Poder

Arnaldo Melo assume o Governo do Maranhão

Arnaldo Melo Presidente da Assembleia Legislativa

Arnaldo Melo Presidente da Assembleia Legislativa

Confirmado. Washington Luiz Oliveira (PT) governador em exercício até esta segunda-feira, 31, e passará o cargo após ida ao Ceará, para compromissos familiares.

No entanto, quem assumirá o Governo é o presidente da Assembleia Legislativa, Arnaldo Melo (PMDB), que deve ficar até quinta-feira, 03 e também irá entregar o cargo ao presidente do Tribunal de Justiça (TJ), desembargador Jamil Gedeon Neto para formalizar a inauguração do novo Fórum da cidade de Caxias na sexta-feira (04).

Com a saída de Arnaldo Melo presidente da Assembleia Legislativa, deputado Marcos Caldas (PRB), 1º vice, será o presidente em exercício da casa por temporariamente por três dias.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Mais um mico para Dino…

Por Matias Marinho

Mais uma vez, Flávio Dino, do partido que se consolidou como o mais novo integrante símbolo da corrupção no país, o PCdoB, pagou mico no cenário nacional. E graças à sua própria insistência de querer se transformar num grande líder político da nação, por meio de uma espécie de pressão osmótica.

Desde o final do ano passado, assessores seus, já conhecidos por suas habilidades de espalhar boatos para emplacar alguma coisa ou para queimar alguém, espalhavam que Dino seria diretor da Embratur. Toda hora a nomeação saía. De fato, só saiu mesmo quando José Sarney deu o ok para que a presidente Dilma o nomeasse, em meados de junho.

No mais recente calvário, criado por esses mesmos jornalistas encantados pela “boa conversa” do ex-juiz, e graças às “plantações” dos assessores “boa vida”, que alimentam parte da mídia interesseira do Sudeste, Dino provou que além de não ter essa força que ele acha que tem, percebeu que a fila no PCdoB é bem mais longa do que ele imagina.

Outra parte da mídia do Sudeste, que não mantém esse contato com a turma da boataria, foi bem clara: Aldo Rebelo era o único nome que sempre esteve na lista da presidente Dilma, desde que foi decidido o afastamento de Orlando Silva do Ministério do Esporte.

Como bem dito, por exemplo, pela jornalista Cristiana Lôbo que, além de confirmar a lista com nome único, informou que Dilma estava tão tiririca da vida com o PCdoB a ponto de não mais nomear qualquer comunista.

Flávio Dino teve que se recolher na sua insignificância, com relação a essa decisão exclusivamente política da presidente Dilma, e, no máximo, como “cristão novo” – conforme o chamou a Folha de São Paulo em sua edição de hoje, servirá para ajudar o partido a limpar toda sujeira deixada pelos corruptos já que, nesse aspecto, Dino é mais do que especialista, é Papa.

Que o diga José Reinaldo Tavares, Cleomar Tema e Humberto Coutinho.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Cidade

Assista a 28º edição do Programa Mais Show Fest

No Ar a 28° edição do programa Mais Show Fest (Alegria que te espera!). Nesta quinta feira (28), saiu à nova edição do programa mais show fest com varias novidades: apreendi no Enem, marcha contra corrupção realizada na litorânea, encerramento do círio de Nazaré 2011 (cohatrac-ma), câmera mais show fest registrou o show da banda mastruz com leite, será que Ruann Balzac sobe em cima do cavalo? É o Grande suspense, Marcelo kaiak Visita o haras horonato.

Veja abaixo a última edição do programa que é sucesso em São Luís:

 


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Empresas aéreas reajustam tarifas

Da coluna Cláudio Humberto

As companhias aéreas querem manter um aumento gradual de tarifas até o final do ano.

Elas iniciaram em setembro um processo de recuperação da margem de lucro e, desta forma, invertem o cenário de guerra tarifária que marcou 2010 e o primeiro semestre deste ano. A TAM e a Gol já anunciaram que os reajustes atendem à necessidade de repassar aumentos de custos, como o de combustíveis.

