Poder

Igor Lago ataca Carlos Lupi e Manoel Dias

Em comentário feito na sua pagina de relacionamento, facebook, o médico Igor Lago critica a postura adotada pelo auto escalão do Partido Democratico Trabalhista (PDT), em fase da prorrogação da Comissão Provisória Estadual.

Leia abaixo a nota:

Médico Igor Lago

Médico Igor Lago

À Executiva Nacional do PDT,
A(o)s Senhora(e)s Deputada(o)s Federais e Senadores,
Aos pedetistas de nosso estado e de todo o país,

Lamento profundamente a conduta que os senhores Carlos Lupi e Manoel Dias dotaram em relação ao PDT do Maranhão, isto é, a de não prorrogar a Comissão Provisória Estadual (assim como não marcar a data para a Convenção), deixando o nosso partido na informalidade, desde o dia 01 de dezembro passado.

O PDT do Maranhão está sendo vítima de algo inédito em toda a sua história, apesar de ser um dos maiores partidos de nosso estado e o que carrega todo um simbolismo de luta contra a oligarquia.

Talvez tenha, também, um grande simbolismo para todo o partido em nosso país, porque o PDT do Maranhão, com todos os seus problemas e defeitos, é o que guarda maior semelhança com as suas origens. Aqui, a imensa maioria de seus militantes é de luta e dedicação por um estado e país mais justos e democráticos. Gente de compromisso cívico, que vê o partido como instrumento de luta social!

Lamento esse total desrespeito para com o partido e sua história e, devemos dizer com toda a veemência, com o legado de um de seus principais fundadores, o ex-governador Jackson Lago!

Sinto-me indignado com essa situação que nos foi imposta, pois, se antes o nosso partido e seu líder Jackson Lago era agredido e caluniado pelos adversários tradicionais, estamos assistindo a um verdadeiro desrespeito e a todo tipo de agressões a mim, ao partido e, consequentemente, ao seu legado, por alguns membros de nosso próprio partido(Ler matérias anexadas). Estarão, esses senhores daqui do Maranhão, querendo criar um clima de suposta divisão partidária para solicitar uma intervenção?

Desde que assumi a presidência do PDT, “a convite da maioria dos membros da Comissão Provisória deixada pelo ex-governador Jackson Lago”, no dia 06 de junho, dediquei-me, com todas as minhas possibilidades, para reorganizar o partido sob o seu legado cívico repleto de valores democráticos e republicanos, seguindo sempre as boas práticas partidárias e a tolerância com os nossos adversários internos, muitas das vezes, superando a arrogância e soberba dos mesmos, além de toda a truculência e tentativas de sabotagem dos trabalhos.

Não faltei a nenhuma de nossas reuniões, apesar de dividir o meu tempo entre o Maranhão e o interior de São Paulo, onde resido por questões familiares e, também, profissionais.

Recebi mais de 100 representantes de municípios em nossa sede e viajei a muitos deles (Quis ter feito muito mais, mas, todos que vivemos do suor de nosso trabalho, temos nossas limitações). Fizemos o partido coletivamente. Fui, como a maioria, favorável a que se seguisse com a prática adotada pelo ex-governador Jackson Lago, e que se tornou uma cultura partidária nossa: a de estimular os companheiros a fazerem suas Convenções Municipais que, aqui no Maranhão, sempre foram feitas sem aviso à Executiva Nacional (como recomenda o artigo 20 de nosso Estatuto); porém, nunca houve nenhum questionamento da Executiva Nacional. Tanto que, quando este assunto foi levantado na reunião de Fortaleza, os próprios senhores Carlos Lupi e Manoel Dias entenderam as nossas razões e pediram que somente enviássemos as comunicações das mesmas, algo que começamos a fazer, por email, a partir de então.

