Poder

Em Lago Verde Chico Coco rompe com o prefeito Almeida

Blog do Louremar

Chico Coco, ladeado pelos senadores João Alberto e Lobão

Chico Coco, ladeado pelos senadores João Alberto e Lobão

Almeida que não gostava de Chico Coco que é amigo de João Alberto que não gostava de Almeida que para se aproximar de João Alberto passou a gostar de Chico Coco que agora não gosta mais dele.

A política em Lago Verde é um enredo de verdadeira falta de compromisso. Falta compromisso do prefeito Almeida com o povo e dos seus aliados para com ele. Dessa vez quem pulou fora do barco foi o ex-prefeito Chico Coco.

Na verdade, dizem os entendidos, que ele nunca foi aliado. Ficou do lado do prefeito Almeida apenas para que este não impedisse que seus vereadores na Câmara aprovassem as contas da adminsitração de Chico Coco. Contas aprovadas, Chico Coco ganhou a estrada rumo a São Luis, onde articula com o vice-prefeito Olivar Lopes a queda de Almeida.

Nada demais, políticos vivem de conveniência. O prefeito Almeida disputou a campanha eleitoral contra o ex-prefeito Chico Coco. Depois se uniram. Quem garante que amanhã não estarão juntos novamente? Falta compromisso entre si e, sobretudo, com a ética e o bom senso.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Judiciário

Desembargador pede vista de denúncia contra Bia Venâncio

O desembargador Raimundo Nonato de Souza pediu para analisar melhor (pedido de vista) denúncia do Ministério Público estadual (MPE) contra a prefeita de Paço do Lumiar, Bia Venâncio, por suposta contratação irregular de cerca de três mil servidores. Os outros dois membros da 2ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA), desembargadores Maria dos Remédios Buna (relatora do processo) e Bernardo Rodrigues votaram pelo recebimento da denúncia para instauração de ação penal, mas sem necessidade de afastamento da prefeita do cargo, na sessão desta quinta-feira, 13.

Bia Venâncio

Bia Venâncio

A denúncia do Ministério Público sustenta que, depois de assumir o cargo em 2 de janeiro de 2009, a prefeita decretou estado de emergência no município e deu início à contratação de servidores sem concurso público, contra o que determina a Constituição Federal. Constata que foi sancionada lei municipal prevendo duração máxima de um ano para a contratação temporária, o que não teria sido observado, pois alega que muitos dos servidores tiveram seus contratos renovados.

Sustenta ainda a denúncia que a prefeita teria contratado parentes seus e de vereadores da base aliada, além de ter se negado a responder a vários ofícios encaminhados pela Promotoria de Justiça da comarca. O parecer da Procuradoria Geral de Justiça foi pelo recebimento da denúncia.

DEFESA – A defesa de Bia Venâncio pediu que a denúncia não fosse aceita, por considerar seu teor fora das exigências legais e sob o argumento de que, em nenhum momento, o Ministério Público teria se preocupado em descrever em que teria consistido a intenção da conduta (dolo), condição que alega ser obrigatória nos crimes de responsabilidade de prefeitos. Em relação à suposta omissão aos ofícios expedidos pela promotora de Justiça, alega que caberia ao Ministério Público informar a natureza das requisições e por que seriam consideradas indispensáveis para que fosse proposta a ação civil pública.

Outro argumento usado pela defesa foi de que, ao assumir o cargo, a prefeita foi obrigada a decretar situação de emergência em razão de alegada situação administrativa precária. Sustentou não ter sido encontrado documento referente à contabilidade do município, vez que a administração anterior teria apagado arquivos e retirado os discos rígidos (HD) dos computadores. Considerou ainda que seria inviável aguardar a realização de um futuro concurso público para dar início aos trabalhos.

VOTO – A relatora Maria dos Remédios Buna disse que a denúncia enquadra perfeitamente a descrição dos fatos como crime e apresenta indícios suficientes de autoria, pelo menos em tese. Lembrou que na atual fase processual, deve ser analisado tão somente se os requisitos da denúncia estão presentes e que ela observou estarem preenchidos todos os requisitos do Código de Processo Penal. Votou pelo recebimento da denúncia, mas não observou necessidade de afastar a prefeita do cargo no momento.

O desembargador Bernardo Rodrigues acompanhou o entendimento da relatora, enquanto o desembargador Raimundo Nonato de Souza pediu vista dos autos para analisar melhor os fatos, inclusive para decidir sobre a necessidade ou não de afastamento da prefeita.

Da assessoria de imprensa do TJ-MA


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Marcha Contra a Corrupção reúne milhares no Maranhão

Protesto contra corrupção

Protesto contra corrupção

Organizado por meio da rede social Facebook, Twitter, diversos grupos do Maranhão como de outros movimentos se reuniram para protestar em 25 cidades em 18 estados no país.

Motivado em puro protesto contra a corrupção que assombra ao estado do Maranhão, a juventude se reuniu e mobilizaram a Marcha Contra a Corrupção em São Luís, tendo um numero expressivo de participantes.

