Crime

Assassino de Décio Sá é transferido para presídio em Mato Grosso

O assassino confesso do jornalista e blogueiro Décio Sá, Jhonatan Silva, embarcou no inicío da tarde desta terça-feira (29), de volta ao presidío federal, no Estado do Mato Grosso do Sul.

Por volta das 12h, Jonatan chegou ao aeroporto de São Luis sob um forte esquema de segurança de agentes da Polícia Federal.

Ele foi recambiado para São Luis,para participar das oitivas das testemunhas arroladas no inquérito da Ministério Público, que aponta o agiota Gláucio Alencar como um dos mandantes da execução do jornalista.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Crime

Atenção Aluísio! Agiota Gláucio volta a usar celulares dentro da cela

Chegou ao conhecimento do Blog do Neto Ferreira na manhã desta terça-feira (29), o esquema que vem acontecendo dentro do Comando Geral para beneficiar o agiota Gláucio Alencar Pontes de Carvalho, de 35 anos, com entrada de aparelhos telefônicos em sua cela.

O agiota Gláucio Alencar Pontes, preso acusado de mandar executar um pai de família.

O agiota Gláucio Alencar Pontes, preso acusado de mandar executar um pai de família.

Ele que é mantido preso há mais de seis meses no Quartel do Comando da Polícia Militar do Maranhão, no Calhau, acusado de agiotagem e mandante da execução do jornalista de O Estado do Maranhão, o blogueiro Décio Sá.

Ao todo, na cela do agiota foram realizadas quatro vistorias comandadas pela Secretaria de Administração Penitenciária (Sejap). Na primeira, foram recolhidos objetos e uma carta do agiota á governadora Roseana Sarney (PMDB). Na segunda foram encontrados celulares não só na cela de Alencar como de outros bandidos que estão presos em celas ao lado.

Já na terceira e quarta batida, os mesmos celulares foram encontrados de posse do agiota e drogas como êxtase em uma cela ao lado.

Ocorre que, os bandidos encarcerados ao lado sequer têm condições financeiras de adquirir êxtase por ser uma droga comercializada em valores extremamente elevados. O que caracteriza ser levado ao Quartel a pedido de algum dos presos que tenha boa estrutura financeira.

Em mais: Gláucio Alencar manteve contato telefônico com um empresário, que ele comprou uma maquina pesada e pagou de duas formas: com dinheiro e o resto da dívida foi paga com uma Hilux SW4 da qual pediu a um amigo que comprasse para depois pagá-lo.

Ao que parece, a facilidade, tranquilidade ou então conveniência de membros da Polícia Militar em devolver os mesmos aparelhos apreendidos, poderá desgastar a imagem do Secretário de Segurança Pública, Aluísio Mendes, que deve desconhecer o esquema diário em favor de “bandidos” disfarçados de bacana.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Judiciário

Justiça determina que Estado nomeie professor aprovado em concurso

A 5ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA) determinou que o Estado do Maranhão efetive a nomeação do professor Edésio Rodrigues para a disciplina de Geografia, com lotação no município de Bequimão.

A decisão reformou sentença de 1º Grau que julgou improcedente o pedido de ação ordinária em que Rodrigues solicitava sua nomeação, por ter sido aprovado em concurso público promovido pelo Estado, ocupando o 3º lugar na ordem de classificação. O professor participou também de seletivo para o mesmo cargo e localidade, ficando na primeira colocação.

Rodrigues contestou o fato de não ter sido nomeado, diante da abertura de seletivo pelo Estado para contratação temporária de professores do ensino médio, oferecendo milhares de vagas em diversos municípios, sendo 15 para Bequimão, preenchidas por aprovados no certame, em detrimento dos concursados.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Cidade

Sindicato dos Rodoviários ameaça paralisar

O motorista contratado pela empresa Primor, Edison Conceição Pinto, foi baleado sábado (26) durante assalto ao ônibus que fazia linha Vicente Fialho. Na ocasião, um dos bandidos alvejou o motorista na perna.

Edison Conceição foi imediatamente levado ao hospital Socorrão com fortes dores. Ocorre que, o motorista já presta serviços a empresa Primor há mais de 3 meses, o que deveria ter por direito plano de saúde.

O proprietário da empresa se nega a custear a transferência de Edison para um hospital particular. Em virtude da política adotada pela Primor, o presidente do Sindicato dos Rodoviários ameaça paralizar toda categoria caso a empresa não arque com a transferência do funcionário para o hospital da qual a empresa tem convênio.

De acordo com informações repassadas ao Blog do Neto Ferreira, a categoria poderá paralisar a partir das 6h, de quarta-feira, deixando na mão milhares de pessoas que dependem do transporte coletivo para trabalhar.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Crime

Carro oficial da Prefeitura de Mata Roma atropela e mata trabalhador

Veículo da Prefeitura mata trabalhador em BR.

Veículo da Prefeitura mata trabalhador em BR.

Um carro oficial da Prefeitura de Mata Roma, modelo Nissan Frontier de placas NNE-1424, que pertence à Secretaria Municipal de Saúde, atropelou e matou um homem identificado como Marcos Santos. A colisão aconteceu quando o trabalhador atravessava a BR-135, que passa pela Estiva.

A carência em sinalização faz com que constantes acidentes venham acontecendo no perímetro daquela BR. Segundo testemunhas, a caminhonete trafegava em alta velocidade quando atingiu Marcos Santos que é natural de Goias.

De acordo com informações, amigos de Marcos relatou que ele tinha o costume de andar sozinho na BR e estava a caminho de casa. O motorista da Frontier, que não teve o nome revelado pela polícia, foi conduzido ao Posto da Polícia Rodoviaria Federal para ser ouvido.