Como presidente do partido, também, senti-me no direito de exercer a prerrogativa que é dada pelo TRE (Tribunal Regional Eleitoral) a todos os presidentes de partido, refiro-me ao uso da senha que, ao igual que o ex-governador, a mantive com um de nossos mais valorosos companheiros, o Sr. José Assunção Guimarães dos Santos. A bem da verdade, esta senha foi objeto de uma tentativa de retirada dessa prerrogativa pelos mesmos dois senhores que, agora, querem tomar o partido da maioria de seus membros.

Igualmente devo dizer que, se alguma vez tive que referir-me a pessoas de outros partidos políticos, foi com o intuito de esclarecer situações e, o mais importante, o de defender o nosso partido de qualquer tentativa de aliciamento por cargos e mandatos, assim como o de afirmar que todos serão bem-vindos ao PDT, para serem mais um na luta contra a oligarquia mais atrasada de nosso país.

Vale ressaltar que filiamos muitas pessoas pelo estado, algumas com chances reais de ganhar eleições para prefeito, vice-prefeito ou a vereador. Cabe-me destacar, aqui, a filiação do ex-ministro do STJ, Sr. Edson Vidigal, no dia 17 de agosto, como um grande acontecimento na sede de nosso partido, pois trata-se de um nome de envergadura estadual, e fora candidato ao governo e ao senado em 2006 e 2010, respectivamente.

Como já relatado em textos anteriores, contávamos com a prorrogação da Comissão Estadual, o que foi acordado entre membros de nossa Comissão Estadual e os senhores Carlos Lupi e Manoel Dias no Encontro de Fortaleza em outubro passado.
Estávamos nos preparando para realizar um grande encontro estadual em dezembro. Infelizmente, a crise do Ministério do Trabalho e Emprego, que alcançou o nosso partido, além da não prorrogação da nossa Comissão, nos impediu de realizá-lo.

Aqui no Maranhão todos sabem que fizemos as declarações que tínhamos e deveríamos fazer. Tínhamos de estar ao lado da verdade, ajudar a esclarecer os fatos e, igualmente, defender o nome do nosso ex-governador e do nosso partido. Não fomos causa das conseqüências de erros de terceiros. Disse ao ex-ministro Carlos Lupi e ao Manoel Dias, por telefone, as nossas opiniões, circunstâncias e obrigações das mesmas.

A História que nos julgue!

Jackson Lago foi impedido de disputar o segundo turno das eleições de 2002 por manobras judiciárias junto ao TRE e ao TSE;

Jackson Lago foi cassado, por motivação política, em 2009;

Jackson Lago foi impedido de realizar sua campanha eleitoral “livremente’ em 2010, por manobras judiciárias no TSE, que demorou 43 dias para julgar o seu processo levantado por uma Procuradora Eleitoral do Maranhão, com a justificativa de ser um ficha-suja, algo que muitos de seus adversários aproveitaram sem respeitar sua história de vida(O processo que questionava a candidatura da Roseana Sarney foi julgado pelo TSE em 3 dias!);

Acredito que um partido não pode preservar seu caminho com retaliações e iconoclastias, mas, sim, cultivando os valores democráticos, de respeito a seus líderes, princípios e ideais.

É o que estamos vivendo aqui no Maranhão.

Saudações Trabalhistas!

Igor Lago


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Prefeitura abre inscrições de curso de qualificação para taxistas

A Prefeitura de São Luís, por meio das secretarias municipais de Turismo (Setur) e de Trânsito e Transportes (SMTT), realizará o primeiro curso de capacitação em 2012 destinado aos taxistas ludovicenses através do projeto “Taxista Anfitrião-Amigo do Turista”. O curso terá início no próximo dia 01 de fevereiro e será realizado nas sedes das duas secretarias.

Em 2012, os órgãos intensificarão as ações do projeto, aumentando o número de turmas de qualificação durante o ano. A ação acontece em parceria com o Sindicato de Taxistas e dos Hotéis, que solicitaram que seus taxistas estejam capacitados e com o selo do projeto para atuar em seus postos.

A intenção é incentivar os taxistas da cidade a prestar serviços básicos de informações turísticas. Munidos de material promocional, como folders, adesivos, mapas, entre outras campanhas de sensibilização voltadas para o turismo, os profissionais estarão aptos para apresentar pontos de visita para os visitantes que chegam à capital.

