Cidade

Empresa de segurança ‘Cefor’ atrasa salários de funcionários

Os funcionários da empresa Cefor Segurança Privada Ltda., em São Luís, reclamam que estão há mais de 35 dias com salários atrasados – benefício esse referente ao mês de outubro.

Os servidores ligados a Cefor atuam para os setores públicos estaduais e municipais além de empresas privadas.

De acordo com vários trabalhadores que andam chateados com a empresa, é estimável que aproximadamente centenas de funcionários estejam com os vencimentos atrasados.

“Hoje Trigésimo quinto dia (35º), o que a empresa pode liberar foi somente os contra cheques, não sabemos o porquê desse atraso, uma empresa deste porte não poderia deixar os pais de família em más condições”, disse o funcionário antigo da empresa.

A empresa foi procurada pela equipe do blog em contato telefônico para prestar esclarecimentos acerca do pagamento, mas não conseguimos contactar pelo telefone  com a pessoa responsável a dá os esclarecimentos sobre o atraso nos pagamentos dos funcionários.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

JN repercute situação de Navio que pode afundar em São Luís

Navio poderá afundar em São Luís

Navio poderá afundar em São Luís

Um dos maiores navios do mundo corre o risco de afundar, no Maranhão, carregado de minério de ferro.

O gigante de 371 metros de comprimento está atracado no porto de Ponta da Madeira, em São Luís, um terminal exclusivo para o transporte de minério da companhia Vale.

Não é possível ver a rachadura, que está submersa, mas um dos lados do navio já está mais baixo do que o outro.

“Entra água, mas com as bombas de lastro que eles têm, bombeia para fora esta água que está em excesso. Existe o risco de afundamento”, disse Calmon Bahia, da capitania dos Portos.

“Os impactos gerados são de extrema dificuldade de resgate e com malefícios à flora e à fauna aquáticas”, alertou o engenheiro ambiental Lúcio Macedo.
Do Jornal Nacional


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Brasil

Crianças transportadas em cadeirinhas no banco traseiro são salvas em acidentes

Por Milton Corrêa da Costa

Um bebê escapou da morte por estar preso numa cadeirinha, no banco traseiro de um carro que capotou na Avenida Brasil, na altura do Caju, na tarde desta segunda-feira, 05/12/11, no Rio. A menina Thaís Leite, de 1 ano e 4 meses, sofreu apenas escoriações. O acidente, com colisão seguida de capotagem, envolveu dois carros e um caminhão. Além do bebê, Helder Leite, de 35 anos, e Alexandre Leite, de 32, que usavam o cinto de segurança e  que também estavam no veículo, não se feriram com gravidade. Caso não tivesse sido cumprida a norma prevista na Resolução/ Contran 277/08, que regula, desde 1º de setembro do ano passado, o transporte de menores de dez anos nos veículos com utilização obrigatória de dispositivos de retenção, além da obrigatoriedade do uso de cinto de segurança previsto no Art 65 do Código de Trânsito Brasileiro, o resultado do acidente poderia ter sido outro.

Criança na cadeirinha

Criança na cadeirinha

A Resoução 277/08, do Conselho Nacional de Trânsito, estabelece que as crianças com até um ano de idade deverão utilizar, obrigatoriamente, o dispositivo de retenção denominado “bebê conforto ou conversível”. As com idade superior a um ano e inferior ou igual a quatro anos deverão utilizar o dispositivo de retenção denominado “cadeirinha”. As crianças com idade superior a quatro anos e inferior ou igual a sete anos e meio deverão utilizar o dispositivo de retenção denominado “assento de elevação” (booster). As crianças com idade superior a sete anos e meio e inferior ou igual a dez anos deverão utilizar o cinto de segurança do veículo. O Código de Trânsito Brasileiro (CTB) prevê (Art.168), para quem descumprir tal norma, a penalidade de multa no valor de R$ 191,54, tratando-se de infração de natureza gravíssima, com perda de sete pontos na carteira.

Antes mesmo de entrar em vigor, em território nacinal, tal norma preventiva, de extrema importância na segurança dos menores de dez anos, foi alvo de críticas por parte de alguns proprietários de veículos, que consideraram tratar-se de mais uma regra de circulação de trânsito cuja finalidade seria o lucro de fabricantes e a arrecadação de multas. Um outro argumento, dos que não se conformaram com a nova norma legal, foi que tais exigências não se aplicam a veículos de transporte coletivo, aos de aluguel, a táxis e aos veículos escolares.

