Poder

Seccor faz buscas na Câmara de São José de Ribamar

Na manhã desta terça-feira (2), a Câmara de Vereadores de São José de Ribamar foi alvo de buscas realizadas pela Superintendência Estadual de Combate à Corrupção (Seccor).

A operação é fruto de uma investigação de supostas irregularidades cometidas pela Casa Legislativa, que tem como presidente o vereador Beto das Vilas.

Até o momento, não há informações do que foi apreendido na Casa Legislativa.

O Blog do Neto Ferreira está apurando a possível prisão de membros do Legislativo.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

TSE manda Bira do Pindaré devolver R$ 67 mil


O Tribunal Superior Eleitoral determinou que o deputado federal do PSB, Bira do Pindaré, devolva R$ 67,2 mil dos recursos do Fundo Especial de Financiamento de Campanha.

Também terão que devolver os deputados Hélio Soares e Zé Inácio os valores de R$ 42,4 mil e R$ 24, mil, respectivamente.

A devolução foi pedida pela Procuradoria Regional Eleitoral (PRE), por meio de Recurso Especial Eleitoral (RESPE).

A PRE conseguiu no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) a revisão de decisões do Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão (TRE-MA) sobre a prestação de contas de campanhas das eleições de 2018.

O TSE já desaprovou as contas, quando o TRE-MA teria aprovado com ressalvas.

De acordo com o Procurador Regional Eleitoral Juraci Guimarães Júnior, “temos conseguido ganhar no TSE as decisões do TRE-MA que não retratam a melhor solução para os casos submetidos a sua avaliação. Continuaremos vigilantes e interpondo os recursos quando se mostrar necessário para a correta aplicação da legislação eleitoral”, finalizou.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Grupo de hackers vaza em rede social dados pessoais de Bolsonaro, filhos e apoiadores

O grupo de hackers Anonymous Brasil vazou na noite desta segunda-feira (1º), criminosamente, numa rede social, supostos dados pessoais do presidente Jair Bolsonaro, seus filhos, ministros, empresário e politicos bolsonaristas.

O grupo Anonymous é um coletivo de hackers que atacam sites. Podem invadir e divulgar criminosamente arquivos na internet.

Os hackers vazaram supostos dados cadastrais, como endereços e telefones pessoais e de vários contatos de familiares e outros, além de informações sobre suposto patrimônio dos atingidos. A rede social apagou as postagens logo após o vazamento.

Entre as vitimas dos ataques do Anonymous estão o presidente, seus filhos Flávio, Eduardo e Carlos Bolsonaro, os ministros da Educação, Abraham Weintraub, a ministra da Mulher e Direitos Humanos, Damares Alves, o deputado estadual Douglas Garcia (PSL-SP) e o empresário Luciano Hang, apoiador do governo.

Douglas Garcia confirmou o vazamento de seus dados e acusou a ação criminosa dos hackers, em rede social. Ele disse que registrará boletim de ocorrência policial sobre a invasão.

Carlos Bolsonaro confirmou o vazamento de seu dados. Ele acusou, numa rede social, “a turma pró- democracia” pelo vazamento, sem apresentar provas.

Procurados, o Palácio do Planalto e o Ministério da Justiça ainda não se manifestaram.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

MPF quer transparência dos gastos das Prefeituras do Maranhão com a Covid-19

O Ministério Público Federal (MPF) no Maranhão, por meio da Procuradoria da República no Município de Balsas (PRM/Balsas), enviou recomendação aos 26 municípios que estão sob sua área de atribuição para que eles disponibilizem nos seus sites eletrônicos o plano de contingência municipal e todos os dados referentes às receitas e despesas empreendidas no combate à Covid-19.

A recomendação foi enviada às prefeituras dos municípios de Balsas, Alto Parnaíba, Barão de Grajaú, Benedito Leite, Carolina, Colinas, Feira Nova do Maranhão, Formosa da Serra Negra, Fortaleza dos Nogueiras, Grajaú, Jatobá, Loreto, Mirador, Nova Colinas, Nova Iorque, Paraibano, Pastos Bons, Riachão, Sambaíba, São Domingos do Azeitão, São Félix de Balsas, São João dos Patos, São Pedro dos Crentes, São Raimundo das Mangabeiras, Sucupira do Norte e Tasso Fragoso.

O objetivo da recomendação é dar transparência às contratações ou aquisições realizadas para o enfrentamento da emergência de saúde pública decorrente do novo coronavírus, previstas na Lei 13.979/2020, que determina disponibilização imediata de tais informações em site oficial específico na internet, bem como na Lei de Acesso à Informação nº 12.527/2011.

