Poder

Deputado contesta indicador sobre saúde do Maranhão

Deputado Marcelo Tavares

Deputado Marcelo Tavares

O líder do Bloco Parlamentar de Oposição (BPO), Marcelo Tavares (PSB), contestou, na sessão desta segunda-feira (5), os indicadores de saúde no Maranhão, apresentados pelo Índice de Desenvolvimento do Sistema Único de Saúde (IDESUS) e defendidos pelo deputado Carlos Alberto Milhomem (PSD) e o presidente do Senado, José Sarney (PMDB), através de artigo de jornal. Marcelo Tavares afirmou que o artigo do senador está “completamente equivocado, dando à filha dele o crédito pela melhoria do Maranhão no IDESUS”.

O deputado classificou o artigo de “mentiroso”, que não teria “nenhuma relação com a verdade”. Ele disse ao deputado Milhomem que os anos que serviram como base para o índice foram os de 2007 e 2008, quando Jackson Lago era governador. Ele destacou que em 2009 o governo foi parte Jackson e parte Roseana, além de 2010 se referir totalmente à gestão Roseana.

“Primeira mentira: não é de responsabilidade de Roseana; segunda mentira: diz que há melhoria da colocação no Maranhão. É a primeira vez que esse índice é divulgado, então não houve uma divulgação anterior para dizer que melhorou agora”, explicou.

De acordo com o parlamentar socialista, a terceira mentira “é dizer que a melhoria, que não aconteceu, é ocasionada pelo programa ‘Saúde é Vida’, do Ricardo Murad”, porque o único hospital inaugurado pelo “Saúde é Vida” foi o de Lago dos Rodrigues, no ano de 2010.

Marcelo solicitou ao deputado governista mostrar “para o Sarney que ele anda escrevendo besteira no jornal que é dono. “O cidadão que tem mais de 50 anos de vida pública deveria escolher melhor o que escreve”, completou.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Mulher chamar sargento da PM de 'preto safado' e é presa

Uma mulher identificada por Érica Cristina Guterres de Oliveira, moradora da Vila Luisão, foi presa, neste domingo (4), por policiais militares. No momento da prisão, ela dirigia uma moto de placas NWV-6289 com duas mulheres na garupa e sem carteira de habilitação pelas ruas do bairro..

Na delegacia, os policiais disseram que foram xingados pela motociclista. Segundo eles, a jovem chegou a agredir verbalmente o sargento da PM, José Henrique Santos o chamando de ‘preto safado’.

Érica foi presa e levada para o Plantão da Rffsa, onde foi autuada em flagrante por desacato a autoridade e por não estar habilitada para dirigir. Ela deve ser processada pelo militar por crime de racismo.

(Com informação do Imirante.com)


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Ex-prefeito “ficha suja”, lança pré-candidatura da filha em Raposa

Como Laci é ficha suja, ele lança a filha Thalita Laci

Como Laci é ficha suja, ele lança a filha Thalita Laci

O ex-prefeito “ficha suja” de Raposa, José Laci de Olveira, definiu lançar a pré-candidatura de sua filha Thalita Laci, de 25 anos, a Prefeitura Municipal de Raposa.

Laci que não é nada besta, tentará enquadra a filha no campo político através de suas lideranças comunitárias e vereadores que fazem oposição ao atual prefeito que esta no segundo mandato.

A pré-candidatura da jovem que é acadêmica de Direito, é motivo de risos dos moradores que a classificam na cidade como inexpressiva e despreparada para comandar um cargo de tal importância.

Em virtude da recém-decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), o ex-prefeito de Raposa, José Laci, é considerado ficha-suja no momento, pois já possui condenação colegiada pela Justiça Federal por ato de improbidade administrativa pela ausência que comprova a regularidade na aplicação dos recursos do Fundo Municipal de Saúde (FMS), com as penas que o tornam inelegível. Veja abaixo o processo de Laci na Justiça Federal:


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Ex-cunhado de deputado morre em grave acidente automobilístico

A situação em que tem passado o deputado estadual Carlinho Amorim (PDT) não é das boas. O parlamentar que acompanha a melhora do pai  o ex-prefeito de Imperatriz, Carlos Amorim, 81 anos, que foi vítima de um acidente vascular cerebral (AVC) no mês passado na cidade de Imperatriz (reveja). Desta vez, recebeu a péssima notícia da morte de seu ex-cunhado no último domingo decorrente a um grave acidente automobilístico na BR-010.

Segundo informações da Pilícia Roviaria Federal, o bioquímico Robson Luis Toias, de 54 anos, e já foi casado com uma irmã de Carlinhos, seguia viagem na BR-010 dirigindo uma caminhonete Mitsubish quando perdeu o controle do veiculo, capotou  e colidiu próximo a uma empresa que fica na BR.

