Poder

Estelionatário é preso após aplicar golpes em alunos de faculdade em São Luís

Raphael Kennerson de Oliveira Silva foi preso acusado de aplicar golpes em alunos oferencendo descontos em mensalidades de uma faculdade de São Luís.

Segundo informações policiais, o acusado é integrante de uma quadrilha de estelionatários, que se passavam por responsáveis pelo setor financeiro de uma determinada Faculdade de Ensino Superior desta cidade, oferecendo descontos nas mensalidades dos alunos, que depositavam e transferiam valores para o referido bando.

O bando chegou a criar um perfil no Instagram oferecendo esses serviços de descontos e abonação de mensalidades, assim como também criaram até um site falso como se fosse de fato da Faculdade em questão.

As investigações contra essa quadrilha continuam a fim de identificar e localizar os demais compassas de Raphael.

O estelionatário foi encaminhado para a sede da Superintendência Estadual de Investigações Criminais, em seguida foi recambiado para o Complexo Penitenciário de Pedrinha , onde ficará à disposição da Justiça.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Agência bancária de Santa Luzia é alvo de criminosos

A agência do Banco do Brasil de Santa Luzia foi atacada na madrugada desta terça-feira (3) por um bando criminoso ainda não identificado. O prédio ficou completamente destruído. Não há ainda informações de feridos. Segundo a polícia, nenhum valor foi levado pelos criminosos.

De acordo com as primeiras informações, os assaltantes fugiram em direção ao município de Buriticupu. Na fuga, eles tomaram como reféns alguns moradores, que foram liberados mais à frente. Os policiais disseram que um carro foi encontrado queimado às margens da BR-222 e é provável que tenha sido um veículo utilizado pelos bandidos na invasão a Santa Luzia.

Segundo testemunhas, o grupo era formado por cerca de 15 homens fortemente armados, que deixaram armadilhas espalhadas pela BR-222 para dificultar a ação policial e muitas pessoas acabaram com pneus furados por conta disso.

Logo após o ataque, moradores da cidade foram ao local, entraram na agência destruída e reviraram os destroços. Muitos com celulares nas mãos fizeram imagens que confirmaram a violência da ação. Nas imagens, não é possível ver nenhum policial entre as pessoas que estão no local do crime.

Os bandidos disparam tiros para intimidação e marcas dos disparos ficaram espalhados pela cidade. O assalto começou por volta de 1h30. O primeiro reforço policial chegou de Santa Inês. Depois, mais agentes foram deslocados para a região, mas ninguém foi preso até o momento.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Ex-prefeita de Serrano é condenada por negar publicidade a documentos

O Poder Judiciário da Comarca de Cururupu condenou a ex-prefeita de Serrano do Maranhão, Maria Donária Moura Rodrigues, por improbidade administrativa. A sentença, assinada pelo juiz titular da comarca, Douglas Lima da Guia, determina à ex-gestora o pagamento de R$ 50 mil reais pelos danos morais coletivos causados à sociedade serranense; multa civil no valor de 10 vezes o salário recebido à época de seu mandato, referente ao mês de novembro de 2016; e suspensão dos direitos políticos pelo período de cinco anos.

Consta na ação, ajuizada pelo Ministério Público, que Maria Donária Rodrigues, enquanto prefeitura de Serrano, deixou de cumprir com as obrigações referentes ao processo de transição municipal, como determina a Constituição do Estado do Maranhão, em seu artigo 156.

Notificada, a ex-gestora alegou ausência de ato de improbidade por ausência de ação ou omissão com objetivo de burlar a legislação.

Na análise do caso, o magistrado inicia definindo o conceito “improbidade”, que seria bem mais amplo que “ato lesivo ou ilegal”. “É o contrário de probidade, que significa qualidade de probo, integridade de caráter, honradez. Logo, improbidade é o mesmo que desonestidade, falta de probidade”, frisa.

Adiante cita princípios norteadores da administração pública, como a legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência, para adentrar ao mérito do caso. “Deste modo, ao ignorar as determinações da Constituição Estadual, mesmo tendo sido notificada extrajudicialmente para tal ato, a ré deixou de praticar, indevidamente, ato de ofício, bem como negou publicidade a atos oficiais, não apresentando nenhuma justificativa para o não cumprimento do dispositivo legal”, aponta na sentença o julgador.