Nos cursos, os profissionais recebem capacitação em noções de turismo; atrativos culturais; atrativos naturais; atrativos históricos; qualidade no atendimento; primeiros socorros; trânsito em São Luís; city tour; enfrentamento a exploração sexual de crianças no turismo; inglês básico.

Lançado oficialmente pelo prefeito João Castelo em outubro de 2010, o projeto já capacitou 143 taxistas, dos quais 43 veículos estão aptos a receber o selo. A Setur e a SMTT intensificarão as atividades da ação, visando à excelência no atendimento ao turista e também à comunidade, em eventos do São Luís 400 anos, que acontecem este ano.
As inscrições estarão abertas a partir da segunda-feira (23) e poderão ser realizadas através dos telefones 8882-5146//3212-6219 (Setur) e 3251-8212 (Sindicato dos Taxistas), em horário comercial.

Cursos – O Taxista Anfitrião faz parte do Plano de Qualificação Profissional para o Turismo – Qualitur, que propõe a sistematização de todos os programas e estratégias de qualificação e capacitação em turismo no município de São Luís.
O Qualitur integra cursos, oficinas e palestras para a cadeia produtiva do setor turístico. Já foram capacitadas mais de 1200 pessoas em qualidade no atendimento, inglês básico, combate à exploração sexual no turismo, informações turísticas, gestão de pessoas, entre outros.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Sejap e parceiros oferecem curso para egressos do sistema prisional

Uma parceria entre a Secretaria de Estado de Justiça e de Administração Penitenciária (Sejap), Defensoria Pública Estadual (DPE), Tribunal de Justiça (TJ) e Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) vai oferecer, a partir de terça-feira (24), um curso de montagem e manutenção de motocicletas para 40 egressos do sistema prisional.

A cerimônia que dá início as atividades ocorre, nesta terça-feira (24), às 14h30, no Centro Educacional e Profissionalizante do Maranhão (Cepromar), localizado à Rua Ipixuna, nº 100, Parque Pindorama. Estarão presentes representantes do Senai, Tribunal de Justiça, Defensoria Pública, Sejap e imprensa.

A capacitação profissional tem carga horária de 160 horas e é dividida entre aulas práticas e teóricas. O curso terá dois turnos com 20 alunos no matutino e 20 alunos no vespertino. Com esta capacitação a Sejap e parceiros intensificam as ações voltadas para a ressocialização de Apenados no Maranhão.

Outras ações

Em recente viagem de trabalho a Brasília (DF), o secretário-adjunto de Justiça e Reintegração Social, Ribamar Cardoso Lima, esteve no Ministério da Ciência e Tecnologia tratando de viabilizar uma parceria com a Secretaria de Estado de Ciência e Tecnologia, para inclusão digital dentro das Unidades Prisionais do Estado.

Ribamar Cardoso conseguiu, também, junto ao MEC, a formação de bibliotecas nas Unidades prisionais visando levar o conhecimento aos internos.

Em uma segunda etapa, os servidores do Sistema Penitenciário também serão contemplados. Eles poderão fazer cursos a distância, com algumas aulas presenciais.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Vale disputa prêmio de pior empresa do mundo

Repórter Brasil

Uma das maiores transnacionais brasileiras, a mineradora Vale, presente em 38 países nas Américas, África e Ásia, pode receber, no final de janeiro, um dos principais prêmios internacionais da vergonha corporativa. Escolhida entre dezenas de candidatas, a Vale está entre as seis finalistas do Public Eye Award 2012, que concede anualmente o título de pior empresa do mundo a uma corporação, eleita em concurso internacional por voto popular, durante o Fórum Econômico Mundial na cidade suíça de Davos. Do quinto lugar na primeira semana de votação do premio, lançado em 5 de janeiro, a Vale assumiu a liderança pela primeira vez na tarde desta sexta-feira (20).