No entanto, é preciso lembrar que uma norma de trânsito tem parâmetros e limites de alcance. É muito complexo generalizar normas de segurança de trânsito. Vale aqui inclusive lembrar que os ônibus de transporte de passageiros, municipais ou intermunicipais, onde o trajeto seja permitido viajar em pé, de acordo com o disposto na Resolução CONTRAN 14/98, não é exigido o cinto de segurança como equipamento obrigatório em tais veículos. Cada caso é um caso. A finalidade precípua da regra é a maior segurança de crianças no interior dos carros particulares, sendo inequivocamente um grande avanço, fazendo com que sejam reduzidos os riscos em casos de colisão ou desaceleração repentina do veículo, limitando o deslocamento do corpo da criança contra o banco dianteiro ou o para-brisa.

É inegável, no entanto, que a norma terá que ser revista para que também se estenda aos veículos escolares que normalmente dispõem de cintos sub abdominais nos bancos traseiros que não protegem as crianças, além de que os bancos de tais veículos são menores dificultando o ajuste das cadeiras de segurança. O ideal é que as fábricas comecem a fabricar um veículo padrão de transporte de escolares e que se determine um prazo de até cinco ou seis anos para que toda a frota de veículos escolares se renove.

Para comprovar, com outro fato concreto, a importância das cadeiras nos bancos traseiros no transporte de crianças, não custa lembrar o grave acidente em que os gêmeos ( dois bebês) Ingrid e Igor, por estarem afivelados ao equipamento escaparam ilesos de um, no Aterro do Flamengo, no Rio, na tarde de 06 de julho de 2009, conforme matéria de primeira página de ‘O GLOBO’ de 07/07/09, após a mãe das crianças ter perdido o controle do veículo que conduzia, rodopiar e somente indo parar na contramão de direção, colidindo violentamente com outro veículo. A motorista, por estar fazendo uso do cinto de segurança, resultou ferida apenas levemente. No entanto, as consequências daquele acidente poderiam ter sido trágicas para aquela família.

Tal e qual o capacete para os motociclistas, na proteção do traumatismo crânio-encefálico, a maior causa de morte nos acidentes com motos- só crianças acima de 7 anos podem ser transportadas em garupas de motos- o uso do cinto e das cadeirinhas nada mais são do que uma simples questão de hábito. Quanto mais se usa, mais rápida é a adaptação. Ressalte-se que as cadeiras e almofadas de elevação precisam possuir o selo de conformidade com as normas do Inmetro. É preciso verificar também a existência de identificação do fabricante.

O fato é que grande parte das mortes e graves lesões ocorrem porque os ocupantes são lançados para fora do carro ou contra o para-brisa ou banco dianteiro. Os diagnósticos sobre acidentes de trajeto são bem conclusos hoje, sendo importante ressaltar que a função básica do cinto e da cadeira é evitar o segundo impacto, mantendo motorista e passageiros seguros ao banco, observado o fato de que num acidente ocorrem duas sucessivas colisões. A primeira, do veículo com o obstáculo. A segunda, dos ocupantes com alguma parte do interior do veículo, além dos que são arremessados para fora do veículo, colidindo com o solo ou objetos fixos ou outro veículo em circulação na via pública.

Assim sendo, o ideal é que se compreenda os benefícios do uso dos equipamentos de segurança na proteção da integridade física e consequentemente na defesa da vida. Trânsito é meio de vida, não de morte e tragédias. A cadeirinha nos bancos traseiros é muito bem vinda, tal e qual foi a Lei Seca. Em caso em que 4 crianças,  menores de dez anos tenham que ser transportadas num veículo de 5 lugares, a de maior estatura poderá ser conduzida no banco da frente. Excepcionalmente, nos veículos dotados exclusivamente de banco dianteiro, o transporte de crianças com até dez anos de idade poderá ser utilizado neste banco, utilizando-se sempre o dispositivo de retenção adequado ao peso e altura da criança.

Quem ama seus filhos não pode deixar de cumprir as regras previstas na Resolução 277/08 do Conselho Nacional do Trânsito.  As cadeirinhas, os assentos de elevação e o cinto de segurança salvam vidas. Os fatos comprovam.