Para o juiz, o elemento subjetivo restou comprovado no processo, uma vez que a ex-prefeita, mesmo sabendo de sua obrigação de atender a lei, não o fez, assumido tal risco com a prática de ato omissivo.

A sentença do Poder Judiciário de Cururupu traz um apanhado sobre o que consiste o Dano Moral Coletivo, e cita o professor Alberto Bittar Filho “consiste na injusta lesão da esfera moral de uma dada comunidade”.

Para o magistrado, a conduta da ex-gestora atinge os valores fundamentais da sociedade, quais sejam, a moralidade e a transparência na gestão administrativa, tendo a população, direito à transparência na gestão pública e o emprego adequado de verbas públicas, com a devidamente fiscalização e a transição sadia e proba entre as diferentes gestões. “Sendo desnecessária a demonstração de que a coletividade sinta a dor, a repulsa, a indignação, tal qual fosse um indivíduo isolado”, finaliza.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Professor de música é preso por estupro de crianças em Vila Nova dos Martírios

O professor de música, Elias Carlos de Oliveira, foi preso acusado de estuprar seus alunos em Vila Nova dos Martírios.

Segundo informações, Eliasé professor de música em uma das escolas municipais de Vila Nova dos Martírios e estava utilizando de sua função para cometer abusos sexuais em desfavor de diversos alunos/alunas.

No dia 12 de novembro, a Delegacia Regional de Açailândia recebeu denúncias acerca dos abusos e, de imediato instaurou inquérito policial para apuração dos fatos.

Após diversas oitivas, a autoridade policial representou pela prisão temporária do abusador, sendo dado imediato cumprimento. Após o cumprimento do mandado de prisão, o preso foi encaminhado para a UPR de Açailândia e está a disposição da justiça.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Policiais são presos acusados de envolvimento em roubo de carga no MA

Uma operação deflagrada pelas Polícias Civil e Militar cumpre nesta segunda-feira (2) mandados de busca e apreensão e de prisão contra 16 pessoas, entre eles, policiais militares e civis suspeitos de corrupção. O comandante geral da Polícia Militar, coronel Lindomar Castilho, informou que dos investigados, 13 são militares e até agora nove foram presos e quatros ainda estão sendo localizados.

A ação teve como objetivo desarticular a organização criminosa composta por policiais. Sete armas apreendidas, entre elas duas carabinas de pressão 5.5, pistola Beretta 7.65, revolveres calibre .38 e .12. Além de policiais civis e militares também há outros suspeitos.

Além do Grupo de Repressão ao Crime Organizado (Greco), que comanda o inquérito, participaram das diligências, outras unidades especializadas da Polícia Civil e da Polícia Militar e do serviço reservado PM.

A operação faz parte do desdobramento das prisões realizadas envolvendo roubo de cargas e pistolagem.

O secretário de Segurança Pública, Fábio Abreu, informou que os policiais civis e militares são suspeitos de roubo de carga, pistolagem e ajudar traficantes em boca de fumo.

A investigação teve início durante o roubo de carga no Maranhão que aconteceu este ano.

“A principal atuação é o roubo de carga de cigarros. Eles não registravam os roubos e vendiam a mercadoria. Todos os policiais são de Teresina, apenas um deles, que é um policial carioca que foi preso suspeito de roubar R$ 300 mil do assalto ao Banco do Nordeste e é considerado o líder da quadrilha”.

De acordo com o comandante Lindomar Castilho, todos os supostos envolvidos seriam praças e atuam em unidades da capital.

“A Corregedoria está acompanhando tudo. São 13 prisões decretadas de militares e quatro ainda não foram localizados até agora, mas serão. Para nós da PM é uma situação triste, porque a PM não forma policial para ser bandido e sim para defender o povo. O juramento é no sentido de colocar até sua vida em defesa da segurança e estão ferindo de morte o compromisso que tinham com a população. Então o que nos resta agora é apurar com rigor que a lei estabelece”, afirmou o coronel Lindomar Castilho.

Do site Cidade Verde


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Grave acidente deixa dois mortos na BR-135, em Bacabeira

Um grave acidente entre uma caminhonete e uma motocileta deixou dois mortos na BR-135, em Bacabeira, na segunda-feira (2).

