Poder

Por qual motivo a política afetaria o trabalho de Flávio Dino na Embratur?

Flávio Dino, presidente da Embratur

Flávio Dino, presidente da Embratur

É de fato as discordâncias políticas do ex-deputado federal e atual presidente da Embratur, Flávio Dino (PCdoB). Dino um dos principais adversário ferrenhos da família Sarney na política maranhense, simplesmente deu uma alfinetada em Sarney e no novo substituto do ex-ministro do Turismo Pedro Novais (PMDB), Gastão Vieira (PMDB).

O presidente da Embratur, Flavio Dino, comentou após a realização da posse de Gastão Vieira, novo ministro do Turismo, que “as especificidades da política no Maranhão não irão de forma alguma atrapalhar ao trabalho desenvolvido entre o órgão e Gastão Vieira. Será ?

O novo ministro do Turismo, Gastão Vieira, que tem um histórico político e pessoal de total ligação ao presidente do Senado Federal, José Sarney (PMDB), Fernando Sarney além da governadora do Maranhão, Roseana Sarney (PMDB), que é declaradamente rival política do presidente da Embratur, Flávio Dino.

Flávio Dino chegou a afirmar coisas de tal forma como se isso fosse algo pessoal, ou melhor, indicação de Sarney. “sou de fato adversário político do grupo Sarney. Porém, temos uma base de apoio a presidente Dilma Rousseff e o Partido do Movimento Democrático Brasileiro, PMDB, também tem participação nessa base”.

Ao analisar todo o contexto, se percebe o desgosto do presidente da Embratur, Flávio Dino, e receio de represálias por parte do ministro. De fato, a Pasta do Turismo ainda pertence a Famiglia Sarney.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Denúncia do blog repercute nacionalmente

Mais uma vez este blog ganhou destaque na imprensa nacional.

A página do jornalista Cláudio Humberto na internet está dando amplo destaque a denúncia postada aqui no blog, de que, quando deputado, Gastão Vieira financiou obra inacabada no município de Buriticupu.

O recurso destinado a obra foi depositado na conta da prefeitura de Buriticupu em dezembro de 2008 pelo Ministério do Turismo. Gastão Vieira hoje é ministro do Turismo.

A Folha de S.Paulo também deu destaque a matéria do blog, porém sem dar os créditos. Mesmo tendo entrado em contato com o titular deste blog, o jornalista Fernando Barros de Mello preferiu chupar a matéria.

Blogs locais também reproduziram a denúncia. Abaixo, reprodução de post do jornalista Cláudio Humberto:

Matéria do blog reproduzida no site do jornalista Cláudio Humberto.

Matéria do blog reproduzida no site do jornalista Cláudio Humberto.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Crime / Judiciário

Família Sarney não será mais investigada pela Polícia Federal

Folha de S. Paulo

Por Andreza Matais e Filipe Coutinho,

O STJ (Superior Tribunal de Justiça) anulou todas as provas obtidas pela operação da Polícia Federal que investigou os negócios do empresário Fernando Sarney e outros familiares do presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP).

Fernando Sarney e José Sarney

Fernando Sarney e José Sarney

A decisão da 6ª Turma do STJ foi unânime e devolve as investigações à estaca zero. Escutas telefônicas, extratos bancários e documentos fiscais obtidos pela PF não poderão ser usados para processar ninguém, de acordo com a decisão.

Os ministros do STJ entenderam que os grampos que originaram as quebras de sigilo foram ilegais.

O STJ também anulou neste ano provas obtidas pela PF ao investigar os negócios da construtora Camargo Corrêa e do banqueiro Daniel Dantas, do grupo Opportunity.

Batizada inicialmente de Boi Barrica, nome de um grupo de folclore maranhense ligado à família Sarney, e depois rebatizada como Faktor, a operação da PF foi deflagrada em 2007 devido à movimentação atípica de R$ 2 milhões na conta de Fernando Sarney e da mulher dele, Teresa. O empresário é filho do presidente do Senado.

Durante a investigação, a PF encontrou indícios de tráfico de influência em órgãos do governo federal, desvio de recursos públicos e lavagem de dinheiro. Fernando Sarney sempre negou todas as acusações feitas pela PF.

Entre 2009 e 2010, a Folha publicou trechos de diálogos gravados pela PF na operação. As conversas mostravam que Fernando Sarney tinha influência sobre a agenda do ministro de Minas e Energia, Edison Lobão.