Segundo o Sindicato Nacional das Empresas Aéreas (Snea), o querosene de aviação (QAV) acumula alta de 26% de 1º de janeiro a 1º de outubro e a alta do dólar, que afeta o preço dos combustíveis e a manutenção dos aviões, também influenciam nos resultados.

“O dólar afeta cerca de 60% a 70% dos custos das companhias. O impacto é imediato, porque estão sempre pagando leasing de aviões, combustíveis, reposição de peças”, disse André Castellini, consultor da Bain & Company e especialista no setor aéreo


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Brasil

MEC confirma que não vai anular o Enem 2011

Malvina Tuttman

Malvina Tuttman

A presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), Malvina Tuttman, entregará pessoalmente à Justiça Federal de Fortaleza, na segunda-feira, a argumentação do Ministério da Educação (MEC) contrária ao cancelamento do Enem 2011. O pedido de anulação foi feito pelo Ministério Público Federal do Ceará. O MPF quer que o exame seja declarado nulo ou, pelo menos, que as 14 questões copiadas sejam invalidadas.

Em entrevista à Rádio CBN, na sexta-feira, Malvina reiterou que o Inep não pretende cancelar o Enem ou as questões:

– O MEC não trabalha com esta hipótese. Ele trabalha na defesa do princípio da isonomia e da Justiça para todos – afirmou.

A presidente do Inep sugeriu que o Colégio Christus, de Fortaleza (CE), premeditou o uso indevido de questões do Exame Nacional do Ensino Médio 2011 (Enem) em material didático distribuído a alunos dias antes do teste. Segundo Malvina, o processo utilizado pela escola para obter as questões pode ser comparado a um furto. Ela reiterou que o caso está sendo investigado pela Polícia Federal e evitou cravar as acusações. Mas reforçou o tom adotado na véspera pelo ministro Fernando Haddad, que declarou que professores da escola teriam copiado cadernos de questões do pré-teste do Enem, aplicado com um ano de antecedência pelo Inep, com a finalidade de aferir o grau de dificuldade dos itens.

– Um ano atrás, a escola possivelmente premeditou a utilização de questões indevidas, porque esse é um processo sigiloso – disse Malvina à CBN. – Utilizou um processo que possa configurar, talvez, mas isso é a Polícia Federal que vai nos dizer, semelhante a um furto.

O Globo


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Apresentadora ‘dubla’ colega após erro em programa ao vivo

A apresentadora Anne Dwyer mostrou senso de humor e fez apenas movimentos com os lábios depois que as câmeras da emissora “Fox 13″ mostraram ela ao vivo enquanto um colega de bancada apresentava uma notícia. O vídeo mostra Anne Dwyer fazendo a “dublagem de improviso” enquanto se ouve uma voz masculina.

Anne Dwyer mostrou senso de humor

Anne Dwyer mostrou senso de humor

Do G1


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Após descoberta do câncer, Lula deixa hospital

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva deixou, às 20h16, o Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, após a realização de exames que detectaram um tumor na laringe. Ele e sua mulher, Marisa Letícia, saíram por uma porta lateral do hospital em direção a São Bernardo do Campo, onde moram.

Lula começa a quimioterapia na segunda-feira (31). Os médicos optaram por esse tratamento para tentar preservar o órgão.

O tumor na laringe tem cerca de 3 cm, segundo a Folha apurou com médicos do hospital.

Segundo o médico oncologista Artur Katz, o tumor “não muito grande” foi descoberto na manhã de hoje. “As chances de cura são excelentes”, completou. Lula é ex-fumante e tinha o hábito de fumar cigarrilhas.

Katz informa que uma das causas importantes para o câncer na laringe é o fumo. Mas também existem causas virais e não é possível ainda dizer o que levou ao desenvolvimento do tumor de Lula.

Lula recebeu a visita do Ministro da Fazenda, Guido Mantega, que relatou tranquilidade do ex-presidente.

“Dona Marisa, Lula estão tranquilos, confiantes, porque o problema dele tem cura. Foi pego no início, então as perspectivas são boas.”