Nesse momento de dor, o blog se solidariza com a família do deputado Carlinhos Amorim.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

“Morros contra a violência à Mulher”

O Disque Denúncia Maranhão, registra mais de 161 tipos de crimes e irregularidades, no entanto, a violência doméstica contra mulher, tem se destacado, devido o aumento no número de denúncias sobre tal crime. Pensando nisso, o Disque Denúncia Maranhão criou o Núcleo de Violência Doméstica (NVD) para gerenciar adequadamente as informações que abordam violência doméstica, e assim, melhorar a qualidade dos serviços prestados. Nesse caso, a denúncia funciona como um pedido para que a casa se torne de fato “um lar doce lar”.

A Lei nº 11.340, a Lei Maria da Penha, trouxe inovações para garantia dos direitos das mulheres em situação de violência, pois alterou o Código Penal Brasileiro e possibilitou que agressores no âmbito doméstico ou familiar sejam presos em flagrante ou tenham sua prisão preventiva decretada. Tal mecanismo legal coíbe a violência contra mulher nos termos do § 8º do Art. 226 da Constituição Federal da Convenção sobre eliminação de todas as formas de discriminação contra as mulheres, e da Convenção Interamericana para prevenir, punir e erradicar a violência contra mulher, dentre outras disposições.

Nesse sentido, o Disque Denúncia, funciona como elo entre a mulher em situação de violência com os órgãos de sua proteção. Com objetivo de transmitir essas informações o Disque Denúncia Maranhão em parceria com a Prefeitura, Promotoria, Delegacia e demais instituições do município Morros (MA) estarão juntos no dia 8 de março de 2012 para disseminar a campanha: “Morros contra a violência à Mulher”, proporcionado atividades como passeatas e palestras para a população feminina e masculina de Morros. Veja abaixo as  atividades:

150 à 200 – mulheres da zona rural

100 – mulheres da zona urbana

1º Momento: Caminhada – 8h às 9h20

Saída: Praça São João

Chegada: Praça São Bernardo

Caminhada pelas ruas de Morros, organizada pela Coordenadoria Municipal da Mulher, conscientizando a população sobre a não violência contra mulher, e disponibilizando o número do Disque Denúncia, para denúncias sobre tal crime.

Lanche – 9h30 às 10h

2º Momento: 10h às 12h30

Palestras em auditório sobre Disque Denúncia, sobre a Lei nº. 11.340, conhecida como Lei Maria da Penha, e também palestras da Coordenadoria Municipal da Mulher.

Mesa de Abertura:

Prefeita Silvana

Promotor Fernando

Coordenadora Municipal da Mulher de Morros

Delegado Dicival

Coordenadora do Disque Denúncia MA Hellen Araújo

Palestra ¹:

A importância da denúncia no combate à Violência contra mulher: Núcleo de Violência Doméstica do Disque Denúncia MA.

(Abordagem histórica e a metodologia do Disque Denúncia, surgimento do NVD, importância da denúncia).

Palestrante: Odaiza Gadelha (Gerente do Núcleo de Violência Doméstica)

Palestra ²: 15 min

Lei Maria da Penha, e os procedimentos a serem adotados pela mulher em situação de violência.

Palestrantes: Promotor e Delegado Dicival

2 (duas) Palestras da Coordenadoria Municipal de Morros

Almoço – 12h30 às 14h

3º Momento – Seção Pipoca (definir os filmes)

1º filme – 14h às 16h

2ª filme – 16h40 às 18h

Lanche – 16h às 16h30

4º Momento: 18h

Baile das Margaridas


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Prefeitos cassados começam a ser notificados pela União

Prédio da AGU

Prédio da AGU

Os prefeitos que foram cassados depois do período eleitoral, começam a ser notificados na manha desta segunda-feira, 05, pela Advocacia-Geral da União (AGU) para ressarcir o estado do Maranhão com os devidos custos das eleições suplementares realizadas para a escolha de substitutos.

As primeiras notificações foram enviadas para nove ex-prefeitos que tiveram condenações no Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MA), por compra de votos, abuso de poder político e econômico numa eleição onde ocasionaram vários prejuízos aos cofres do estado no valor de R$ 800 mil reais.

Após receberem as notificações, os prefeitos cassados terão em torno de 30 dias prazo máximo para pagamento das dívidas que podem ser parceladas.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

No Maranhão, quatro presos homossexuais têm visita íntima

Casal leva relacionamento dentro da cadeia

Casal leva relacionamento dentro da cadeia

O blog realizou levantamento junto ao órgão competente, a Secretaria da Administração Penitenciária, que apontou onde pelo menos 4 presos homossexuais  no estado do Maranhão solicitaram autorização para a visita íntima desde o início do segundo semestre de 2011, quando foi publicado uma portaria pelo Conselho Nacional de Política Criminal e Penitenciária (CNPCP) que estendeu o direito aos heterossexuais em 1999.