De acordo com os organizadores do concurso – as ONGs Declaração de Berna e Greenpeace Suíça -, as empresas finalistas são escolhidas em função da gravidade dos impactos e problemas sociais, ambientais e trabalhistas decorrentes de suas atividades. Além da Vale, concorrem este ano a japonesa Tepco, empresa do setor de energia responsável pelo desastre nuclear de Fukushima, a britânica Barklays, complexo bancário envolvido em especulações mundiais sobre preços dos alimentos, a americana Freeport Mcmoran, mineradora com atuação desastrosa em Papua Nova Guiné, a sul-coreana Samsung, multinacional acusada de expor seus trabalhadores a substancias altamente tóxicas, e a suíça Syngenta, produtora de agrotóxicos banidos em muitos países e responsável pela contaminação de centenas de lavouras com espécies transgênicas.

A rápida subida do quinto para a disputa pela liderança na corrida do Public Eye se deve, segundo a Rede Justiça nos Trilhos, organização que indicou a empresa, a dois fatores em especial: por um lado, a abrangência mundial dos impactos da Vale, que levou à criação de uma Rede Internacional de Atingidos pela Vale – com grande poder de mobilização e votação -, e, por outro, a entrada da empresa no Consórcio Norte Energia, responsável pela construção da hidrelétrica de Belo Monte, em 2010.  “A imagem negativa de Belo Monte no Brasil e no exterior foi um fator decisivo na escolha da Vale para o Public Eye, mesmo porque ela entrou no Consórcio da usina como um tipo de salvadora e maior acionista privada, com 9% das ações, depois que a grande maioria das outras empresas abandonaram essa barca furada”, explica Brent Millikan, coordenador da ONG International Rivers, parceira na indicação da Vale.

Impactos
Em conjunto com o Movimento Xingu Vivo para Sempre, principal opositor da usina de Belo Monte no Pará, a Rede Justiça nos Trilhos, sediada no Maranhão, divulgou uma lista de impactos da mineradora no Brasil e no mundo .

Entre os piores problemas causados pela empresa, destaca a Justiça nos Trilhos, estão os impactos causados pela Ferrovia Carajás, que corta 25 municípios e impacta 94 comunidades do Maranhão e do Pará. “De acordo com dados da Agência Nacional de Transporte Terrestres (ANTT) de 2008, calculamos que os trens da Vale atropelam e matam, em média, uma pessoa por mês. Em 2007, por exemplo, foram contabilizadas 23 mortes. Em 2008, foram nove vitimas fatais e 2.860 vítimas de acidentes”, explica Danilo Chammas, advogado da organização.

Nesta quarta (18), Chammas, que mora em Açailândia, no Maranhão, saiu cedo para Buriticupu, município a 200 km de lá, para dar entrada em mais uma ação de indenização por atropelamento. “O trem da Vale matou o Sr. Amario e deixou a D. Antonia viúva e desamparada. D. Antonia já tem lá os seus 60 anos, tem uma vida muito sofrida, anda doente, a casa dela caiu… ela mora em um dos mais de 90 povoados que beiram essa ferrovia. Para chegar lá, só por estrada de terra, é bem  complicado, sobretudo nesse período de chuva. Amanhã ela pega um pau de arara, vamos nos encontrar na cidade mesmo e vamos ver como encaminhamos o pedido de indenização pela morte do marido”, conta o advogado.

Além das mortes e acidentes, os impactos da ferrovia incluem trepidação e rachaduras nas casas; remoção compulsória de famílias ou apropriação de parcela de seus lotes pela Vale; interdição da realização de roças próximas à ferrovia; poluição sonora; danos às estradas vicinais causados por veículos de grande porte; chegada de um grande número de operários do sexo masculino, colocando em risco adolescentes em situação de vulnerabilidade social, entre outros.

Segundo Chammas, estes problemas tendem a piorar com o novo projeto de duplicação da estrada de ferro, em andamento. De acordo com o projeto apresentado ao Ibama, a Vale prevê a remoção, ao longo da ferrovia, de 1.168 “pontos de interferência”, como cercas, casas, quintais, plantações e povoados inteiros. Na quinta-feira (19), moradores afetados e representantes de movimentos sociais fizeram uma manifestação paralisando as obras. A estrada vicinal ocupada foi liberada no final da tarde de ontem.