Além disso, o MPF considera que a possibilidade de dispensa de licitação, prevista na Lei 13.979/2020, deve ser aplicada somente à situações excepcionais e restrita à aquisição de bens e serviços voltados ao combate ao novo coronavírus, o que não exime o administrador de formalizar um processo administrativo, devidamente autuado e justificado, para que possa ser caracterizada a situação emergencial, assim como o prazo em que se dará a execução e a dotação.

De acordo com os documentos, todos os 26 municípios da área de atribuição da PRM de Balsas possuem um portal próprio de transparência referente à Covid-19. Entretanto, uma pesquisa, realizada entre os dias 21 e 26 de maio, constatou que não há um documento formal de plano de contingência na grande maioria deles, estando ausente, em regra, a alimentação de dados no sistema ou que não há informações suficientes.

Dessa forma, o MPF pede que seja incluído, em tempo real e de forma completa, nos sites eletrônicos dos municípios, dados referentes às receitas e despesas relacionadas aos recursos federais recebidos para o combate à pandemia da Covid-19, com o objetivo de proporcionar mais transparência aos atos administrativos.

Além disso, foi recomendado que seja incluída a apresentação de forma discriminada dos valores orçamentários recebidos e de execução de despesas, a exemplo de contratos administrativos de prestação e fornecimento de bens e serviços, dentre outros indicados.

O documento recomenda, ainda, que no site oficial de cada município devem constar informações detalhadas sobre os procedimentos administrativos e os fornecedores contratados.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Colisão entre caminhonete e carro deixa duas pessoas gravemente feridas na BR-135

Na noite de domingo, 31 de maio, no km 3 da BR-135, em frente ao Tibiri, em São Luís, um veículo de passeio que trafegava na contramão e tentou manobra de retorno provocou um grave acidente que deixou duas pessoas gravemente feridas. O condutor que tentava o retorno ficou preso nas ferragens, foi retirado e levado para o hospital. Há indícios de que ele estaria embriagado.

Um veículo Corsa Classic saiu do bairro Tibiri e se dirigiu na contramão pelo acostamento do sentido decrescente da rodovia até atingir a altura de um retorno. O condutor tentou fazer a manobra de retorno e não percebeu a aproximação de uma caminhonete Toyota Hilux, que colheu em cheio o Classic. O condutor e o passageiro do automóvel ficaram gravemente feridos e foram levados para o hospital. Não há informações de feridos na Hilux.

Equipes da PRF, do Bombeiro e populares retiraram o condutor das ferragens. Pela manhã, o acidente ainda trazia transtorno para quem passava pelo local.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Líderes de protestos contra a Covid-19 serão punidos, diz Prefeitura de Santa Helena

Líderes evangélicos de um protesto contra o novo coronavírus realizado na cidade de Santa Helena, região da baixada maranhense, deverão ser responsabilizados pelo ato.

No último domingo(31), um grupo de quase 500 pessoas caminhou pelas ruas da cidade causando aglomerações. A maioria estava sem máscaras e desobedecendo o distanciamento social, que são as principais medidas de prevenção no cnate da Covid-19.

Os líderes do protesto convocaram as pessoas a retirarem e queimarem máscaras.

Nesta segunda (1º), a Prefeitura de Santa Helena emitiu uma nota manifestando repúdio a cerca da “Passeata contra o novo coronavírus”, afirmando que o protesto é “um ato ofensivo à cidade e à população, que não passará impune”.

Leia, na íntegra, a nota da Prefeitura de Santa Helena:

A Prefeitura de Santa Helena vem a público manifestar repúdio a cerca da ‘Passeata contra o novo coronavírus’ realizada, neste domingo (31), nas ruas do município. O grupo, de aproximadamente 300 pessoas, veio de Turilândia até a nossa cidade, descumprindo as normativas do decreto municipal em vigor, que torna obrigatório, entre outras medidas, o uso de máscaras e o distanciamento social.

Um ato ofensivo à cidade e à população, que não passará impune. Reunimos todas as informações e já encaminhamos ao Ministério Público para apuração dos fatos e punição dos responsáveis. Vamos seguir agindo conforme as orientações da Organização Mundial de Saúde, para diminuir o contágio e proteger vidas.

Ratificando informação divulgada pela emissora, temos atualmente 517 casos confirmados para a Covid-19 em nosso município, o que reforça a necessidade de compreensão e contribuição ativa de todos para a desaceleração da curva de infecção.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Em sessão, vereadores de Timon se acusam de “ladrão” e “espancador de mulheres”

Uma sessão plenária remota realizada, na manhã desta segunda-feira (1°), pela Câmara de Vereadores de Timon virou uma confusão aflorada após dois parlamentares trocarem acusações e xingamentos.