Na quinta-feira (27), Lula comemorou seu aniversário de 66 anos no instituto que leva seu nome. Em uma pequena cerimônia com funcionários, na sede da organização, em São Paulo, o ex-presidente ganhou um bolo.

 


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Corrupção na secretaria de Juventude do Estado

Por Márcio Santos

A Fundação Gomes de Sousa entidade contratada sem licitação, que já executou o Pro Jovem Trabalhador, recebendo mais de 10 Milhões, e atualmente está executando o Pro Jovem Urbano, por mais de 20 Milhões tem como diretor financeiro André Meireles, que é cunhado de do Secretário de Juventude André Campos.

André Meireles namora a mais a anos com Kátia Campos, irmã de André Campos, foto com o namorado, praticamente moram juntos e tocam os negócios da Secretaria e da Fundação Gomes de Sousa.

Kátia Campo é a toda poderosa do Gabinete de Roberto Costa, recebendo mais de 13 mil reais por mês é ela é que é a principal ligação entre a Fundação Gomes de Sousa e a secretaria de juventude e Lêia-se os milhões do Pro Jovem.

Roberto Costa, conhecia Kátia Campos antes de assumir a SESPJUV, pois, sua família já havia votado em Roberto na eleição em que ficou na suplência, mas quando a Governadora Roseana assumiu o mandato, Roberto foi para a SESPJUV e logo procurou contemplar seus amigos, pois, André Campos, foi nomeado para a SESPJUV para cuidar exclusivamente do Pro Jovem, sendo o responsável direto pela contratação sem licitação da Fundação Gomes de Sousa para cuidar do Pro Jovem Trabalhador e logo em seguida do Pro jovem Urbano.

André Campos logo se tornou com a saída de Roberto para ser candidato na principal peça na estrutura financeira da campanha, por isso suspeita-se, que parte do dinheiro gasto na campanha do então candidato Roberto Costa teria vindo da Fundação Gomes de Sousa.

Logo Roberto Costa se tornou amigo pessoal de André tesoureiro da Fundação, e na verdade a pessoa que manda e desmanda na entidade e que atualmente dá as cartas na SEJUV.

André tesoureiro da Fundação era visto direto trabalhando na campanha do deputado Roberto Costa.

A Fundação Gomes de Sousa, ou seja, André Meireles foi decisivo na escolha do cunhado André Campos, para ser secretário de juventude, pois assim ficava tudo em família, nem Ricardo Murad foi tão inteligente, pois, não havia ninguém, que pudesse ser mais indispensável para o projeto em execução do que André Campos, e assim foi, não teve jeito, Roberto Costa, fez de tudo, queimou pessoas, impediu outras, chantageou a Governadora, que morre de medo da juventude e acha que Roberto tem o controle de tudo, mas manteve o Adjunto André Campos, como já havia combinado, sem, contudo informar a Governadora do grau de aproximação entre a Fundação e o Secretário.

E assim, André Campos libera os milhões para André Meireles da Fundação Gomes de Sousa, e tudo fica bem para eles, e, muito ruim para os alunos e professores do Pro Jovem.

O secretário de Juventude André Campos, a mãe, trabalha na Casa Civil, o pai na Secretaria de Esporte, um primo é diretor do Ciretran de Viana, outros três primos estão no Detran, cunhados também, tem também parentes na Caema, e em outros órgãos, além da irmã Kátia Campos, que é um funcionária do Gabinete do Deputado Roberto Costa. 

Ao que parece os interesses pessoais são intenções, porém, são mais de oito meses de atraso no pagamento do projovem, mas se sabe que recentemente foi assinado por André Campos a ordem para pagamento para a Fundação Gomes de Sousa de mais de R$ 6 milhões e ainda atestou notas sem a devida comprovação.

Já existe investigação em curso no Tribunal de Contas do Estado, na CGU.

São inúmeras as irregularidades apontadas, notas assinadas sem comprovação, desvio de dinheiro, que uma simples análise de qualquer auditoria mandaria todos para a cadeia, imagine se o MP Federal começasse a investigar?

A posição deve convocar o Secretário André Campos, para explicar o atraso no pagamento dos professores na Assembléia Legislativa.

