem emendas individuais e de bancadas destinadas inicialmente à saúde, no total aproximado de R$ 8 bilhões, para as ações de combate ao coronavírus, de acordo com os promotores.

Em meio aos fatos, os promotores ressaltam que o Decreto não é uma carta branca que pode se sobrepor a Constituição Federal. “O Decreto de Calamidade Pública, não é uma “Carta Branca” que pode se sobrepor a Constituição Federal, na qual o Gestor Público tem total poder, autoridade e liberdade para fazer o que quiser ou achar melhor, sem ser submetido aos órgãos de controle e contrários aos princípios constitucionais explícitos e implícitos da administração pública: LEGALIDADE, MORALIDADE, PUBLICIDADE, EFICIÊNCIA, INTERESSE PÚBLICO, FINALIDADE, IGUALDADE, BOA-FÉ, MOTIVAÇÃO, RAZOABILIDADE E PROPORCIONALIDADE.”

Acesse aqui o documento


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Promotoria instaurou inquérito civil para apurar ilegalidades em contratações na Emserh

O promotor da 35ª Promotoria de Justiça Especializada de São Luís, Nacor Paulo Pereira dos Santos, instaurou um inquérito civil para apurar ilegalidades em contratações realizadas pela Empresa Maranhense de Serviços Hospitalares (Emserh), presidida por Marcos Antônio da Silva Grande.

Segundo a petição obtida pelo Blog do Neto Ferreira, a investigação foi aberta após sete denúncias sigilosas informarem que a Emserh estava realizando seletivos simplificados para contratar servidores mesmo após ter celebrado concurso público, que está vigente até maio de 2020, pois o seu resultado final foi homologado em maio de 2018.

De acordo com o promotor, as vagas oferecidas no seletivo promovido pela Empresa Maranhense são compatíveis com os cargos ofertados no certame, como os de analista administrativo, analista jurídico e farmacêutico.

Além disso, o Parquet afirmou que a EMSERH possui dezessete advogados contratados, sendo que nunca convocaram os dois aprovados do concurso público para provimento de cargo efetivo.

Outro ponto destacado por Nacor Santos é que a Emserh já convocou candidatos aprovados, no entanto faltam 140 para serem chamados para ocupar o cargo aprovado e restam apenas 2 meses para o concurso expirar.

Em razão disso, o MP ingressou com uma Ação Civil na Justiça contra a Emserh pedindo que os aprovados sejam convocados, a exoneração dos servidores contratados precariamente. Além disso, requer que a Emserh seja proibida de realizar processos simplificados e novas contratações de cargos em comissão não referentes a cargos de chefia, direção e assessoramento, devendo priorizar os candidatos aprovados no concurso ainda válido.

Em caso de descumprimento da tutela de urgência, solicita multa diária de R$ 10 mil.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Cientistas chineses anunciam descoberta contra Covid-19

Da Agência Brasil

Um grupo de cientistas chineses isolou vários anticorpos que considera “extremamente eficientes” para impedir a capacidade do novo coronavírus de entrar nas células, o que pode ser útil tanto para tratar quanto para prevenir a covid-19.

Atualmente, não existe tratamento comprovadamente eficaz para a doença, que surgiu na China e está se proliferando pelo mundo na forma de uma pandemia que já infectou mais de 850 mil pessoas e matou 42 mil.

Zhang Linqi, da Universidade Tsinghua, de Pequim, disse que um remédio feito com anticorpos como os que sua equipe descobriu poderia ser usado de forma mais eficaz do que as abordagens atuais, incluindo o que ele chamou de tratamentos “limítrofes”, como o plasma. O plasma contém anticorpos, mas é limitado pelo tipo de sangue.

No início de janeiro, a equipe de Zhang e um grupo do 3º Hospital Popular de Shenzhen começaram a analisar anticorpos do sangue colhido de pacientes recuperados da covid-19, isolando 206 anticorpos monoclonais que mostraram o que ele descreveu como uma capacidade “forte” de se ligar às proteínas do vírus.