Assinante do jornal leia mais em STJ anula investigação da PF contra a família Sarney


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Cidade

Empresário diz que "João Castelo" é lider da máfia

A acusação feita pelo Ministério Público, que mostra um certo envolvimento do prefeito João Castelo (PSDB), por suposto favorecimento da Pavetec em licitações, pode levar ao afastamento do cargo de prefeito de São Luís.

'João Castelo, lidera máfia na prefeitura de São Luís', diz empreiteiro Paulo Fernando

'João Castelo, lidera máfia na prefeitura de São Luís', diz empreiteiro Paulo Fernando

São R$ 115 milhões que foram parar nos cofres da empresa campeã em ganhar licitações para asfaltamento de ruas e avenidas da cidade. O MP encontrou indícios de fraudulentos para beneficiar a empreiteira.

Castelo que foge de certas condenações, para que possa concorre a reeleição e teme a inelegibilidade.

Em participação no programa “Qual é a Bronca”, apresentado pelo radialista Osvaldo Maia, na Rádio Capital AM, o empreiteiro Paulo Fernando, afirmou que o esquema envolveria, ainda, João Rodolfo, homem de confiança do prefeito.

“Quando sai um pagamento para a Pavetec, o João Rodolfo vai lá no escritório pegar o cheque da empresa. Isso é uma máfia. O prefeito é o presidente dessa máfia”, afirmou o empresário, que disse ter prestado serviços de tapa-buracos para a Semosp e está no prejuízo de mais de R$ 200 mil”.

“O que digo aqui afirmo em qualquer lugar. Por diversas vezes procuramos o prefeito para resolver o problema, mas ele só tem nos enrolado. Por conta disso, praticamente quebramos, pois tivemos que honrar dívidas trabalhistas e até com agiotas, vendendo terrenos e carros”, diz Paulo Fernando.

O empresário irá reunir diversos donos de empresas que foram lesadas pela prefeitura para irem aos estúdios da Rádio Capital e relatar mais detalhes desse escândalo de corrupção que vai abalar as estruturas da administração Castelo.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Maranhão

Internauta flagra carro levando passageiro no porta-malas no interior do Maranhão

O leitor chamado Epitácio Milhomem de Abreu presenciou uma cena flagrou inusitada, um carro levando um passageiro no porta-malas na cidade de Santa Luzia do Paruá, no Maranhão no dia, 8, de setembro deste ano.

A superlotação no veículo era extrema, já estava com mais de cinco pessoas em seu interior. Casos iguais a este é comum na cidade. Carros como táxis clandestinos e vão colocando o quanto que dá dentro deles. Veja a loucura do passageiro abaixo:

Aglomeração total

Aglomeração total


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Mundo

Homem incendeia o próprio corpo em forma de protesto

A situação financeira do mundo acaba atingindo cada vez mais o lado pessoal do ser humano, às vezes há pessoas que cometem o suicídio e nós dizemos, mas por quê?

O lado emocional acaba gerando um desiquilíbrio, a mídia vem mostrando fatos inusitados de pessoas com total fraqueza psicológica.

Nas fotos abaixo, mostra o grego que incendiou o próprio corpo em forma de protesto contra dificuldade para pagar prestação de sua casa, veja:

Grego protesta incendiando o próprio corpo

Grego protesta incendiando o próprio corpo


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Prefeita de Timon arrocha o marido durante entrega do “Minha Casa, Minha Vida”

Socorro Waquim e Sétimo arrocharam durante entrega das casas

Socorro Waquim e Sétimo arrocharam durante entrega das casas

A prefeita de Timon, Socorro Waquim (PMDB), e seu esposo o deputado federal Sétimo Waquim (PMDB) mostraram ser frequentadores assíduos da choperia Marcelo.

Durante a realização de entrega das casas do Programa Habitacional do Governo Federal, “Minha Casa, Minha Vida”, terça-feira, 13, promovido em Timon, Socorro Waquim deu um show de coreografia na presença de diversas pessoas ao dançar com o marido, o deputado federal e seresteiro Sétimo Waquim a música do “Arrocha”.

O casal de dançarinos em total fora de forma chamou atenção dos políticos que estiveram presente no evento: Edilázio Júnior (PV), o Vice-Prefeito, Edivar Ribeiro, o presidente da Câmara de Vereadores, sobrinho e candidato a prefeito, Thales Waquim.