A juventude deve fazer manifestação na Conferência Estadual de Juventude contra a corrupção praticada por André Campos e Roberto Costa. No entanto, foi instalado na SEJUV, uma especie de caixa 2. 

Todos os familiares de André Campos, que era modestos moradores do Desterro, e não possuíam carros, logo começaram a esbanjar, com Amarokes, Fiestas, Gols, Hilux, Fords. Tudo isso chamou atenção dos vizinhos que viram de uma hora para outra a mudança da família Campos.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Governador Agnelo Queiroz é suspeito de auxiliar fraude

Governador Agnelo Queiroz

Governador Agnelo Queiroz

Orlando Silva perdeu o cargo de ministro do Esporte, na semana passada, abalado por denúncias de desvio de dinheiro. Seu substituto, Aldo Rebelo, também do PCdoB, recebeu do Palácio do Planalto a missão de moralizar a pasta. Para a Justiça, no entanto, a questão é outra. Nos próximos dias, o Superior Tribunal de Justiça (STJ) receberá um processo com nove volumes e quatro apensos, que corre na 10ª Vara Federal, em Brasília. As informações, a que ÉPOCA teve acesso, mostram que o governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz (PT), antecessor de Silva, é suspeito de ter se beneficiado das fraudes.

O conjunto contém gravações, dados fiscais e bancários, perícias contábeis e relatórios de investigação. As peças da ação penal vistas por ÉPOCA incluem o relatório nº 45/2010, que contém os diálogos captados em interceptações telefônicas, com autorização judicial, feitas entre 25 de fevereiro e 11 de março do ano passado. As conversas mostram uma frenética movimentação de Agnelo Queiroz e do policial militar João Dias para se defender em um processo. Diretor de duas ONGs, Dias obteve R$ 2,9 milhões do programa Segundo Tempo para ministrar atividades esportivas a alunos de escolas públicas. Nas conversas, Dias quer ajuda para acobertar desvios de conduta e de dinheiro público. Ele busca documentos e notas fiscais para compor sua defesa em uma ação cível pública movida pelo Ministério Público Federal. O MPF cobra de Dias a devolução aos cofres públicos de R$ 3,2 milhões, em valores atualizados, desviados do Ministério do Esporte.

João Dias a esquerda

João Dias a esquerda

Personagem da crônica política de Brasília, João Dias ajudou, com suas declarações, a derrubar Orlando Silva na semana passada. Dias nem precisou apresentar provas de que Silva teria recebido pacotes de dinheiro na garagem do ministério. Suas acusações levaram à sexta baixa no primeiro escalão da equipe da presidente Dilma Rousseff. O pretexto para a demissão foi a abertura, na terça-feira, de inquérito no Supremo Tribunal Federal (STF) para apurar a acusação de Dias e denúncias de que o Ministério do Esporte se transformara num centro de arrecadação de dinheiro para o PCdoB. Com a queda de Orlando Silva, o foco se transfere para o governador Agnelo Queiroz, contra quem existem suspeitas ainda mais consistentes.

Os principais interlocutores nas conversas gravadas pela polícia são João Dias, Agnelo Queiroz, o advogado Michael de Farias (defensor do policial) e o professor Roldão Sales de Lima, então diretor da regional de ensino de Sobradinho – cidade-satélite de Brasília onde atuavam as duas ONGs de João Dias. Era com Lima que Dias tratava do cadastro das crianças carentes que deveriam ser beneficiadas pelo programa Segundo Tempo. Na ação cível há um dado impressionante: as ONGs de João Dias receberam recursos para fornecer lanches para 10 mil crianças. Mas só atenderam, de forma precária, 160.

Pressionado pelo Ministério Público, Dias foi à luta para amealhar elementos capazes de justificar tamanho disparate. Às 12h36 do dia 4 de março de 2010, ele telefonou para Agnelo Queiroz, então diretor da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Dias pediu a Agnelo para “dar um toque” em Lima e reforçar seu pedido de ajuda ao professor. Dias queria que Lima fornecesse documentos para sua defesa. Na gravação, ele avisa que vai marcar um encontro entre Agnelo e Lima, para que esse pedido seja feito pessoalmente. Menos de uma hora depois, Dias, que estava num restaurante com Lima, telefonou novamente a Agnelo. Entregou o celular para Lima falar com ele. De acordo com a transcrição dos diálogos, feita por peritos do Instituto de Criminalística do Distrito Federal, Agnelo diz a Lima que precisa de sua ajuda. Afirma que vai combinar com João Dias para os três conversarem, porque Roldão (Lima) “é peça-chave neste projeto”.