Depois eles realizaram outro teste para ver se conseguiam de fato impedir que o vírus entrasse nas células, disse ele em entrevista à Reuters.

Entre os cerca de 20 anticorpos testados, quatro conseguiram bloquear a entrada viral, e desses dois foram “imensamente bons” para fazê-lo, disse Zhang.

Agora a equipe se dedica a identificar os anticorpos mais poderosos e possivelmente combiná-los para mitigar o risco de o novo coronavírus sofrer uma mutação.

Se tudo der certo, desenvolvedores interessados poderiam produzi-los em massa para testes, primeiro em animais e futuramente em humanos.

O grupo fez uma parceria com uma empresa de biotecnologia sino-norte-americana, a Brii Biosciences, na tentativa de “apresentar diversos candidatos para uma intervenção profilática e terapêutica”, de acordo com um comunicado da Brii.

“A importância dos anticorpos foi provada no mundo da medicina há décadas”, afirmou Zhang. “Eles podem ser usados para o tratamento de câncer, doenças autoimunes e doenças infecciosas”.

Os anticorpos não são uma vacina, mas existe a possibilidade de aplicá-los em pessoas do grupo de risco, com o objetivo de impedir que contraiam a covid-19.

Normalmente não transcorrem menos de dois anos para um remédio sequer obter aprovação para uso em pacientes, mas a pandemia de covid-19 acelera os processos, disse ele, e etapas que antes seriam realizadas sequencialmente agora estão sendo feitas em paralelo.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Flávio Dino diz que casos de Covid-19 subiram para 62 no Maranhão

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), informou agora a pouco o aumento de 52 para 62 casos de pessoas infectadas com o novo coronavírus.

A informação foi publicada nas contas das redes sociais de Dino.

“Há poucos dias, tínhamos 31 casos. Neste momento, 10h26, temos 62 confirmados e ainda receberemos mais resultados de exames. Daí a ênfase na prevenção. E seguimos ampliando leitos com a máxima velocidade”.

A atualização ainda não consta no boletim de monitoramento do site da Secretaria Estadual de Saúde.

Até ontem (31), a SES tinha informado que eram 52 casos confirmados do novo coronavírus no Maranhão. De acordo com o órgão, a contagem dos casos confirmados leva em consideração a primeira morte pela Covid-19 no estado, segundo a metodologia do Ministério da Saúde.

Na terça-feira (31) foram registrados 21 novos casos confirmados de Covid-19 e todos os pacientes estão em São Luís. Dos novos casos, um paciente está em internado em estado grave em um hospital da rede privada da capital maranhense. Os outros casos estão em isolamento domiciliar.

Segundo a SES, 31 pacientes com Covid-19 continuam sendo monitorados por equipes do Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde (CIEVS). Dos casos, três estão internados em um hospital particular da capital e dois em um da rede estadual de saúde.

A secretaria informou que seis casos confirmados receberam alta da quarentena, de acordo com orientações do Ministério da Saúde, após terem passado 14 dias em isolamento domiciliar, contando a partir da data de início dos sintomas e seguem assintomáticos.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Sargento da PM é baleado durante tentativa de assalto no Maiobão

Um policial militar foi baleado durante uma tentativa de assalto na noite dessa terça-feira (31), na avenida Sete, no Maiobão, em Paço do Lumiar, na região metropolitana de São Luís.

Segundo informações do coronel Aritanã, do Comando de Policiamento de Área Metropolitana Dois (Cpam II), o sargento Airton, que estava de moto e à paisana, chegou a efetuar disparos contra os criminosos, atingindo um bandido.

Baleado no braço, o sargento foi socorrido em um hospital público e passou por procedimento cirúrgico. A polícia já identificou um dos criminosos e faz buscas.

Do Imirante.com


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.