A Rede Justiça nos Trilhos tem denunciado formalmente a ilegalidade do processo de licenciamento das obras, que já chegou a ser embargada pela Justiça em um de seus trechos, em Ação Civil Pública movida pelo Ministério Público Federal em defesa dos direitos de comunidades quilombolas impactadas.

“Temos ainda uma infinidade de outros impactos, ambientais, sociais e trabalhistas, na nossa lista de denúncias. No Canadá, por exemplo, onde a Vale comprou a mineradora Inco, os trabalhadores fizeram uma greve recorde de 18 meses em função da exigencia da Vale de que os trabalhadores abrissem mão de direitos historicamente conquistados pela luta de diversas gerações. Em Moçambique, na ultima semana 700 famílias bloquearam a linha férrea e paralisaram o escoamento do carvão da mina de Moatize, da Vale, em protesto contra a falta de diálogo e as promessas não cumpridas durante as remoções forçadas que estão sofrendo desde 2009, por iniciativa da empresa”, afirma Chammas.

No inicio desta semana, a Rede Justiça nos Trilhos e o Movimento Xingu Vivo reforçaram a campanha pela votação na Vale, que segue até o dia 26, quando será anunciada a vencedora do Public Eye Award 2012.  “Para as milhares de pessoas que sofrem com os desmandos desta multinacional brasileira, que foram desalojadas, perderam casas e terras, que tiveram amigos e parentes mortos, que sofreram perseguição política, que foram ameaçadas por capangas e pistoleiros, que ficaram doentes, tiveram filhos e filhas explorados/as, foram demitidas, sofrem com péssimas condições de trabalho e remuneração, e tantos outros impactos, conceder à Vale o titulo de pior corporação do mundo é muito mais que vencer um premio. É a chance de expor aos olhos do planeta seus sofrimentos, e trazer centenas de novos atores e forças para a luta pelos seus direitos e contra os crimes cometidos pela empresa”, diz a convocatória das entidades.

Vale
Procurada pela redação, a Vale afirmou que não se pronunciaria sobre o concurso. Em nota enviada aos organizadores do Public Eye, no entanto, a empresa afirmou que “é com pesar que somos colocados na posição de termos que refutar sérias alegações sem fundamento contra nós”. Alegando comprometimento com as questões sociais e ambientais, a mineradora também afirmou que, em relação a Belo Monte, “nossa presença no projeto nos da a oportunidade única de implementar o mesmo foco, comprometimento a excelência que aplicamos nas nossas operações e projetos ao redor do mundo”.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Carnaval oficial de São Luís é aberto com a eleição da nova Corte Momesca

O prefeito de São Luís, João Castelo, abriu oficialmente, na noite desta sexta-feira (20), a temporada carnavalesca da capital, com o tradicional Baile da Corte, que elegeu o novo Rei Momo, a rainha e as princesas da folia carnavalesca ludovicense. A primeira-dama do município, Gardênia Ribeiro Gonçalves, secretários municipais e outras autoridades também prestigiaram a festa, que aconteceu no Circo Cultural Nelson Brito, completamente lotado.

A folia começou por volta das 21 horas e, logo na entrada do Circo Cultural Nelson Brito, os convidados foram recepcionados pelo Bloco Tradicional “Os Indomáveis”. Na sequência, quem subiu ao palco foi o Grupo “Arroz de Cuxá”, que acompanhou ao som de muito samba a entrada triunfal dos candidatos concorrentes à Corte Momesca do Carnaval 2012 da capital.

“É com muita alegria e carinho que preparamos esta festa bonita, colorida, valorizando a nossa cultura, as nossas tradições e, acima de tudo, uma festa democrática, porque o povo da nossa cidade merece”, disse o prefeito João Castelo.