Além de São Luís, foi registrados protestos contra a corrupção em estados como: Brasília, que contou a presença de 20 mil, já em Manaus foi 15 mil, em São Paulo, cerca de 3.000 participantes.

Marcha Contra a Corrupção (Foto: Mauro Pimentel/AE)

Marcha Contra a Corrupção (Foto: Mauro Pimentel/AE)

No Rio de Janeiro, segundo os organizadores, o protesto reuniu 2.500 pessoas, em Santos (SP) participaram 60 pessoas, Florianópolis, o protesto reuniu 300 pessoas, Belo Horizonte, cerca de 200 pessoas marchou, Goiânia, 2.500 pessoas participaram.

Em Recife, 150 pessoas, Salvador, também houve 150 pessoas, Curitiba, 500 participou. No Rio Grande do Sul, chegaram a participar 50 integrantes do grupo Anonymous, Fortaleza, reuniu 500 pessoas.

Os manifestantes utilizaram máscaras inspirados no personagem do filme “V de Vingança”.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Flávio Dino: ser ou não ser candidato a prefeito?

Por Robert Lobato

Flávio Dino será mesmo candidato a prefeito ?

Flávio Dino será mesmo candidato a prefeito ?

Um mistério ronda a política maranhense: o mistério se o ex-deputado federal, Flávio Dino, será ou não candidato a prefeito de São Luis, em 2012.

Comunistas históricos do PC do B defendem que o presidente da Embratur enfrente mais uma vez o tucano João Castelo, dessa vez como uma espécie de “prestação de contas”.

Um ilustre professor do PC do B local, por exemplo, vai mais longe e afirma: “Para que esperar 2014 se Flávio pode ser prefeito em 2012? Quem defende essa tese de esperar as eleições de 2014 é cristão novo no PC do B”, provoca.

Mas a vontade de “velhos” comunistas de verem Dino candidato nas eleições do ano vindouro pode esbarrar numa única pessoa, que nem do PC do B é: José Reinaldo Tavares.

O ex-governador é uma espécie de guru político de Flávio Dino e, como tal, tem enorme influência sobre as decisões do ex-juiz federal. Zé Reinaldo Tavares defende um acordo com João Castelo, nem que seja de “gaveta”, principalmente depois que o seu desafeto, Roberto Rocha, assumiu o comando do PSB da capital.

É que Tavares prefere uma aventura do comunista ao governo, nem que ele se estrepe todo lá frente, a uma vitória de Dino na capital dividindo uma chapa com Rocha, esse na condição de vice.

Enquanto isso, o coração de Flávio Dino segue o seu drama shakespeariano , pulsando em crise por não saber ao certo se se lança prefeito de São Luis, com fortes chances de vencer, ou se espera uma dificílima disputa ao governo do estado contra Luís Fernando, em 2014, como deseja José Reinaldo. Aliás, contra Luís Fernando e Lobão, que tudo indica estarão junto-juntinhos para comer o fígado do comunista…


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Esportes

Após vitória do Botafogo sobre Corinthians, veja a classificação do Campeonato Brasileiro

O Botafogo venceu o Corinthians, por 2 a 0, com esse resultado Timão poderá deixar a ponta do Brasileiro, já o Flamengo em jogo de baixo nível, cedeu o empate ao truculento Palmeiras por 1 a 1.

O São Paulo tropeçou feio e continua péssimo no Campeonato Brasileiro. No jogo realizado na tarde de ontem, 12, na Arena Barueri, o São Paulo não passou de um empate por 0 a 0 com o Internacional e continua com 5 jogos seguidos sem vitória. Abaixo a tabela de classificação:


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Brasil

Funcionários dos Correios voltam a trabalhar amanhã

 

Nesta quinta-feira as atividades nos correios retornaram

Nesta quinta-feira as atividades nos correios retornaram

A Federação dos Trabalhadores em Empresas de Correios e Telégrafos e Similares (Fentect ) informou nesta quarta-feira (12), que os funcionários dos Correios irão cumprir a determinação do Tribunal Superior do Trabalho (TST) e retornarão ao trabalho a partir das primeiras horas desta quinta-feira.

Segundo o diretor da Fentect, José Gonçalves de Almeida, a orientação passada para os sindicatos estaduais é para que todos retornem já no período damanhã. “Brasiília e Rio de Janeiro já decidiram pelo retorno. Em estados como Paraíba e Piauí, as assembléias só irão ocorrer amanhã pela manhã. Mas a orientação é para que todos retornem ainda pela manhã”, afirmou.

De acordo com o diretor, a maioria dos estados já decidiu por encerrar a greve iniciada no dia 14 de setembro. Só nesta quinta-feira, entretanto, a federação terá um balanço sobre o fim das paralisações.

Na terça-feira, o TST determinou a volta ao trabalho a partir de quinta-feira, sob pena de multa, e autorizou a empresa a descontar dos funcionários sete dos 28 dias não trabalhados. O tribunal fixou ainda o reajuste salarial da categoria em 6,87%, retroativo a 1º de agosto, além de aumento real de R$ 80 com validade a partir de 1º de outubro.