Carro oficial da Prefeitura de Mata Roma.

Carro oficial da Prefeitura de Mata Roma.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Brasil

Boate recebeu mais clientes que o permitido no dia do incêndio

Da Folha de S. Paulo

A tragédia no Sul A casa noturna Kiss, em Santa Maria (RS), onde 231 pessoas morreram em um incêndio no domingo, estava autorizada a receber até 691 pessoas, informou o comando do Corpo de Bombeiros gaúcho. Naquele dia, abrigava entre 900 e 1.000, segundo a polícia.

O plano de segurança da casa, que estava vencido, também não previa o uso de fogos em seu interior.
Um dos pontos de investigação é que a superlotação tenha impedido uma saída rápida do prédio, expondo por muito tempo as vítimas à fumaça. Elas morreram por asfixia ou intoxicação.

A casa não possuía portas de emergência, o que não é uma obrigação, desde que respeite o limite estabelecido em seu plano de segurança.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Maranhão

Após tragédia no RS, Roseana Sarney determina intensificação de vistoria em boates no MA

Preocupada, governadora autoriza vistoria em boates do Maranhão.

Preocupada, governadora autoriza vistoria em boates do Maranhão.

A governadora Roseana Sarney determinou ao secretário de Estado de Segurança Pública, Aluísio Mendes, que o Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão (CBMMA) realize vistoria em todas as casas de eventos e boates em São Luís e interior do estado, com a finalidade de verificar as condições de regularidade, funcionamento e de segurança desses estabelecimentos.

A decisão da governadora tem como objetivo prevenir tragédias como a que aconteceu em Santa Maria, no Rio Grande do Sul. Na vistoria, o Corpo de Bombeiros avaliará as condições das casas de eventos e boates, no que se refere a saídas de emergência, sinalização, localização de palco, existência de extintores contra incêndio, entre outros itens.

A SSP e o Comando do Corpo de Bombeiros já estão definindo o planejamento das vistorias, a partir do mapeamento de todos esses estabelecimentos, existentes no estado.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Anildes Cruz encerra biênio no TRE

Presidente do TRE, Anildes Cruz

Presidente do TRE, Anildes Cruz

O presidente do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA), desembargador Antonio Guerreiro Júnior, recebeu ofício do Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão (TRE/MA) comunicando o encerramento, no dia 25 de fevereiro, do primeiro biênio da desembargadora Anildes Cruz naquela Corte de Justiça.

 Anildes Cruz foi eleita para membro efetivo do TRE, na categoria desembargador, em fevereiro de 2011, durante sessão administrativa do Pleno do TJMA.

 A comunicação segue os termos do artigo 7º do Regimento Interno do Tribunal Regional Eleitoral.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Brasil

Santa Maria: o terror, a tragédia e a lição

Por Milton Corrêa da Costa

Mais de 230 pessoas -há vítimas ainda em estado grave- a grande maioria jovens estudantes, morreram no incêndio de uma boate, em Santa Maria, no Rio Grande do Sul, na madrugada deste domingo. A maior tragédia da história do Rio Grande do Sul e a segunda maior do gênero em território nacional onde, em 17 de dezembro de 1961, um incêndio criminoso, num circo em Niterói (RJ), matou cerca de 500 pessoas, sendo 70% delas crianças.

A tragédia de Santa Maria é típica de uma cena (real) de filme de terror e de cinema catástrofe.Pânico e horror. Vítimas asfixiadas pela inalação da fumaça e queimaduras das vias aéreas, corpos incinerados, pessoas pisoteadas, imprensadas  e ensanguentadas, intenso calor, escuridão, visão limitada pela densa fumaça, gritos, terror, superlotação do ambiente,espetáculo pirotécnico inadequado com uso de fogos de artifícios, seguranças impedindo a saída do recinto, plano de emergência ineficaz. Um cenário trágico e pavoroso.

Resultado: preciosas vidas perdidas e todo um país de luto. Tudo em poucos minutos, numa tragédia previsível e evitável; há informações de que a lotação da boate excedia o limite permitido onde pessoas sequer podiam de locomover e se espremiam durante o show.  Note-se que quem morreu ou se feriu gravemente foram jovens na flor da idade, que ali estavam na busca da diversão e do lazer. Os que lá estavam e lograram sobreviver, terão agora as lembranças e as sequelas- algumas para o resto de suas existências- do choque emocional, do medo, das cenas de terror, do abalo emocional, da angústia, além da ausência de parentes e amigos que resultaram mortos.

A questão é que tragédias como estas não são fatalidades. São tragédias evitáveis. Quem cumpre e quem fiscaliza, permanentemente, com todo rigor, as normas técnicas de prevenção e combate a pânico e incêndio? Haviam  profissional, bombeiro civis, contratados especificamente para um local de eventos fechado e de grande capacidade de público? Qual é a responsabilidade do proprietário da boate? E dos promotores do evento? Autoridades tinham ciência do número de pessoas que compareceriam ao evento? Concederam autorização? Fiscalizaram preventivamente in loco? Os alvarás e licenças para funcionamento do local estavam em dia? Os extintores de incêndio funcionavam perfeitamente?

Parece que todo esse cuidado e prevenção é querer demais para uma cultura de ilusão de invulnerabilidade como a nossa. Pois bem, choremos agora, todos nós brasileiros, pela morte dos jovens e invoquemos o pesar às famílias tristemente enlutadas. Que o inquérito técnico e o inquérito policial determinem causas e as responsabilidades de cada um e que tal tragédia sirva de lição e de divisor de águas para que episódios semelhantes não voltem a ocorrer. A boa prevenção evita as ditas “fatalidades”. O Brasil está de luto. Profundamente lamentável.

Milton Corrêa da Costa é tenente coronel da reserva da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.