De acordo com as primeiras informações policiais, por volta das 06h20 o condutor de uma caminhonete Toyota/Hilux prata, que se deslocava sentido interior / capital, teria tentado uma ultrapassagem e colidiu na motocicleta.

A informação ainda está sendo investigada pela equipe. Os ocupantes da moto viajavam de Rosário, sentido Santa Rita. As vítimas foram identificadas no local como sendo, o condutor Manoel de Jesus Sales Martins, de 35 anos, e Valmir Gomes da Silva, 72 anos.

A equipe PRF permanece no local do acidente. As vítimas caíram em local diferente, uma no acostamento e outra no centro da rodovia, sobre a faixa de divisão de fluxos, e vários destroços dos dois veículos se espalharam sobre a BR no local da colisão. O trânsito ficou engarrafado ou lento.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Núbia Dutra é acionada por irregularidades em contrato do lixo de R$ 18 mihões

Irregularidades em processo licitatório levaram o Ministério Público do Maranhão a ajuizar, em 14 de novembro, Ação Civil Pública (ACP) por ato de improbidade administrativa contra o secretário municipal de Mobilidade Urbana de Paço do Lumiar, Antonio de Pádua Nazareno; o secretário municipal de Infraestrutura, Walburg Ribeiro Gonçalves; e a ex-secretária de Administração e Finanças do município, Neusilene Núbia Feitosa Dutra.

Também foram acionados o motorista Adriano Marcos Targino de Macedo, a ex-funcionária do Município Ana Cláudia Ferreira da Silva, a ex-presidente da Comissão Permanente de Licitação de Paço do Lumiar, Priscila da Silva Sousa, e a empresa R.O Engenharia e Participações Eireli – EPP, além de seu representante legal, Hirã Rodrigues da Silva Filho.

A ACP foi baseada no Inquérito Civil nº 08/2018, instaurado para apurar eventuais irregularidades no processo licitatório para a contratação da empresa R.O Engenharia e Participações Eireli – EPP para prestação de serviços de gerenciamento de resíduos sólidos no Município de Paço do Lumiar. O contrato, firmado por meio da Secretaria Municipal de Administração e Finanças, teve valor global de R$ 18.828.005,96 milhões e vigência de 12 meses.

Para fazer a contratação, o Munícipio utilizou o processo de adesão à Ata de Registro de Preço (ARP) nº 021/2017, decorrente do Pregão Presencial nº 36/2017 da Prefeitura de Senador Canedo/GO, cujo objeto foi contratar a mesma empresa.

O processo de adesão à ARP foi analisado pela Assessoria Técnica da Procuradoria Geral de Justiça, que emitiu parecer técnico no qual foram apontadas várias irregularidades. Entre elas, foi verificado que, mesmo possuindo realidades completamente distintas, os contratos entre os Municípios e a empresa possuíam valor mensal de R$ 1.568.984,51.

Ainda a respeito dos valores contratados, observa-se um aumento exponencial e injustificado em relação ao contrato antecedente, firmado com a empresa Eco V Monitoramento Ambiental e Locação de Equipamentos Ltda, para prestação de semelhantes serviços em Paço do Lumiar.

O contrato com a Eco V Ambiental, celebrado em 30 de março de 2015, previa o valor global de R$ 5.090.611,15 e valor mensal de R$ 424.217,63. O terceiro aditivo ao contrato, de 8 de junho de 2017, compreendeu o período entre 29 de junho e 29 de dezembro de 2017 e teve valor global de R$ 2.545.305,78, que dividido por seis meses corresponde ao mesmo valor mensal do anterior contrato.

A diferença de valores entre o contrato com a Eco V, encerrado em 2017, e o contrato com a R.O Engenharia e Participações Eireli – EPP, iniciado em 2018, foi de R$ 13.737.394,45 em relação ao valor global e de R$ 1.144.077,00 referente ao valor mensal, sem qualquer justificativa plausível.

Núbia Dutra, secretária municipal Administração e Finanças à época dos fatos, foi responsável por autorizar processo de adesão à ARP, subscrever os termos de adesão e homologação, assinar o contrato com a empresa R.O Engenharia e Participações Eireli – EPP, subscrever as notas de empenho e de liquidação, além de ordenar o pagamento à empresa, figurando como ordenadora de despesas.