Milton Corrêa da Costa
Coronel da reserva da PM do Rio de Janeiro


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Esportes

Corinthians recebe a taça de campeão

Campeão do Campeonato Brasileiro 2011

Campeão do Campeonato Brasileiro 2011

Foi realizada na noite de ontem, 05, uma cerimônia em São Paulo no Auditório Ibirapuera, a temporada do Campeonato Brasileiro de futebol com as premiações do Craque do Campeonato.

O Timão campeão do brasileirão foi homenageado e recebeu o digníssimo troféu por mais um título do Campeonato Brasileiro de 2011.

Em noite de premiações, o sempre vice-campeão Vasco da Gama foi um dos lideres dos premiadores da noite com 5 troféus pela atuação do (melhor meia pela direita, Diego Souza, melhor zagueiro pela direita e craque da galera, Dedé, melhor lateral-direito, Fagner e melhor técnico Ricardo Gomes).


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

PDT mantém apoio ao governo, com ou sem ministério, diz presidente da sigla

Ao sair da reunião da Executiva do PDT, o presidente interino da legenda e deputado federal pelo Ceará, André Figueiredo, afirmou na tarde desta segunda-feira (5) que a saída de Carlos Lupi –presidente licenciado da sigla– do Ministério do Trabalho não altera o apoio dos pedetistas ao governo Dilma Rousseff.

Questionado sobre quem seria a melhor indicação do partido para sucedê-lo, o parlamentar não quis citar nomes, mas frisou que a legenda criou uma comissão composta pelos líderes da Câmara e do Senado, do presidente e vice-presidente do PDT para fazer o papel de “intermediários” nas conversas com o Palácio do Planalto.

Comando do PDT – Na reunião, Lupi informou aos seus colegas de partido a decisão de “tirar férias” até o fim de janeiro, quando retoma ao posto de presidente do PDT. O ex-ministro deixou a reunião do partido por volta das 19h e, ao ser questionado sobre o que faria agora, ele se limitou a dizer que iria “continuar trabalhando”.

Demissão – O ministro do Trabalho pediu demissão do cargo após reunião com a presidente Dilma Rousseff, na tarde deste domingo (4). Em seu lugar, ficará, de forma interina, o secretário-executivo da pasta, Paulo Roberto Pinto

Em nota oficial, Lupi afirmou que sua demissão foi causada pela “perseguição política e pessoal da mídia que venho sofrendo há dois meses sem direito de defesa e sem provas”. Segundo o agora ex-ministro, sua demissão foi necessária “para que o ódio das forças mais reacionárias e conservadoras deste país contra o Trabalhismo não contagie outros setores do Governo”.

( com informações do Uol notícias )


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Brasil

Programa de qualificação de Operadores e Mantenedores de Termelétrica em Codó

A MPX, empresa de energia do Grupo EBX, de Eike Batista, em parceria com o Senai, está reabrindo as inscrições para o Programa de Qualificação Profissional para o Complexo Termelétrico Parnaíba, que está sendo construído em Santo Antônio dos Lopes, interior do Maranhão. Estão sendo oferecidas 35 vagas no curso gratuito para formação de Operadores e Mantenedores de Termelétrica.

 As inscrições acontecem de 7 a 9 de dezembro, na cidade de Codó (MA), no prédio da Associação Comercial e CDL, que fica na Travessa Rotary Clube, 627, no  Bairro São Benedito. O curso será realizado em Codó e terá duração de cinco meses, com aulas de segunda-feira a sábado.

Para concorrer a uma vaga, é necessário ter o ensino médio técnico concluído ou em conclusão até dezembro deste ano, nas áreas de Eletrônica, Eletrotécnica, Eletromecânica, Mecânica, Elétrica, Automação Industrial ou Química.  Também são aceitos os cursos de Ensino Médio com certificação em Aprendizagem em Mecânica de Manutenção Industrial ou Eletromecânica.

A MPX oferecerá aos aprovados uma bolsa auxílio mensal de R$750,00 durante o período de duração do curso. Mais informações pelo telefone 0800 705 1010.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Brasil

Miss Bumbum do Maranhão é flagrada em pose indiscreta

A segunda colocada do concurso Miss Bumbum Brasil, Graciella Carvalho, 25, lançou a edição da revista “Maxim” da qual é a capa.