Qual seria o projeto? Segundo a investigação da polícia, trata-se de apresentar uma defesa à Justiça Federal capaz de livrar Dias da cobrança milionária. Pouco antes das 13 horas do dia 9 de março, o advogado Michael de Farias disse a Dias para ficar tranquilo, que tudo estaria pronto para ser entregue à Justiça três dias depois. Só faltaria, disse Michael, “agilizar a questão do Roldão (Lima)”. Na gravação, Michael afirma que eles “já vão confeccionar os documentos só para o Roldão assinar, já vai tudo pronto”. Dias diz que dessa forma fica melhor e, em seguida, liga para Agnelo e marca um encontro para uma conversa rápida e urgente. Cerca de duas horas depois, Dias volta a telefonar a Agnelo e adia o encontro.

No final da tarde do dia 9, Dias falou com Lima. O professor Lima disse que ficou até de madrugada numa reunião em que foram fechadas “as planilhas, os projetos”. De acordo com a polícia, Lima estava no escritório do advogado Michael. No dia seguinte à tarde,

Michael disse a Dias que já havia “confeccionado a defesa e as cartas de Roldão (Lima)”. Até aquele momento, Lima não assinara nada. À noite, Dias ligou para dois celulares de Agnelo e deixou o mesmo recado nas secretárias eletrônicas: “O prazo máximo para apresentar a defesa é sexta-feira, preciso muito de sua ajuda”. Às 20h22, Dias finalmente consegue falar com Agnelo e avisa “que sexta-feira tem de apresentar o negócio lá”.

A polícia descobriu, pelas conversas grampeadas, onde Lima se encontraria com Dias para entregar os documentos a ser incorporados a sua defesa. O encontro ocorreu no Eixo Rodoviário Norte, uma das principais avenidas de Brasília, no começo da tarde da sexta-feira 12 de março. Dias parou seu Ford Fusion e ligou o pisca-alerta. Em seguida, Lima parou seu Fiat Strada atrás e entrou no automóvel de Dias. Eles não sabiam, mas tudo era fotografado por agentes da Divisão de Combate ao Crime Organizado da Polícia Civil do Distrito Federal. As imagens mostram que Lima carregava uma pasta laranja ao entrar no carro de Dias. Saiu do veículo sem ela. Três horas depois, os advogados de Dias entregaram sua defesa na Justiça Federal.

Da Revista Época – Leia mais em Agnelo na mira


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

MPF denuncia Marcos Valério e esposa por lavagem de dinheiro

O Ministério Público Federal (MPF) em Belo Horizonte denunciou, ontem sexta-feira (28), Marcos Valério e a mulher dele por lavagem de dinheiro.

Marcos Valerio

Marcos Valério

Entre setembro e novembro de 2005, o Conselho Administrativo de Atividades Financeiras (COAF) registrou movimentações de dinheiro e contas de titularidade atípicas em nome da esposa de Valério e de uma empresa, que tem como sócios administrados os acusados. De acordo com o MPF, após investigações, foi feito o pedido de quebra do sigilo bancário dela e da companhia.

O MPF também informou que os recursos movimentados pelos denunciados tinham origem em contas que operaram o esquema do “mensalão”, operação de compra de apoio político do qual Valério é suspeito.

De acordo com o MPF, grande parte dos valores originou-se de depósitos em contas mantidas no Banco Rural e no Banco do Brasil. Ainda segundo a denúncia do ministério, as contas eram utilizadas para praticar os crimes financeiros do “mensalão”. O MPF também informou que, em depoimento, a mulher de Marcos Valério afirmou que o marido era o único responsável pela movimentação das contas.

Do G1


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.