Antonio de Pádua Oliveira Nazareno, então secretário municipal de Infraestrutura, Urbanismo, Transporte e Trânsito, solicitou a contratação dos serviços, apresentando a ARP nº 21/2017, do Município de Senador Canedo/GO, além de chancelar projeto básico que serviu de base à adesão à ARP.

Walburg Ribeiro Gonçalves Neto, secretário municipal de Finanças, praticou ato de “fiscal do contrato”, sem deter tal competência, que culminou com o pagamento da empresa contratada, além de ter elaborado projeto básico, que consistiu em praticamente uma reprodução da planilha orçamentária de Senador Canedo/GO, que serviu de base para adesão à ARP pelo Município de Paço do Lumiar.

Priscila da Silva Sousa elaborou parecer técnico pela regularidade da contratação, com base em pesquisa de preço com suspeitas de fraude, além de dar impulso ao processo administrativo e subscrever o termo de adjudicação.

Ana Cláudia Ferreira da Silva, então chefe da divisão de compras do Município de Paço do Lumiar, foi responsável pela cotação de preços com indícios de irregularidades.

Adriano Marcos Targino de Macedo, na qualidade de fiscal do contrato, atestou as notas fiscais e a execução dos serviços, em que pesem os indícios de que alguns deles não foram prestados pela empresa contratada, dando abertura aos pagamentos.

A empresa R.O Engenharia e Participações Eireli-EPP e seu representante legal, Hirã Rodrigues da Silva Filho, teriam concorrido para a prática do ato de improbidade, figurando como beneficiários.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Ex-senador João Alberto anuncia que será candidato a vereador em Bacabal

O ex-senador do MDB, João Alberto Sousa, anunciou que será candidato a vereador em Bacabal nas eleições municipais de 2020.

O anúncio oficial foi feito durante o encontro de lideranças do partido realizado na Assembleia Legislativa nesta segunda-feira (2).

“Declaro publicamente que disputarei uma vaga de vereador em Bacabal”, afirmou João Alberto.

Alberto incentivou também que lideranças e ex-prefeitos do MDB concorram ao cargo de vereador e pediu que a ex-governadora Roseana Sarney aceite o desafio e seja candidata a prefeita de São Luís.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

“Não aprovo, nem desaprovo”, comentou Roseana Sarney sobre candidatura

Na manhã desta segunda-feira (2), a ex-governadora Roseana Sarney deixou em aberto a possibilidade da sua candidatura à Prefeitura de São Luís. O vídeo da entrevista foi publicado no Blog do John Cutrim.

Roseana que participa de um evento do MDB na Assembleia Legislativa do Maranhão, disse que não descarta a sua participação na disputa eleitoral da capital maranhense.

“Não descarto. Não aprovo, nem desaprovo. Vamos ver”, comentou.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Delegado detalha ação de criminosos que mataram taxista na Divineia

O delegado Felipe Freitas da Superintendência Estadual de Homicídios e Proteção a Pessoas (SHPP) detalhou como bandidos praticaram um crime bárbaro, no bairro da Divineia, que teve como vítima o taxista José Manoel Rebelo Sousa, de 61 anos.

O taxista foi morto a golpes de faca no pescoço após ter sido torturado. O corpo foi encontrado amarrado e enterrado em uma cova rasa no fundo de uma casa abandonada, perto de onde a vítima morava.

Inicialmente, a quadrilha pretendia tomar um táxi na Cohab, mas três deles acabaram mudando de ideia e foram até um posto de táxi do retorno do Olho-d’Água. De lá foram diretamente ao cativeiro, na travessa Argentina, na Divineia, onde a vítima foi torturada.

Os quatro suspeitos capturados prestaram depoimentos à polícia nesse domingo (1º). Os presos são Cosmo Antônio de Sousa e Sousa, de 21 anos, e Tiego Medeiros Silva, de 32. Os outros dois apreendidos são adolescentes.

Segundo o delegado, Cosme Antônio vai responder por latrocínio, ocultação de cadáver e associação criminosa qualificada e Tiego vai responder por participação na ocultação de cadáver. Outros dois suspeitos estão foragidos. Eles foram identificados como Vovozinha e Gabriel conhecido como “Piloto”. O veículo roubado pelos bandidos já foi localizado e apreendido.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.