Durante a festa, a moça foi flagrada em pose indiscreta que revelou sua calcinha.

Graciella era a representante do Maranhão na disputa, apesar de ser paulista, e ficou conhecida após fazer raio-x para provar que não tinha silicone no bumbum.

Miss Bumbum Brasil

Miss Bumbum Brasil

Do F5.Folha


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Ex-prefeito de Davinópolis é condenado por improbidade administrativa

A 3ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA), em sessão nesta segunda-feira (5), suspendeu os direitos políticos do ex-prefeito do município de Davinópolis, Daniel Silva Alves, pelo prazo de três anos. A sentença unânime também o proibiu de contratar com o serviço público ou dele receber benefícios e incentivos ou créditos fiscais por igual período, e ainda o condenou a pagar multa de 30 vezes sobre o último vencimento recebido como prefeito.

Alves foi condenado por ato de improbidade administrativa, praticado quando era prefeito do município, por não ter apresentado a prestação de contas do exercício financeiro de 2000 ao Tribunal de Contas do Estado (TCE/MA). A 3ª Câmara Cível reformou sentença de primeira instância que havia julgado improcedente a ação civil movida pelo Ministério Público estadual (MPE) contra o então prefeito.

Na época em que o MPE moveu a ação, Alves apresentou defesa preliminar alegando não ter apresentação as contas em razão de vários problemas existentes no período em que era prefeito. À época pediu prazo de mais 60 dias para normalizar a situação.

A decisão da Justiça de 1º grau foi pela improcedência da ação, por entender que o ato de improbidade só pode ser reconhecido se for demonstrada a prática dolosa (com intenção) de cometer o crime. O juiz considerou que a conduta do prefeito foi de culpa, não de dolo.

O Ministério Público entrou com apelação cível, e o parecer da Procuradoria Geral de Justiça foi pelo provimento do recurso, por entender que há provas robustas de que o prefeito deixou de realizar a prestação de contas com vontade livre e consciente.

Com informações do Tribunal de Justiça


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Judiciário

MP realiza inspeção em escolas da zona rural de São Luís

O promotor de Justiça de Defesa da Educação Paulo Silvestre Avelar Silva inspecionou, na manhã de sexta-feira (2), o acesso dos estudantes às escolas Unidade Escolar Nossa Senhora das Mercês e Unidade Escolar Raimundo Pereira da Silva, na ilha de Tauá Mirim, na zona rural de São Luís. O objetivo foi verificar as condições de segurança e regularidade do transporte escolar.

Promotor Paulo Silvestre Avelar Silva

Promotor Paulo Silvestre Avelar Silva

Em março de 2011, o MPMA instaurou inquérito civil para apurar denúncias de ausência de transporte escolar na zona rural, incluindo as comunidades de Camboa dos Frades, Laranjeira, Murtura, Rio da Prata, Vila Maranhão e Vila Esperança. Desde então, foram identificados os pontos sensíveis, onde não havia oferta regular do transporte, com base em uma série de inspeções.

 A identificação também foi subsidiada pela pesquisa Análise Situacional das Escolas Municipais de São Luís, produzida pela equipe da Promotoria de Justiça de Defesa da Educação em 2010.

Todos os veículos foram adquiridos com recursos do programa Caminho da Escola, do Governo Federal. “A primeira lancha foi entregue, contribuindo para a segurança e a qualidade do transporte dos alunos de Tauá Mirim. Assim, o acesso e a permanência dos estudantes na escola é estimulada”, avaliou o promotor de Justiça. Nas próximas semanas, a Promotoria da Educação vai inspecionar outros itinerários.

Aula suspensas – Por conta dos problemas com o transporte, os 100 alunos da Unidade Escolar Nossa Senhora das Mercês foram prejudicados. Foram ministrados apenas 50 dias letivos, em 2011, dos 200 exigidos pela Lei de Diretrizes e Bases da Educação.

 Na vistoria, a diretora da escola Maria de Jesus Araújo Bezerra se comprometeu a apresentar um plano emergencial de compensação para garantir o cumprimento da carga horária mínima prevista em lei. “Qualquer irregularidade enseja prejuízos irreparáveis à educação e deve ser corrigida”, afirmou a pedagoga e analista ministerial Márcia Pacheco.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.