Neste mesmo evento, a prefeita aproveitou a oportunidade para se auto promover com verba pública.

Na solenidade de entrega das casas dos contemplados, simplesmente a prefeita dependurou nas chaves, um chaveiro com sua foto, se promovendo de forma ilegal por Lei. Veja abaixo a imagem:

O chaveiro propaganda (extraída do Portal Hoje)

O chaveiro propaganda (extraída do Portal Hoje)


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Judiciário

Promotora pede afastamento de Alberto Ferreira na justiça

Promotoria de Defesa do Consumidor Lítia Cavalcanti e Alberto Ferreira

Promotoria de Defesa do Consumidor Lítia Cavalcanti e Alberto Ferreira

A Promotoria de Defesa do Consumidor dará entrada nesta sexta-feira na Justiça de uma Ação Civil Pública com pedido de tutela antecipada solicitando o afastamento do presidente e de toda a diretoria da Federação Maranhense de Futebol – FMF.

A Ação Civil Pública é resultado do Inquérito Civil instaurado pelo Ministério Público para investigar indícios de irregularidades e eventuais práticas lesivas aos torcedores praticadas pela direção da FMF.

Não está descartada a possibilidade de o Ministério Público pedir a prisão temporária do presidente da FMF, Alberto Ferreira. Continue lendo no blog do Zeca Soares


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Gastão Vieira priorizou destinar emendas aos municípios onde tem eleitores

O novo ministro do turismo Gastão Vieira (PMDB), deu prioridade a quatro pequenas cidades nas quais foi o candidato a deputado mais votado ao propor emendas ao Orçamento para infraestrutura turística no Maranhão.

Gastão trocou emendas por votos.

Gastão trocou emendas por votos.

Os municípios – São João dos Patos, Araioses, São Bento e Loreto – foram beneficiados por uma emenda de R$ 2,5 milhões no Orçamento de 2011. A emenda foi apresentada no fim do ano passado, quando Gastão já havia sido reeleito e tinha em mãos o mapa de sua votação. Nas quatro cidades, ele foi o líder disparado nas urnas, com mais de um quarto dos votos válidos – em Loreto, abocanhou 41% do eleitorado.

Apesar de nenhuma das cidades não serem nacionalmente famosas por suas atrações turísticas, Gastão disse que elas têm “clara vocação” para a atividade. O ministro, porém, admitiu que o resultado eleitoral influenciou a destinação dos recursos.

Uma segunda emenda apresentada por Gastão, que envolve R$ 1,5 milhão do Ministério das Cidades, também beneficiou redutos nos quais ele foi o candidato mais votado: Centro Novo do Maranhão, Matões do Norte e Mirador.

Segundo o peemedebista, o Ministério do Turismo, atualmente, não exige que as cidades beneficiadas por emendas tenham atrações turísticas. Ele prometeu se esforçar para mudar essa situação, mas reconheceu que, no Congresso, não seguiu o critério técnico à risca. Como exemplo, citou a destinação de recursos para a construção de praças, com recursos do Ministério do Turismo, “em cidades onde não há lazer”.

Gastão disse que Loreto, cidade para a qual propôs a destinação de R$ 487,5 mil, recebe “milhares de romeiros” em uma festa religiosa anual, e que precisa de infraestrutura para acolher os visitantes.

São João dos Patos foi qualificada pelo novo ministro como a “capital maranhense do bordado”. Ele propôs beneficiar o município, onde teve 35% dos votos, com R$ 975 mil.

(Jornal O Estado de S. Paulo)


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Crime

Falso médico é preso no município de Mirador

Jorge Gomes de Melo foi detido quando realizava uma operação bancária em nome de um médico do PI.

Um falso médico identificado como Jorge Gomes de Melo foi preso, nesta quinta-feira (16), no município de Mirador.

Ele foi preso quando realizava operação bancária na agência do Banco do Brasil usando a conta do cirurgião plástico Afoson Henrique Santos Amaral, na cidade de Teresina, capital do Piauí. Também foram apreendidos no momento da prisão vários cartões de banco e um notebook.

Segundo informações, o falso médico já foi preso pela Polícia Federal nos estados do Amazonas e Roraima. Jorge Gomes vinha atuando em Mirador e chegou a ser contratado pela Prefeitura daquele município.

(Com informações da Mirante AM)


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.