O clima esquentou no momento em que o vereador Ramon Júnior estava falando sobre as ações da Prefeitura em relação ao combate da Covid-19 na cidade.

O vereador Zé Carlos o interrompeu chamando o político de mentiroso. “Aí mente, meu amigo. Tu tá mentindo demais, rapaz”.

E então, iniciou-se já série de acusações de ambas as partes.

“Presidente, eu queria que o vereador calasse a boca, pois ele é muito mal educado. Pois quando esse jumento estava falando, eu estava calado”, rebateu Ramon Júnior.

O político Zé Carlos continuou dizendo que o vereador estava faltando com a verdade.

Ramon Júnior respondeu: “Quando tu, canalha, estava falando, bandido, eu estava calado. Ladrão safado. Tu é ladrão”.

Zé Carlos imediatamente retrucou: você vai provar, vagabundo, cheirador de cocaína, espacandor de mulheres”.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Flávio Dino escolhe Eduardo Nicolau para comandar PGJ

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), escolheu o procurador de Justiça, Eduardo Jorge Hiluy Nicolau como novo procurador-geral de Justiça do Estado pelos próximos dois anos.

A escolha foi publicada e oficializada nesta segunda-feira (1°).

Eduardo Nicolau foi o segundo mais votado da lista tríplice composta por Márcio Thadeu Silva Marques e Tarcísio José Sousa Bonfim.

A votação ocorreu no dia 18 de maio na sede do Ministério Público, em São Luís.

O resultado foi encaminhado para o governador, que tinha um prazo de 15 dias para nomear o futuro chefe do MPMA.

Atualmente, o Ministério Públio é comandado por Luiz Gonzaga Martins Coelho.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Saúde & Vida ganhou contratos de R$ 25,4 milhões em Matões, Imperatriz e Mangabeiras

Localizada no bairro Vermelha, em Teresina (PI), a Distribuidora Saúde & Vida está fazendo fortuna no Maranhão.

O Blog do Neto Ferreira apurou que a empresa piauiense, dos sócios Thiago Gomes Duarte e Douglas Henrique da Silva Macedo, vem atuando em Prefeituras do interior do Estado desde o ano de 2016. De lá para cá, ela já movimentou mais de R$ 100 milhões em contratos públicos.

Em uma pesquisa no site do Tribunal de Contas do Estado (TCE-MA), a reportagem levantou que nas cidades de Matões, Imperatriz, São Bernardo, São Raimundo das Mangabeiras e São João dos Patos, a Distribuidora faturou nada menos do que R$ 25.448.203,14 milhões em acordos contratuais.

Desse montante, a Prefeitura de São João dos Patos, administrada por Gilvana Evangelista de Souza, foi a que mais destinou contratos para a Saúde & Vida entre os anos de 2017 e 2020. Foram R$ 9.191.506,29 milhões.

Em seguida, vem a Administração de São Raimundo das Mangabeiras, gerida por Rodrigo Botelho Melo Coelho, onde a distribuidora abocanhou R$ 9.038.719,42 milhões durante o mesmo período citado acima.

A Prefeitura de São Bernardo, administrada por João Igor, também celebrou inúmeros acordos com a empresa de Teresina durante os anos de 2017 e 2018. O valor das licitações destinadas à distribuidora chegou a R$ 6.119.203,95 milhões.

Outa Administração municipal do Maranhão que contratou a distribuidora foi a de Matões, gerida por Ferdinando Coutinho. O valor destinado foi de R$ 322.815,38 mil.

Em 2016, o Executivo de Imperatriz, comandada por Assis Ramos, contratou a mesma empresa por R$ 775.958,10 mil.

Os contratos são, em sua maioria, para o fornecimento de materiais e equipamentos hospitalares, bem como medicamentos.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Grupo evangélico queima máscaras em protesto contra a Covid-19 em Santa Helena

Tarde de domingo (31), a cidade de Santa Helena, interior do Maranhão, viveu cenas, no mínimo, assustadoras.

Um pastor evangélico reuniu cerca um grupo de 500 pessoas para protestar contra o novo coronavírus (Covid-19).

Durante o ato, os fiéis caminharam pelas ruas de Santa Helena e queimaram máscaras.

Os vídeos do protesto já circulam pela internet e vem causando espanto e gerando críticas dos internautas.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.