Com informações do Imirante


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Cidade

Sindicato mobiliza servidores da Raposa contra proposta vergonhosa do prefeito

A Associação Representativa dos Servidores Municipais Ativos e Inativos do Serviço Público de São Luis, São José de Ribamar, Raposa, Paço do Lumiar e Bacabeira promove mobilização dos servidores da área da Saúde da Raposa contra proposta encaminhada a Câmara Municipal daquela cidade pelo prefeito paraíba que exclui servidores do Plano de Cargos e Salários, destinado aos funcionários da área da Saúde.

Nelita Campos, presidente em exercício da Asismu ressalta que a proposta  deixa de fora maqueiros, auxiliares de serviços gerais, vigias e motoristas e inclui apenas enfermeiros, auxiliares de enfermagem, enfermeiros e farmaceúticosbioquimicos. “O restante dos servidores simplesmente fica invisível nesta proposta e o que é pior ela ainda provoca uma discriminação no vencimento dos servidores de nivelsuperior, pois estabelece um salário para enfermeiros e outro para farmaceútico bioquímico. Mesmo as categorias tendo formação superior”, protesta

A proposta teve o aval da secretaria de Saúde que por sinal é enfermeira e é considerada pela ASISMU uma vergonhosa proposta que deve ser alvo de protesto dos servidores da área da saúde, tanto dos que estão de fora do plano, quanto dos demais, pois ela deixa privilegiada apenas algumas categorias enquanto as demais acabaram esquecidas.

Nelita Campos lembra que no município só existe uma categoria que tem plano de cargos e salários que  é o grupo do magistério e isto só ocorreu por conta de uma grande luta desenvolvida pela Asismu que pressionou o prefeito Paraíba a cumprir a lei,. “ Os demais servidores não tem plano de cargos, são concursados e por força de lei o municipio é obrigado a criar tal plano de cargos e salários não para um pequeno grupo da saude, mas, para todos os servidores da Raposa. Inclusive no TAC (Termo de Ajustamento de Conduta) assinado entre o Ministério Público e a Prefeitura, esta última ficou obrigada não só a fazer o concurso como também a instituir o Plano de Cargos e Salarios para todos os servidores” comenta a sindicalista

Ela acrescenta que esta sendo feita uma grande mobilização para que os servidores municipais da Raposa, cobrem dos vereadores o veto a esta proposta tida como discriminatória. “ Queremos tratamento igualitário para todos os servidores e por isto somos contra esta proposta do prefeito Paraíba que quer deixar muita gente de fora do plano de cargos e salários da área da saúde. Isto é inaceitável” finaliza.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Davizinho se manifesta sobre a paralisação da licitação da BR-135

Em nota encaminhada à imprensa, o deputado federal  Davi Alves Silva Júnior informa que “não descansará até conseguir reverter a situação da paralisação do processo licitatório para a duplicação da BR-135 e que em momento nenhum ficou inerte diante das decisões tomadas pelo Ministério dos Transportes”.

Abaixo a nota na íntegra

Sobre a confirmação da paralisação do processo licitatório para a duplicação da BR-135, o Deputado Federal Davi Alves Silva Júnior (PR-MA) informa à população que não descansará até conseguir reverter à situação.

O Deputado Davi Júnior esclarece que em momento nenhum ficou inerte diante das decisões tomadas pelo Ministério dos Transportes. Há 15 dias, o Deputado Davizinho vem mobilizando a Comissão de Transportes da Câmara dos Deputados em prol do andamento da licitação da BR -135.

O Deputado Davi Alves Silva Júnior informa, ainda, que a Executiva Nacional do Partido da República está tomando todas as providências necessárias, no sentido de fechar a questão para retomar a execução dos processos da duplicação da BR-135. Segundo Davizinho, o PR conta hoje com 42 Deputados Federais e 7 Senadores. Portanto, vai fazer valer o peso do partido perante as decisões do Governo Federal e que, diante disso, a retomada da obra deve acontecer nos próximos dias.

Davi Alves Silva Júnior


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Judiciário

Para o desespero de Alberto Ferreira; Marcelo Carvalho é o novo relator do caso FMF

Blog do Zeca Soares

Desembargador Marcelo Carvalho

Desembargador Marcelo Carvalho

O desembargador Marcelo Carvalho Silva é o novo relator do recurso do presidente da FMF, Alberto Ferreira, afastado pela Justiça a pedido do Ministério Público após investigação.

O recurso de Alberto Ferreira que tenta retornar ao comando da Federação foi dado entrada na última sexta-feira, às 18h2min e caiu nas mãos da desembargadora Nelma Sarney.

Ontem pela manhã, a desembargadora se julgou suspeita. Por volta de 16h7min, o Tribunal de Justiça já havia designado o novo relator.

Agora, é Marcelo Carvalho Silva quem vai decidir sobre o destino do futebol maranhense. A expectativa é que o desembargador apresente o seu parecer na próxima semana.

O desembargador Marcelo Carvalho Silva tem fama de linha dura.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.