Embasado em números, cinco outros estados não registraram nenhum pedido e outros seis estados, mais o Distrito Federal, disseram que não possuem dados separando casais homossexuais e heterossexuais.

Quando relacionamentos começam atrás das grades

Quando relacionamentos começam atrás das grades

Segundo o Ministério da Justiça que é responsável por políticas públicas, caberá às dezenas de unidades prisionais do Maranhão receber os pedidos e posteriormente criar sérios procedimentos que sejam internos, na objetividade de pelo menos uma vez por mês sejam realizadas as visitas.

Essa decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) disponibiliza a união de homossexuais, favorecendo a eles o amparo dos mesmos direitos entre homem e mulher.

No estado vizinho do Piauí, em 2011 havia 59 presos que declararam manter relações homoafetivas dentro ou fora do presidio.

Vale ressaltar neste caso, a importância da prevenção de doenças transmissíveis, que hoje o estado mantém um alto índice de presos infectados dentre de cadeias do Maranhão.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Tiro acidental mata policial militar na cidade de Timon

O policial militar do Ronda Cidadão da zona Leste de Teresina, Carlos Alberto Lemos, de 32 anos, foi encontrado morto em um sítio na zona rural de Timon. De acordo com a polícia, o PM estaria manuseando um pistola .40 quando, acidentalmente, realizou o disparo contra a cabeça.

Carlos Alberto Lemos estaria na companhia de amigos durante a comemoração de uma festa de aniversário. Segundo o tenente Rafael Nepomuceno, da 5ª Companhia do Batalhão de Policiamento Comunitário, Carlo Alberto teria realizado um procedimento errado ao tentar travar a pistola.

“Quando ele chegou lá, foi guardar a arma. Ele tentou descarregá-la e travá-la, para deixá-la segura, mas fez um procedimento errado e a arma se manteve carregada. A pessoa que estava lá perguntou se a arma estava segura e o policial, para mostrar que estava, apontou para a contra a própria cabeça e acionou o gatilho”, afirmou o tenente.

(Com informações de portais de notícias de Teresina)


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Processo de cassação de Roseana Sarney acontece nesta segunda-feira

Governadora do Maranhão Roseana Sarney (PMDB)

Governadora do Maranhão Roseana Sarney (PMDB)

O Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão (TRE-MA) aprecia na manhã desta segunda-feira (05), ás 09h, o processo em que o ex-governador do Maranhão, José Reinaldo Tavares (PSB), pede a cassação da governadora do Maranhão Roseana Sarney (PMDB) por utilizar a estrutura da administração do Estado para comprar prefeitos, presidentes de associações de moradores e lideranças políticas nas eleições de 2010.

O juiz do TRE, Sérgio Muniz, relator do processo e da Carta de Ordem extraída do Recurso Contra Expedição de Diploma n° 8-09.2011/TSE, que tem como recorridos Roseana Sarney e o vice-governador Washington de Oliveira (PT), dará prosseguimento às oitivas das testemunhas requisitada pelo ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) Arnaldo Versiani.

A oitiva acontecerá no auditório Irtes Cavaignac, do Tribunal Regional Eleitoral. No mês passado, os advogados do ex-governador José Reinaldo Tavares (PSB) chegaram a pedir que o ministro Arnaldo Versiani viesse pessoalmente a São Luís para ouvir as testemunhas de defesa da governadora Roseana Sarney no processo de cassação que corre contra ela na Corte Eleitoral.

De acordo com os advogados de acusação, Roseana Sarney assinou vários convênios com prefeituras ao valor de quase R$ 1 bilhão, caracterizando fins eleitoreiros. Além disto, ela é acusada também de ter realizado gastos de R$ 70 milhões que não foram previstos no orçamento do estado, com construções de moradias em pleno período eleitoral através do programa “Viva Casa”.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Homem que iria ao Maranhão é preso com armamento pesado em SP

O material será levado à Imperatriz, no Maranhão.

Armamento pesado, dinheiro e um colete a prova de balas foram apreendidos.

Armamento pesado, dinheiro e um colete a prova de balas foram apreendidos.

Foi preso um homem na noite do último domingo, 26, com armamento pesado na base da Polícia Rodoviária de Florínea, no interior de São Paulo. O caminhoneiro, de 50 anos, vinha de Maringá, no Paraná, com destino a Goiânia, onde posteriormente seguiria para a cidade de Imperatriz, no Maranhão.

Durante uma abordagem de rotina, foram encontrados no veículo foram encontrados escondidos no veículo: dois fuzis, uma espingarda, um submetralhadora, três pistolas nove milímetros, uma banana de explosivo, um colete à prova de balas e uma caixa com dezenas de balas para metralhadora.

O homem contou à polícia que foi contratado para transportar o material até Goiânia e que de lá ele continuaria sua viagem para região tocantina, no Maranhão. O suspeito ainda afirmou desconhecer a finalidade do armamento. O homem será investigado por tráfico de armas.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.