O Circo estava completamente lotado de amigos e familiares dos candidatos que tiveram que mostrar muita simpatia, desembaraço e domínio na arte de sambar para tentar impressionar a Comissão Julgadora, presidida pelo secretário municipal de Comunicação, Edwin Jinkings.

As majestades – Ao som da Bateria da Favela do Samba e dos aplausos do público, foram coroados para reinar no Carnaval deste ano o rei Momo Diego de Sá, a rainha Jade dos Santos e as princesas Itayanna Abreu e Paloma Muniz.

O Rei Momo foi coroado pelo prefeito São Luís, João Castelo, e a Rainha pela ex-dona do trono, Paula Matias. O presidente da Fundação Municipal de Cultura (Func), Euclides Moreira Neto, entregou a premiação aos candidatos eleitos. Rei e rainha receberam o prêmio de R$ 3 mil, cada um, e as 1ª e 2ª princesas receberam R$ 2.500,00 e R$ 2.000,00, respectivamente.

“Vimos que foi um resultado justo e tenho certeza que a nova corte irá representar muito bem o carnaval de nossa cidade. Dessa forma, a Prefeitura abre oficialmente a temporada carnavalesca em São Luís e estará trabalhando para que o folião possa se divertir durante todo o período momesco com tranquilidade”, disse Euclides Moreira.

Bailes – O final de semana segue com a agitação dos Bailes dos Artistas (sábado), a partir das 21h, e do vesperal infantil Baile do Êre (domingo), a partir das 17h, ambos no Circo Cultural Nelson Brito.

Com o tema: “Carnaval de São Luís – 400 vezes mais feliz”, a programação oficial do Carnaval terá início no dia 16 de fevereiro, com a entrega da chave da cidade pelo prefeito João Castelo ao Rei Momo, Diego de Sá, e só será encerrada no dia 24 de fevereiro com o desfile dos campeões, na Passarela do Samba.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Padre Josias será o candidato a prefeito pelo PMDB em Peritoró

Blog do Louremar

Pastor terá o total apoio do PMDB

Padre terá o total apoio do PMDB

Mesmo com a chuva que começou a cair no final da tarde, mais de 300 pessoas participaram da reunião, entre vereadores, lideranças comunitárias e representantes de associações. Logo de início, Padre Josias demonstra força política para o projeto de retornar à prefeitura. Dos nove vereadores da cidade, quatro estavam presentes ao evento: Constantino Neves (PSD), Naldo Lisboa (PV), Raimundo Macaúba (DEM) e vereador Sales (PSD).

Adesão do PP – A frente de oposição liderada por Josias contava até a noite de ontem com seis partidos: PV, PMDB, PSD, DEM, PSB e PT do B. Durante o evento a Pofessora Lourdes, presidente municipal do PP, manifestou a adesão do seu partido ao projeto do Padre Josias.

Perdeu a eleição mas elegeu a maioria – Padre Josias foi um dos prefeitos de maior aceitação na cidade. Chegou ao município como Padre e graças ao seu trabalho junto às comunidades conseguiu conquistar a simpatia e confiança dos peritoroenses.

Lançamento de pré-candidatura do pastor reune centena de pessoas

Lançamento de pré-candidatura do pastor reune centena de pessoas

Disputou a primeira eleição e não ganhou. Na segunda tentativa foi eleito e se consagrou como o prefeito que mais trabalhou na cidade. Mesmo assim, quando disputou a reeleição perdeu por uma diferença de apenas 400 votos.

Confiante no trabalho que desempenhou, Josias deixou em segundo plano as articulações políticas, fato que lhe rendeu a derrota nas urnas. Mesmo sendo derrotado nas urnas, a coligação do Padre Josias conseguiu eleger 6 dos nove vereadores da cidade.

“Hoje nós estamos dando início a um projeto de revitalização da nossa cidade. Será um projeto discutido e elaborado por todos nós que queremos uma cidade melhor para o nosso povo. Não é um projeto meramente político, é antes de tudo uma ação da sociedade por uma vida mais digna”, enfatizou Padre Josias.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Prefeito de Coroatá embolsa R$ 181 mil de show gospel

Prefeito de Coroatá

Prefeito de Coroatá

O prefeito de Coroatá, Luiz da Amovelar (PT), realizou um sow do cantor gospel David Sacer contratado por R$ 25 mil, apesar de convênvio realizado com o Governo do Estado com esse objetivo ter destinado 206 mil para o evento. Superfaturamento de cerca de 700%.

No ano passado, a Diocese de Coroatá, através do padre Alonso Gomes, divulgou nota de repúdio contra Amovelar acusando-o de ter se apropriado de recursos de um convênio destinado aos Festejos Nossa Senhora da Piedade no valor de R$ 51,5 mil.
Por conta da reclamação da Diocese, este convênio foi cancelado e o novo, no valor de R$ 206 mil, celebrado para o show de David Sacer.

Agora fica a pergunta: se o show custou R$ 25 mil onde foram parar os outros R$ 181 mil?

Com informações do blog Idalgo Lacerda


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Oposição organiza grande encontro na cidade de Pedreiras

No dia, 28, deste mês, acontecerá o grande encontro das oposições na cidade de Pedreiras. No evento terá a participação das principais lideranças da oposição do estado.

O convite feito pela organização do evento tem a frente os lideres do PDT, se tratando de uma oposição que sempre combateu a família Sarney no Estado.

No loca, terá a participação do deputado federal  Edivaldo Holanda Júnior, do Presidente da Embratur Flávio Dino, o Presidente do Diretório Municipal do PSD Roberto Costa, Clay Lago, o deputado federal Waldir Maranhão, deputado federal Carlos Brandão, do ex-governador Zé Reinaldo, deputada Graça Paz, médico Igor Lago, do ex-ministro Edson Vidigal, deputado federal Ribamar Alves, deputado federal Domingos Dutra, deputado estadual Luciano Leitoa.
O evento terá inicio ás 14h no Cressupe. Não percam!


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

"Comi, e gostei", diz Tiririca sobre Chiquinho Escórcio

Da Coluna Esplanada

Chiquinho Escórcio

Chiquinho Escórcio

Palhaço , humorista e agora deputado federal mais votado do país, Francisco Everardo Oliveira Silva , o Tiririca, chegou tímido ao Congresso Nacional, com poucas palavras, e evitando imprensa e até colegas. Mas não demorou muito se enturmou e passou a fazer piadinhas com os novos amigos. Dia desses foi visto saindo do toillet do Cafezinho da Câmara ao lado do deputado Chiquinho Escórcio (PMDB-MA). Quando foi indagado por outro parlamentar sobre a preferência do prato do dia no bistrô.

– E aí, Tiririca, já comeu?

E o palhaço-deputado, irônico, virou-se para o colega Chiquinho, com quem saíra do toillet, lançando olhar sarcástico:

– Comi, e gostei.

Gargalhada geral.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Disque Denúncia oferece recompensa por informações dos assassinos de empresário

O Disque Denúncia Maranhão lança nesta tarde (19) o cartaz de recompensa, no valor de R$ 3 mil, por informações que levem ao paradeiro de Thiago Wenderson Sousa Coelho, de 20 anos e Kleyton Henrique Sousa Coelho, 29 anos, que são apontados pela morte do empresário Jaime Pereira Filho, 41 anos. O corpo do empresário foi encontrado no dia 20 de novembro de 2011, na praia de Panaquatira, município de São José de Ribamar. Segundo a polícia, ele foi espancado e morto a tiros.

Outro suspeito de participar do homicídio foi preso em Dezembro de 2011, trata-se de Paulo André Lima da Costa, que foi surpreendido por policiais da Delegacia de São José de Ribamar.

Segundo informações, o crime teria sido motivado por uma dívida de R$ 40 mil, que os acusados teriam com o empresário.

Informações sobre este caso devem ser repassadas ao Disque Denúncia [3223 5800 – capital e 0300 313 5800 – interior].


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.